Início » Brasil » Nem sempre o bom filho à casa torna!
GRITA BRASIL

Nem sempre o bom filho à casa torna!

Será que já é momento de dizer o quão decepcionado estou com o novo Senado?

Nem sempre o bom filho à casa torna!
A coluna Grita Brasil é publicada às quintas

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

As manchetes dos últimos dias estão todas relacionadas à tragédia de Brumadinho. Me solidarizo por mais essa irresponsabilidade (des)humana. E o triste é constatar que os imbecis não aprenderam com a tragédia em Mariana. E ficamos sempre com a mesma dúvida: quantas tragédias mais serão necessárias? Triste ter que aprender à custa de milhares de vidas inocentes. Mas é sempre assim. Fica aqui o registro da minha indignação, da minha tristeza e da minha revolta com os “homens” que são os verdadeiros responsáveis.

Mas então…

Talvez poucas pessoas se deram conta que está para acontecer duas votações, na verdade duas eleições, importantíssimas que, naturalmente, irão interferir, e muito, neste novo governo que está apenas começando. Estão para serem eleitos os presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados. E se vocês atentarem só um pouquinho para os principais candidatos que são estão com a maior chance de vitória, você vai querer sentar e chorar. Porque é para chorar mesmo. Apresento-lhes, Rodrigo Maia e, acreditem, Renan Calheiros.

Aí eu pergunto: como isso será possível, se o Congresso é “novo” e o Senado mais ainda, com 85% de “novos” senadores?

De onde vem esse poder que Renan Calheiros consegue impor, mesmo numa Casa supostamente nova? Será que os senadores não se deram conta de quão perigoso é esse homem? De quão diabólico? De quão desonesto? De quão tudo o que há de pior num politico reunido em uma só pessoa?

Será que já é momento de dizer o quão decepcionado estou com o novo Senado? O Congresso me preocupa sim, e muito. Mas o Senado com Renan Calheiros é o pior dos mundos.

Não estou sendo apocalíptico, nem dando uma de Nostradamus. Sou um simples contribuinte, que paga seus impostos (e altos, diga-se de passagem, principalmente vivendo aqui no Rio de Janeiro) e que gostaria de poder vetar esse nome do mal.

Não vou mentir dizendo que, quando Bolsonaro foi eleito, me enchi de esperanças, consegui relaxar e coloquei o Proseco para gelar e brindar. Não fiz isso. Mas estou na humildade, torcendo para dar certo.

Mas aí, quando esses dois, Rodrigo Maia e Renan Calheiros, se apresentam como candidatos e com mais chances de eleição, só consigo ver trevas para o nosso país. Como o STF, a Polícia Federal, o Ministério Público, o Código de Defesa do Consumidor e sei lá mais que órgãos conseguem deixar isso acontecer?

Renan Calheiros presidente do Senado, para mim é caso de intervenção do povo, no Senado. Invadir e destituí-lo, como político, como presidente e como ser humano, que de humano ele não tem nada.

Ou algo no estilo da série no Netflix, “Designated Survivor”.  Quem já viu vai entender. E nesse caso nem podemos dizer que se fez a vontade do povo. Triste fim do começo de um “novo” Senado. Só peço sorte, mais nada. Ou um milagre.

Salve as baleias. Não jogue lixo no chão.

 

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. carlos alberto martins disse:

    o congresso e o senado são na verdade universidades de estelionatários.outras vezes já praticamos o ato de substituir boa parte dos canastrões que lá imperam,mais, os que lá estavam foram bons professores,transformando em várias quadrilhas os que estavam entrando.os que estão chegando,e, tudo o que prometeram irão para a vala do imoral.o cidadão que procurar o deputado em que votou para fazer valer seus direitos,nunca o encontrará.democracia em que todos são iguais perante a lei?aqui,no Brasil?isso é piada escabrosa.

  2. carlos alberto martins disse:

    acompanhei a votação para presidencia do senado.foi uma demonstração de total falta de respeito para com o leitor.trocaram farpas que colocaram os srs senadores em um estado deploravel de ética e comportamento.estava em franca demonstração de um leilão em quem venceria,levaria levaria o troféu de asno mór.pelo nefasto comportamento dos mesmos,a nação está perdida,pois ali ficou patente que estava aberto os despojos dos donos do poder.infelismente naquele curral de muares ninguem se salvou.o pior de tudo é que os novos senadores,assistiram covardementes mudos e calados.pobre Brasil,esta entregue a um bando de lobos ladinos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *