Início » Brasil » Ministros usam aviões da FAB para transportar parentes e lobistas
VOOS OFICIAIS

Ministros usam aviões da FAB para transportar parentes e lobistas

Levantamento aponta que ministros transportaram pessoas sem vínculo com a administração pública em voos oficiais para locais turísticos

Ministros usam aviões da FAB para transportar parentes e lobistas
O uso dos aviões da FAB é permitido somente para o transporte de vice-presidente, ministros de Estado, chefes dos três Poderes e das Forças Armadas (Foto: Wikimedia)

Ministros do governo do presidente Michel Temer usaram aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) para transportar pessoas que não têm vínculo com a administração pública, como parentes, amigos, empresários e lobistas. As informações foram publicadas em uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo, que levantou os dados por meio da Lei de Acesso à Informação.

Leia também: Vou de FAB
Leia também: Ministros ignoram normas em 238 voos pela FAB

De acordo com o decreto 4.244/2002, é permitido o uso dos aviões da FAB somente para o transporte de vice-presidente, ministros de Estado, chefes dos três Poderes e das Forças Armadas. Pessoas que não têm atividade ligada à administração pública precisam de uma autorização especial do ministro da Defesa para viajar nesses voos. A regra também não permite que parlamentares peguem carona nos voos.

Além da proibição, há outras duas normas relacionadas ao uso da frota da FAB para ministros: o decreto 8.432, assinado pela ex-presidente Dilma Rousseff, em abril de 2015, que limitou o uso de aviões pelos ministros e proibiu viagens em aviões da FAB para suas respectivas cidades; e uma lei de 2013 que determina a divulgação de suas agendas oficiais nos sites de seus respectivos ministérios.

Ao todo, a reportagem apurou voos realizados por 12 ministros. Segundo o jornal, as viagens foram requisitadas para cumprir agendas de trabalho. Entretanto, seis deles levaram filhos e mulheres em suas comitivas e tiveram como destino algum local turístico. Um sétimo ministro ainda deu carona para a mulher de outro ministro. Três levaram amigos e outros transportaram empresários ou lobistas. Sete ministros não apresentaram a lista de passageiros.

Entre os que usaram a frota da FAB de forma irregular estão Sarney Filho (Meio Ambiente), Bruno Araújo (ex-ministro das Cidades), Helder Barbalho (Integração Nacional), Dyogo Oliveira (Planejamento), Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo), Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Comunicações), Marx Beltrão (Turismo), Sérgio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional) e Maurício Quintella (Transportes).

Procurados pelo jornal, os ministros negaram irregularidades no transporte de parentes, empresários, lobistas e colegas nos aviões da FAB. Segundo eles, não há limitação expressa ao transporte de passageiros sem vínculo com a administração pública. Além disso, a maioria alegou que as pessoas transportadas tinham participação nos eventos em que compareciam.

Fontes:
Folha de S. Paulo-Ministros usam voos da FAB para dar carona a parentes e lobistas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

6 Opiniões

  1. Carlos Valoir Simões disse:

    É verdade que qualquer cidadão brasileiro pode voar nas aeronaves da FAB, basta preencher uma ficha no CAN; mas as excelências querem transportar a corriola toda em jatinho particular. Com a cumplicidade dos brigadeiros que querem mais é “fazer horas de vôo” e “ganhar diárias” para a tripulação.

  2. João Direnna disse:

    Fica difícil acreditar em um governo que alega ser a reforma da Previdência algo de suma importância para o País pela economia que trará e por ser este o modelo ideal e justo pois vai tirar dos mais ricos para dar aos mais pobres. Todos sabem que ele, o governo e os que orbitam nele, é perdulario e corrupto e que jamais acabará com as mordomias e com os supersalarios. Sendo assim, com ou sem Tiririca, os palhaços continuaremis a ser nós.

  3. Almanakut Brasil disse:

    Farra petista com avião da FAB – 19/11/2014

    Segundo registros da FAB, seriam 50 a bordo do avião C99, entre passageiros e tripulação (dois pilotos e um ajudante). Já a lista oficial do Ministério da Justiça, passada à Coluna, contou com 26 passageiros. Todos informaram que a viagem foi a serviço.

    Os ministros a bordo foram José Eduardo Cardozo (Justiça), Aldo Rebelo (Esporte), Miriam Belchior (Planejamento), Aloizio Mercadante (Casa Civil), Ricardo Berzoini (Articulação), Artur Chioro (Saúde) e Eleonora Menicucci (Mulheres).

    http://www.siqueiranews.com/2014/11/farra-petista-com-aviao-da-fab.html

  4. Almanakut Brasil disse:

    Também quero voar de avião

  5. Áureo Ramos de Souza disse:

    Primeiro não eram viagens oficiais. É quando se descobre que é por aí que comoça o rombo. O buraco começa por aí e não com reforma da previdência.

  6. Lucinda Telles disse:

    Imaginem quantas malas (de dinheiro) não voam nas aeronaves da FAB?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *