Início » Brasil » Morre Eurico Gaspar Dutra
NESTA DATA

Morre Eurico Gaspar Dutra

Com carreira militar, Gaspar Dutra foi o 16° presidente do Brasil. Ex-chefe de Estado morreu no dia 11 de junho de 1974

Morre Eurico Gaspar Dutra
Dutra fechou o Partido Comunista Brasileiro e cassou os mandatos dos parlamentares do PCB (Reprodução/Internet)

O ex-presidente do Brasil Eurico Gaspar Dutra, oriundo do estado de Mato Grosso, morreu no dia 11 de junho de 1974, no Rio de Janeiro, aos 91 anos. Em 1935, Dutra comandou a repressão á Intentona Comunista, tentativa de golpe contra o governo de Getúlio Vargas, nas cidades do Rio de Janeiro, Natal e Recife. Por conta disso, no ano seguinte, Vargas o nomeia para Ministro da Guerra (atual Ministério da Defesa).

Enquanto era ministro, Gaspar Dutra juntamente com Getúlio Vargas e o general Góis Monteiro, instauraram a ditadura do Estado Novo, em 1937. Dutra permaneceu no cargo até disputar a eleição presidencial de 1945. Candidato pelo Partido Social Democrático (PSD) e em coligação com o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Dutra foi eleito com três milhões e trezentos mil votos. Seu vice foi Nereu Ramos. Durante o mandato, que durou cinco anos, Dutra rompeu relações com a União Soviética e alinhou o Brasil com os Estados Unidos.

Além disso, fechou o Partido Comunista Brasileiro e cassou os mandatos dos parlamentares do PCB. Criou a Escola Superior de Guerra e incentivos para a instalação de empresas estrangeiras no país. Outra importante realização do governo Dutra foi a construção da rodovia Presidente Dutra, que liga São Paulo e Rio de Janeiro. Em abril de 1946, ele proibiu os jogos de azar em território nacional. Deixou a presidência em 1951, mas continuou ativo na política. Discursou contra o governo de João Goulart, em 1964. No mesmo ano, após o golpe militar, tentou retornar à presidência, porém sem sucesso.

Fontes:
SuaPesquisa-GovernoDutra

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. Roberto1776 disse:

    Esse aí dos meus.
    Abaixo os pelegos da falida URSS e da moribunda ditadura castrista.
    E vejam só que tristeza: uma das opções que teremos para remover essa praga de ParTido, que nos governa, do poder, é justamente um candidato desta turma braba que inferniza o Brasil desde 1917. O neto de Miguel Arraes!
    Cruz Credo.
    Esses comunas parecem até pertencer à raça do Alien, o oitavo passageiro!!!

  2. Samuel Reis disse:

    A morte desse “lustre milico” deve de fato ser comemorada. Por obra dele e de muitos outros militares tupiniquins à mando dos Estados Unidos muitos brasileiros foram covardemente cassados, exilados e mesmo mortos. Durante todo o período ditatorial inúmeros brasileiros, verdadeiros cidadãos, perderam a sua vida só porque ousaram enaltecer os sucessos e êxitos conquistados pelo povo soviético, numa clara afronta aos ditames yankees. É bom lembrar que naqueles tempos havia mais liberdade dentro da União Soviética do que no Brasil. A ignorância histórica da sociedade brasileira, em sua maioria hipócrita, sempre acreditou mais nas falsas e fantasiosas notícias das mídias-empresas ocidentais do que propriamente nos fatos, preferindo conviver sob as asas do imperialismo norte-americano à conquistar sua própria liberdade. Não é de se admirar que tantos intelectuais, pseudo-democráticos e “engomadinhos abastados” sempre colocam-se de “quatro” perante os Estados Unidos com sua “fórmula ideal de democracia”.

  3. Evandro Correia disse:

    Samuel Reis, Dutra saiu do governo em 1951, o golpe militar veio 13 anos depois, em 64. Pense um pouco antes de sair falando bobagem. Quanto à União Soviética, esta matou durante o período de Stalin 20 milhões de seus próprios compatriotas, 3 vezes mais do que o número de judeus mortos por Hitler. Nunca, em tempo algum, houve uma ditadura tão assassina.

    Respeitados intelectuais, por exemplo os escritores Doris Lessing e George Orwell, eram comunistas por idealismo até visitarem a U. Soviética, após conhecerem a realidade do regime abandonaram o comunismo imediatamente. Leia os romances “1984” e “A revolução dos bichos”, de Orwell, talvez você consiga aprender alguma coisa. Também “O arquipélago Gulag”, de Alexander Soljenítsin. Aliás ler qualquer livro beneficiaria você enormemente, nem que seja “Reinações de Narizinho”, de Monteiro Lobato.

  4. Gabriel disse:

    Qual foi a causa da morte…Dutra morreu de que?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *