Início » Brasil » Museu em Curitiba inaugura exposição com obras apreendidas na Lava-Jato
Cultura

Museu em Curitiba inaugura exposição com obras apreendidas na Lava-Jato

Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, mantém 251 peças apreendidas na Lava-Jato. Mostra exibe 48

Museu em Curitiba inaugura exposição com obras apreendidas na Lava-Jato
Obra de Cícero Dias apreendida na casa de Nelma Kodama (Divulgação)

O Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, inaugura nesta terça-feira, 14, uma exposição com 48 obras de arte apreendidas pela Polícia Federal na Operação Lava-Jato.  A mostra “Obras sob guarda do MON” exibe peças apreendidas nas casas da doleira Nelma Kodama e do empresário Zwi Skornicki. A suspeita é que as obras de arte foram usadas para lavagem de dinheiro.

Além das 48 obras que compõem a mostra, o MON também mantém em seu acervo outras 203 peças apreendidas na Lava-Jato, nas casas de Kodama, Skornicki, do operador da Delta Engenharia Adir Assad e do ex-diretor de Serviços e Engenharia da Petrobras Renato Duque. As 131 obras de Duque e as oito apreendidas na casa de Assad não entraram na mostra porque estão em período de quarentena, já que chegaram ao museu em março de 2015.

A maioria das obras da mostra é de artistas brasileiros. Entre elas estão uma tela de Di Cavalcanti, três quadros de Cícero Dias, dois painéis de Vik Muniz, sete fotografias de Miguel Rio Branco, a obra “Roda de Samba”, de Heitor dos Prazeres, uma acrílica sobre madeira de Nelson Leirner, “Homenagem a Mondrian”, entre outros.

O MON mantém a guarda das peças até a decisão judicial. Não há uma estimativa oficial do valor conjunto das obras. A mostra vai até 12 de julho.

Fontes:
O Globo - Museu em Curitiba começa a expor obras apreendidas na Lava-Jato

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *