Início » Brasil » Morre Gonçalves Dias
NESTA DATA

Morre Gonçalves Dias

Gonçalves Dias, um dos introdutores do Romantismo no Brasil, morreu no dia 3 de novembro de 1864

Morre Gonçalves Dias
Sua obra abrange o nacionalismo de duas formas: na exaltação da pátria e na figura do índio (Foto: Wikimedia)

Em 10 de agosto de 1823, nascia, no Maranhão, Antônio Gonçalves Dias, que viria a ser um importante escritor brasileiro para o Romantismo. Em 1840, foi estudar Direito em Coimbra, em Portugal. Nesta época, escreveu “Canção do Exílio”, um poema tão famoso que chegou a ter versos citados no Hino Nacional brasileiro.

Viveu no Rio de Janeiro entre 1846 e 1845. Entre seus feitos, foi professor de Latim e História no colégio Pedro II e fundou uma revista literária com Araújo Porto Alegre e Joaquim Manuel de Macedo.

Dedicou vários de seus poemas a uma moça por quem nutria uma paixão. No entanto, o romance foi frustrado, já que a mãe da moça não aceitava o fato de Gonçalves Dias ser mestiço. Em 1852, ele se casou com Olímpia Carolina da Costa, casamento este que não deu certo, já que a separação ocorreu em 1856.

Entre suas obras literárias estão: “Cantos”, “Sextilhas”, “Meditação” e “Os Timbiras”. Gonçalves Dias foi um dos introdutores do Romantismo no Brasil; ele exaltava a pátria e os índios em suas obras.

Depois de passar um tempo na Europa, embarcou para o Brasil, em 10 de setembro de 1864, no navio Ville de Boulogne, que naufragou nas costas do Maranhão. Como já estava com a saúde abalada, não teve forças para sair do camarote. O poeta foi a única vítima do acidente, aos 41 anos de idade.

Fontes:
Brasil Escola
Uol-Antonio Gonçalves Dias

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *