Início » Brasil » Ministros usam aviões da FAB para transportar parentes e lobistas
VOOS OFICIAIS

Ministros usam aviões da FAB para transportar parentes e lobistas

Levantamento aponta que ministros transportaram pessoas sem vínculo com a administração pública em voos oficiais para locais turísticos

Ministros usam aviões da FAB para transportar parentes e lobistas
O uso dos aviões da FAB é permitido somente para o transporte de vice-presidente, ministros de Estado, chefes dos três Poderes e das Forças Armadas (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Ministros do governo do presidente Michel Temer usaram aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) para transportar pessoas que não têm vínculo com a administração pública, como parentes, amigos, empresários e lobistas. As informações foram publicadas em uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo, que levantou os dados por meio da Lei de Acesso à Informação.

Leia também: Vou de FAB
Leia também: Ministros ignoram normas em 238 voos pela FAB

De acordo com o decreto 4.244/2002, é permitido o uso dos aviões da FAB somente para o transporte de vice-presidente, ministros de Estado, chefes dos três Poderes e das Forças Armadas. Pessoas que não têm atividade ligada à administração pública precisam de uma autorização especial do ministro da Defesa para viajar nesses voos. A regra também não permite que parlamentares peguem carona nos voos.

Além da proibição, há outras duas normas relacionadas ao uso da frota da FAB para ministros: o decreto 8.432, assinado pela ex-presidente Dilma Rousseff, em abril de 2015, que limitou o uso de aviões pelos ministros e proibiu viagens em aviões da FAB para suas respectivas cidades; e uma lei de 2013 que determina a divulgação de suas agendas oficiais nos sites de seus respectivos ministérios.

Ao todo, a reportagem apurou voos realizados por 12 ministros. Segundo o jornal, as viagens foram requisitadas para cumprir agendas de trabalho. Entretanto, seis deles levaram filhos e mulheres em suas comitivas e tiveram como destino algum local turístico. Um sétimo ministro ainda deu carona para a mulher de outro ministro. Três levaram amigos e outros transportaram empresários ou lobistas. Sete ministros não apresentaram a lista de passageiros.

Entre os que usaram a frota da FAB de forma irregular estão Sarney Filho (Meio Ambiente), Bruno Araújo (ex-ministro das Cidades), Helder Barbalho (Integração Nacional), Dyogo Oliveira (Planejamento), Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo), Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Comunicações), Marx Beltrão (Turismo), Sérgio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional) e Maurício Quintella (Transportes).

Procurados pelo jornal, os ministros negaram irregularidades no transporte de parentes, empresários, lobistas e colegas nos aviões da FAB. Segundo eles, não há limitação expressa ao transporte de passageiros sem vínculo com a administração pública. Além disso, a maioria alegou que as pessoas transportadas tinham participação nos eventos em que compareciam.

Fontes:
Folha de S. Paulo-Ministros usam voos da FAB para dar carona a parentes e lobistas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

6 Opiniões

  1. Carlos Valoir Simões disse:

    É verdade que qualquer cidadão brasileiro pode voar nas aeronaves da FAB, basta preencher uma ficha no CAN; mas as excelências querem transportar a corriola toda em jatinho particular. Com a cumplicidade dos brigadeiros que querem mais é “fazer horas de vôo” e “ganhar diárias” para a tripulação.

  2. João Direnna disse:

    Fica difícil acreditar em um governo que alega ser a reforma da Previdência algo de suma importância para o País pela economia que trará e por ser este o modelo ideal e justo pois vai tirar dos mais ricos para dar aos mais pobres. Todos sabem que ele, o governo e os que orbitam nele, é perdulario e corrupto e que jamais acabará com as mordomias e com os supersalarios. Sendo assim, com ou sem Tiririca, os palhaços continuaremis a ser nós.

  3. Almanakut Brasil disse:

    Farra petista com avião da FAB – 19/11/2014

    Segundo registros da FAB, seriam 50 a bordo do avião C99, entre passageiros e tripulação (dois pilotos e um ajudante). Já a lista oficial do Ministério da Justiça, passada à Coluna, contou com 26 passageiros. Todos informaram que a viagem foi a serviço.

    Os ministros a bordo foram José Eduardo Cardozo (Justiça), Aldo Rebelo (Esporte), Miriam Belchior (Planejamento), Aloizio Mercadante (Casa Civil), Ricardo Berzoini (Articulação), Artur Chioro (Saúde) e Eleonora Menicucci (Mulheres).

    http://www.siqueiranews.com/2014/11/farra-petista-com-aviao-da-fab.html

  4. Almanakut Brasil disse:

    Também quero voar de avião

  5. Áureo Ramos de Souza disse:

    Primeiro não eram viagens oficiais. É quando se descobre que é por aí que comoça o rombo. O buraco começa por aí e não com reforma da previdência.

  6. Lucinda Telles disse:

    Imaginem quantas malas (de dinheiro) não voam nas aeronaves da FAB?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *