Início » Brasil » Ministros colocam o cargo à disposição para ajudar reforma ministerial de Dilma
Governo Federal

Ministros colocam o cargo à disposição para ajudar reforma ministerial de Dilma

Entre dez e 15 ministros já colocaram o cargo a disposição da presidente para que ela se sinta confortável em renovar sua equipe

Ministros colocam o cargo à disposição para ajudar reforma ministerial de Dilma
Mercadante é um dos que encabeçam o movimento, ao lado de Miriam Belchior e José Eduardo Cardozo (Reprodução/Danilo Verpa)

O ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, afirmou na última terça-feira, 11, que mais de 10 dos 39 ministros já colocaram o cargo à disposição da presidente Dilma Rousseff. A atitude partiu de uma sugestão do próprio Ministro, para que a presidente possa fazer a reforma ministerial sem empecilhos.

Leia mais: Marta Suplicy entrega carta de demissão e não é mais ministra da Cultura
Leia mais: Dilma defende opção de Marta Suplicy de divulgar a carta de demissão

A decisão da ministra da Cultura, Marta Suplicy, de divulgar sua carta de demissão nas redes sociais antecipou o movimento. Segundo Aloizio, a ideia de que os ministros fizessem o gesto formal de deixar o cargo partiu dele, de Miriam Belchior, Ministra do Planejamento, e de José Eduardo Cardozo, Ministro da Justiça. Os três também já entregaram suas cartas de demissão à presidente.

“É uma forma de demonstrar publicamente esse espírito que foi a campanha da presidente Dilma – de uma equipe nova em um governo novo–, todo mundo formalizar essa gentileza para ela ter total liberdade. De qualquer forma ela tem toda a liberdade. Ela foi eleita, vivemos em um regime presidencialista e ela pode trocar o ministro que ela quiser quando ela achar oportuno. Mas é um gesto”, explicou o Ministro da Casa Civil.

Além dos quatro ministros citados, os outros que entregaram o cargo foram: Mauro Borges (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), Thomas Traummann (Secretaria de Comunicação) e Clélio Campolina (Ciência e Tecnologia). O chefe da Casa Civil não confirmou quem foram os outros colegas a sair.

Mercadante fez questão de elogiar Marta e disse que a decisão dela não influenciou a dos colegas, as saídas eram um acordo já feito entre eles antes de ela pedir demissão.

“Sou companheiro dela há mais de 30 anos. É um quadro importante para São Paulo no Senado Federal, especialmente agora que o Suplicy não estará mais”, concluiu Mercadante.

Fontes:
Folha-Mais de dez ministros já colocaram o cargo à disposição de Dilma, diz Mercadante

2 Opiniões

  1. vanda disse:

    A ministra Miriam Belchior, ex-companheira de Celso Daniel à época de seu assassinato, é irmã do ministro Gilberto Carvalho. Deve fazer parte do grupo Martha Suplicy do Volta Lula. Ambos talvez não fiquem no governo se prevalecer a vontade da presidenta.

  2. Mirta disse:

    Esse cara é tão competente, mas tão inteligente, que deveria ocupar uns dez mistérios do proximo governo

    Ah Viva O PT, Viva a imprensa livre que sempre fala deles!!!!!!! Viva todos!!!!!!

    Ah que delicia ser brasileira, ser pobre mas poder carregar tudo isso nas costas!

    Como é bom ver o PT na mídia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Obrigada!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *