Início » Brasil » No vermelho
COLUNA ESPLANADA

No vermelho

Planalto intensificou envio de Projetos de Lei de Crédito Suplementar e Especial (PLNs) ao Congresso

No vermelho
Há risco de ministérios e órgãos paralisarem serviços nos próximos meses por falta de recursos (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Com o risco de ministérios e órgãos paralisarem serviços nos próximos meses por falta de recursos, o Planalto intensificou o envio de Projetos de Lei de Crédito Suplementar e Especial (PLNs) ao Congresso Nacional. Os pedidos, no entanto, não avançam. Levantamento feito pela Coluna mostra que, só nos últimos 15 dias, foram enviados quatro projetos – entre eles o PLN 19/2019-, que chegou ontem ao Senado e pede a liberação de mais de R$ 177 milhões para os ministérios da Justiça e Segurança Pública, da Saúde e do Desenvolvimento Regional. Para a Petrobras, por meio do PLN 15/2019, o Governo pede a liberação de mais R$ 1,8 bi e justifica que o crédito tem por finalidade “adequar as dotações orçamentárias dos projetos/atividades de ações do Orçamento de Investimento” da empresa. 

R$ 3 bi 

Em outro projeto que aguarda na fila, o Planalto solicita verbas extras no valor de R$ 3 bilhões destinados a “diversos órgãos do Poder Executivo”. Segue parado na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização. 

Emenda$ 

O pedido é chamado de “PLN da Emendas”, pois foi enviado ao Congresso em meio a votação e aprovação com folga da reforma da Previdência na Câmara Federal. 

BNDES Air

BNDES soltou a lista dos maiores financiamentos de jatinhos. A maioria bilionários que não precisavam do banco público para isso. 

Paraguai Air

Alguns exemplos: Joesley, da JBS; Samuel Klein, ex-Casas Bahia; Família Moreira Salles, do Unibanco, e Flavio Rocha, ex-presidenciável dono da Riachuelo, cuja maior fábrica de roupas é no… Paraguai, para fugir dos impostos e energia cara aqui.

Indicação 1

Pesquisa da Dados Quaest releva que o presidente Jair Bolsonaro desagrada quase metade de sua base eleitoral com a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para o cargo de embaixador nos Estados Unidos. 

Indicação 2 

A sondagem aponta que 55% dos que votaram em Bolsonaro concordam, mas 45% são contra a indicação. Entre os que votaram em Fernando Haddad para presidente na eleição passada, 97% discordam da escolha do filho de Bolsonaro para o cargo. A Quaest abordou 1.500 pessoas maiores de 18 anos, por telefone, em todas as regiões do Brasil, nos últimos dias 17 e 18. 

Voto$

Comissão de Transparência e Fiscalização do Senado enviará ao TCU pedido de auditoria sobre a liberação de emendas pelo Ministério da Saúde para a suposta compra de votos a favor da aprovação da reforma da previdência (PEC 6/2019).

Desbancarizados

Pesquisa do Instituto Locomotiva mostra que, atualmente no Brasil, existem 45 milhões de pessoas que não movimentam a conta bancária há mais de seis meses ou que optaram por não ter conta em banco. Esse grupo movimenta hoje no país mais de R$ 800 bi.

Dedo na tomada

A bancada do PT na Câmara cobra da Procuradoria-Geral da República abertura de investigação contra o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, por suposta de violação de princípios da Administração Pública na divulgação de edital cultural da empresa. Um dos problemas apontados é que o edital prevê como critério eliminatório haver investigação em curso contra proponentes do projeto.

Cena carioca

Pista bloqueada na Ponte Rio-Niterói, sequestro de ônibus com arma de brinquedo, vendedor de coxinhas faturando, trio batendo bola na pista, carteado no chão, tiro mortal de sniper, governador delirando na comemoração. O Brasil não é para qualquer um.  

Digitais 

Projeto (3271/19) do deputado pedetista Gustavo Fruet (PR) propõe a criação de um banco de impressões digitais para recém-nascidos. O parlamentar argumenta que a medida coibiria os casos de roubo ou troca de recém-nascidos. 

ESPLANADEIRA

# A 6° edição do Fliminas – Festa Literária de Minas Gerais acontece do dia 6 a 8 de setembro. # O Festival Novo Mundo – Evolução e Revolução começa dia 30 de outubro, em Caraíva, na Bahia. # O judoca campeão olímpico Rogério Sampaio, diretor geral do COB, é convidado do Fórum Nacional dos Secretários de Estado de Esporte para falar de gestão, ética e transparência amanhã no Palácio Bandeirantes.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. carlos alberto martins disse:

    espéro que no projeto tenha leis que reduzam o número de políticos e secretários sangue-sugas que lá estão.mais na verdade o que virão serão novas leis para tomar o dinheiro do povo.o deles sempre estará devidamente resguardados.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *