Início » Brasil » Ministério Público Federal cobra R$ 4,47 bilhões por desvios na Petrobras
Lava-Jato

Ministério Público Federal cobra R$ 4,47 bilhões por desvios na Petrobras

Os procuradores da República pedem o pagamento de valores relativos a danos causados à estatal, acrescidos de multa a título de indenização

Ministério Público Federal cobra R$ 4,47 bilhões por desvios na Petrobras
Colaborando com as investigações, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa não foi incluído nos pedidos de condenação (Reprodução/Internet)

O Ministério Público Federal pediu na Justiça que seis empreiteiras acusadas de cartel na Petrobras sejam condenadas a pagar R$ 4,47 bilhões pelos atos de improbidade administrativa que teriam praticado. Os procuradores da República pedem o pagamento de valores relativos a danos causados à estatal, acrescidos de multa a título de indenização.

O pedido faz parte do primeiro pacote de ações cíveis ajuizadas nesta sexta-feira, 20, em decorrência dos processos criminais já abertos contra os executivos das construtoras Camargo Corrêa, Sanko, Mendes Júnior, OAS, Galvão Engenharia e Engevix. Tanto as empresas quanto seus executivos são acusados de enriquecimento ilícito.

Os procuradores pediram também a proibição de contratação com o poder público para as empreiteiras envolvidas no cartel. Elas podem também ficar impedidas de receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios.

Delação premiada

Colaborando com as investigações, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa não foi incluído nos pedidos de condenação. A procuradoria informou que Costa já se comprometeu a devolver todo o dinheiro mantido no exterior e a pagar uma indenização cível. Como parte do acordo de delação premiada, o ex-diretor deve relatar tudo o que sabe sobre o desvio de dinheiro da Petrobras.

O procurador da República e coordenador da força-tarefa Lava Jato, Deltan Dallagnol defendeu que “uma punição exemplar é essencial para que passe a ser vantajoso manter distância de práticas corruptas”.

 

grafico

O MPF pediu na Justiça que seis empreiteiras acusadas de cartel na Petrobrás sejam condenadas a pagar R$ 4,47 bilhões (Reprodução/MPF)

 

Fontes:
Estadão-Procuradoria cobra R$ 4,47 bilhões por desvios de recursos da Petrobrás

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *