article image
Apesar das chuvas de verão, reservatórios operam em baixa e país precisa recorrer às termelétricas (Reprodução/Internet)
setor de energia

Nível de água nos reservatórios do país é o mais baixo em dez anos

Para evitar racionamento, governo aciona termelétricas, que garantem o suprimento de energia, mas custam mais caro e são mais poluentes

fonte | A A A

O nível de água dos reservatórios das hidrelétricas no Sudeste e Centro-Oeste deve chegar a 52% no fim de março, o percentual mais baixo dos últimos dez anos nas regiões que concentram 70% dos reservatórios de água do país. No fim de março dos últimos 10 anos, o nível dos reservatórios ficou entre 76% e 87%.

Apesar de ter chovido bastante este ano, as chuvas se concentraram no litoral, não nas cabeceiras dos rios, onde estão as grandes hidrelétricas. Como medida preventiva, durante todo o verão o Brasil recorreu ao uso das termelétricas, que garantem o suprimento de energia, mas custam mais caro e são mais poluentes, pois funcionam a gás, óleo combustível e diesel. No caso do gás, a fonte também é matéria-prima para a indústria.

O nível baixo dos reservatórios significa que o país deve continuar a usar as termelétricas, consumindo uma energia mais cara durante todo o período das secas, que se aproxima. O custo extra da energia térmica, segundo o Instituto Acende Brasil, cujas estimativas estão entre as mais otimistas, será de R$ 6 bilhões ao ano.

Já em clima de campanha, o governo Dilma deu sinais de que não pretende repassar o custo extra para o consumidor-eleitor. Pretende dividir com as geradoras parte do custo e entregar outra parte para o Tesouro. A medida deve sobrecarregar as geradoras e assustar investidores com o grau de intervencionismo no setor do abastecimento de energia.

 

De volta ao topo comentários: (4)

Sua Opinião

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório)

Estado

Cidade

  1. helo disse:

    Inflação, corrupção, apagão, obesidade do estado, explosão de ministérios, mediocridades mil, Petrobrás importando, e Dilma com o dedo em riste em campanha, distribuindo bondades, comemorando sua boa aceitação e gradualmente trazendo de volta para a base os ministros que caíram e que nem demitiu.

  2. Aureo Ramos de Souza disse:

    FALTA ÁGUA NO SERTÃO E CHOVE CONVERSA FIADA DA PRESIDENTE DILMA. E A TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO SUPERFATURADA QUE DARIA UMA MELHOR QUALIDADE DE VIDA, E O POBRE SERTANEJO VENHA AÍ SOFRENDO COM A FALTA D’AGUA E Só NÃO ESTA PIOR PORQUE ESTÃO VENDENDO AS OSSADAS POR MÍSEROS REAIS.

  3. Carlos U. Pozzobon disse:

    É uma péssima notícia para o segundo semestre. E agora o que tinha de chover já choveu. A tendência é a diminuição de chuvas e isto significa que as águas das barragens vão para as cucuias. Certamente teremos apagões.

  4. Rudy Lang disse:

    Fiquei sabendo que os ecoterroristas já conseguiram reduzir a capacidade de geração de energia elétrica de BELOMONTE em 66%.
    Ainda bem que podemos contar com amplo fornecimento de energia nuclear. BRASIL, UM PAIS DE FUTURO!!!