Início » Brasil » Morre Princesa Isabel
NESTA DATA

Morre Princesa Isabel

Em 14 de novembro de 1921, morre Princesa Isabel, conhecida por assinar a Lei Áurea, que aboliu a escravidão no Brasil

Morre Princesa Isabel
A Princesa Isabel morreu durante o exílio por complicações de saúde (Foto: Wikimedia)

Em 14 de novembro de 1921, a Princesa Isabel morreu durante o exílio por complicações de saúde. Seus restos mortais foram transferidos da França para o Mausoléu da Catedral de Petrópolis em 6 de julho de 1953, juntamente com os de seu marido, o Conde D’Eu.

Filha do Imperador D. Pedro II, Isabel Cristina Leopoldina de Bragança, a Princesa Isabel, era a herdeira presuntiva do Império brasileiro e foi regente imperial em três oportunidades. Isabel tornou-se herdeira do trono imperial após a morte de seus dois irmãos, Pedro Afonso e Afonso Pedro. Conhecida como uma das mulheres de maior destaque da história do Brasil, Isabel ficou marcada por sua luta contra a escravidão que vigorava no país. Foi a última princesa do Império.

Nascida em 29 de julho de 1846 no Palácio de São Cristóvão, Rio de Janeiro, era a filha mais velha de D. Pedro II e D. Tereza Cristina. A sua irmã mais nova, Princesa Leopoldina, foi uma grande companheira de Isabel.

Isabel recebeu uma educação com um plano de estudos vasto e rígido, para que pudesse assumir o papel de Imperatriz do Brasil, substituindo seu pai futuramente. Em 15 de outubro de outubro de 1864, ela se casou com o Conde D’Eu.

Em 29 de julho de 1871, a Princesa Isabel tornou-se a primeira senadora do país e no mesmo ano, Isabel assumiu o posto de regente do Brasil por conta de uma viagem do imperador D. Pedro II para a Europa. No dia 28 de setembro de 1871, ela assinou a Lei do Ventre-Livre, lei que garantia liberdade a todos os escravos nascidos a partir daquela data. Tempos depois, uma nova viagem do imperador fez com que Isabel assumisse a regência mais uma vez.

Em sua terceira ocasião, a princesa foi regente após D. Pedro II viajar para tratar da saúde. Na ocasião, a campanha abolicionista era forte e no dia 13 de maio de 1888, ela assinou a Lei Áurea, lei que libertou todos os escravos do Brasil. Em 15 de novembro foi proclamada a república, exilando toda a família real para a França, no castelo da família do Conde D’Eu.

 

Fontes:
E-Biografias-Princesa Isabel
Uol Educação-Isabel Cristina Leopoldina de Bragança

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Laércio disse:

    Hoje, a princesa Isabel deve estar se revirando dentro do túmulo porque”revogaram”aquilo que foi assinado…

    Hoje, todas as etnias são escravas de um sistema político que não declara abertamente que voltamos a escravidão!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *