Início » Brasil » MPF de São Paulo pede apreensão de bens de Eike Batista
Caso Eike

MPF de São Paulo pede apreensão de bens de Eike Batista

Órgão estima que o prejuízo causado pelo empresário e sete outros acusados chegue a R$ 14,5 bilhões

MPF de São Paulo pede apreensão de bens de Eike Batista
Segundo procuradoria, o pedido de sequestro difere do bloqueio autorizado pela Justiça do Rio na semana passada (Reprodução/Patrick Fallon/Bloomberg News)

O Ministério Público Federal de São Paulo (MPF-SP) solicitou na última quarta-feira, 24, o sequestro de bens de Eike Batista. O pedido decorre da denúncia protocolada pela Procuradoria do estado contra o empresário e mais sete executivos da OGX (atual OGPar) por crimes como formação de quadrilha e falsidade ideológica.

Leia mais: Eike é denunciado por falsidade ideológica e formação de quadrilha
Leia mais: Eike e Dilma em Nova York
Leia mais: Brasil nunca mandou ninguém para a prisão pelo crime de ‘insider trading’

Segundo Procuradoria, o pedido de sequestro difere do bloqueio autorizado pela Justiça do Rio de Janeiro na semana passada, que determinou o bloqueio de até R$ 1,5 bilhão do empresário, incluindo R$ 117 milhões de suas contas bancárias.

O pedido do MPF-SP inclui imóveis, um helicóptero e participações societárias em empresas do grupo EBX e outras companhias. Contudo, a possível apreensão ainda será avaliada pela Justiça. O MPF-SP pede ainda o bloqueio de empresas e veículos que foram vendidos ou doados a familiares de Eike, no último ano. O órgão estima que o prejuízo causado por Eike e os demais executivos acusados chegua a R$ 14,5 bilhão.

O pedido de sequestro foi assinado pela procuradora Karen Louise Jeanette Kahn, a mesma que assinou a denúncia contra Eike e os outros sete executivos.

Fontes:
O Globo-Procuradoria de São Paulo pede sequestro de bens de Eike Batista

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *