Início » Brasil » Governo recomenda vacina contra febre amarela em todo o país
MINISTÉRIO DA SAÚDE

Governo recomenda vacina contra febre amarela em todo o país

Meta é vacinar 77,5 milhões de pessoas em todo o país até abril de 2019

Governo recomenda vacina contra febre amarela em todo o país
A estratégia de ampliação é uma medida preventiva (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A vacinação contra febre amarela será ampliada para todas as regiões do Brasil. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 20, pelo Ministério da Saúde.

A vacina ainda não era recomendada para alguns estados da região Nordeste e para parte das regiões Sul e Sudeste. Por enquanto, 23 estados têm recomendação de vacinação contra febre amarela, sendo nove com áreas parciais de indicação.

De acordo com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, a estratégia de ampliação é uma medida preventiva. “O ciclo de febre amarela que ocorrerá no próximo verão, nós esperamos enfrentá-lo já com a população totalmente imunizada”, ressaltou.

“Propusemos à Organização Mundial da Saúde e à Opas [Organização Pan-Americana da Saúde] a definição de que todo o território nacional passasse a ser área de vacinação permanente, tivemos a aprovação, e iniciaremos a estratégia para alcançar 90% de cobertura de vacinação contra febre amarela em toda a população brasileira, em todos os estados”, afirmou ainda o ministro.

O Ministério da Saúde informou que o objetivo é vacinar 77,5 milhões de pessoas em todo o país até abril de 2019. A estratégia será adotada de forma gradativa, iniciando-se pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, ampliando a vacinação para todos os municípios.

Fontes:
EBC - Vacinação contra febre amarela será ampliada para todo o país

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *