Início » Brasil » Mortes violentas aumentam em 18 estados brasileiros
SEGURANÇA PÚBLICA

Mortes violentas aumentam em 18 estados brasileiros

Em 2014 foram registradas 58.559 mortes violentas no país. Alagoas e Bahia são os estados mais violentos

Mortes violentas aumentam em 18 estados brasileiros
'O Brasil está longe de ser um país pacífico', disse Renato Sérgio Lima (Foto: Raphael Alves/ TJAM)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Um estudo do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) indicou que o número de mortes violentas cresceu em 18 estados brasileiros em 2014. O dado inclui homicídios dolosos, latrocínios e mortes provocadas por policiais. O número de assassinatos no Brasil também cresceu. Em 2014, 58.559 pessoas foram assassinadas, contra 55.878 no ano anterior.

Para o antropólogo, cientista político e ex-secretário nacional de Segurança Pública, Luiz Eduardo Soares, os números assustam, mas não são surpreendentes para quem acompanha a questão da violência no país. “Se nós reconhecêssemos que estamos diante de uma tragédia, de uma catástrofe, traríamos isso como prioridade. Por que, sabendo disso, as autoridades políticas, a mídia e as entidades civis não atuam com a força e o destaque que mereceria? Porque atinge principalmente os marginalizados da sociedade”, disse Soares.

Entre os estados, o que apresenta o maior número absoluto de mortes violentas é a Bahia.  Foram 6.265 pessoas assassinadas em 2014, com uma taxa de assassinatos a cada 100 mil habitantes de 41,4. Em 2013 o estado registrou 6.026 mortes. A maior alta ocorreu no Piauí, com um aumento de 32% em relação a 2013.

O estado de Alagoas reduziu a sua taxa de assassinatos, entretanto lidera o ranking por habitante, com 66,5 mortes intencionais por 100 mil habitantes. O governo de Alagoas informou que adotou este ano medidas que reduziram em 22% o número de homicídios com relação aos nove primeiros meses de 2013. A meta é chegar ao fim do ano com média mensal de 50 mortos por 100 mil pessoas.

São Paulo registrou aumento de 2% nas mortes violentas (5.612 assassinatos), mas tem o menor índice de mortos por 100 mil pessoas do país. A taxa é de 12,7 em 2014. Roraima – que reduziu as mortes de 107 para 73 – e Minas Gerais – que reduziu de 4.240 para 4.089 – são os que mais avançaram no ranking.

Para o cientista político e vice-presidente do Conselho de Administração do FBSP, Renato Sérgio Lima, as estratégias do poder público contra a violência não estão dando resultado. “O Brasil está longe de ser um país pacífico. A cada ano, temos essa quantidade absurda de mortes”, disse Lima.

Fontes:
O Globo - Mortes violentas aumentam em 18 estados do país
Folha de S. Paulo - Casos de morte violenta intencional aumentam em 18 Estados
Estado de S. Paulo - 160 pessoas morrem de forma violenta por dia no País, diz estudo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *