Início » Brasil » Noruega cobra a conta
COLUNA ESPLANADA

Noruega cobra a conta

A Noruega acompanha de perto os assuntos da Amazônia

Noruega cobra a conta
Os ministros Vidar Helgesen, do Meio Ambiente da Noruega, e Sarney Filho, do Meio Ambiente do Brasil (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O presidente Michel Temer desembarca em Oslo, na Noruega, na quinta, diante de uma crise diplomática-governamental para resolver, e terá de dar respostas rápidas para não passar vergonha. O ministro do Meio Ambiente norueguês, Vidar Helgesen, enviou no fim de semana carta ao colega Zequinha Sarney criticando a aprovação da MP 756, que reduz área de preservação em floresta nacional no Pará — conforme revelou a Coluna ontem. A Noruega acompanha de perto os assuntos da Amazônia. O país doou mais de US$ 1 bilhão para o fundo da Amazônia, administrado pelo Brasil.

Ruralista

Os noruegueses sabem que Temer representa a bancada ruralista no Congresso. Lembram em especial que ele não defendeu as mudanças do novo Código Florestal.

Garoto-propaganda

Em Moscou, Temer vai defender a carne brasileira, após o escândalo da operação Carne Fraca. Como vice de Dilma, Temer foi o garoto-propaganda dos frigoríficos nacionais.

Do peito

Temer foi o abre-portas da carne brasileira para o mercado asiático, e a Rússia é dos maiores importadores. Ele ficou amigo do ex-premier Dmitri Medvedev por isso.

Dois pesos

Curiosamente, Temer defenderá o setor, mas por outro lado ataca pessoalmente o maior fornecedor de carnes para a Rússia, o delator e seu algoz Joesley Batista.

Jogo de adultos

Veja o poder da indústria alimentícia — em especial, mas há outras de interesse — e a de agências de publicidade. A Câmara Federal segura há um ano na fila do plenário o projeto de lei 5921/2001 — que tramita há 16 anos na Casa. De autoria do deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), proíbe publicidade para venda de produtos infantis.

Efeito catártico

Segundo o deputado, há abusos e informações equivocadas e ou propositalmente ilegais e com informações falsas em anúncios. Especialistas apontam que o efeito catártico faz crianças pressionarem os pais a consumir e comprar tais produtos.

Ementa

O projeto acrescenta parágrafo ao art. 37, da Lei nº 8.078, de 11 de setembro de 1990, que “dispõe sobre a proteção do consumidor e dá outras providências”.

No chão

A TAM deixou mais de 100 passageiros no chão ontem de madrugada em São Luís (MA) num voo que seguiria para Brasília. Por manutenção de última hora em avião.

Baixou

A Lava Jato está em alta (ainda bem), mas a venda do livro do procurador Deltan Dallagonl, “A luta contra a corrupção”, vai mal. Caiu de R$ 39,90 para R$ 33,90.

Durval & Joesley

Joesley Batista deu uma de Durval Barbosa, lembram dele? O delator que colocou o governador do DF na cadeia há 8 anos. Tal como Joesley, Durval distribuiu dinheiro (mas o público), está livre, sem processos e com dinheiro no bolso.

Engavetador-geral

Dos atuais 23 pedidos de impeachment do presidente Temer “esquecidos” pelo presidente da Câmara, o aliado Rodrigo Maia, 19 são relacionados ao escândalo JBS e estão registrados em “situação de andamento”.

Chocadeiro

Chamado por deputados da oposição de “chocadeiro”, Maia sequer se posicionou até agora sobre as representações com base nas denúncias que envolveram os ex-ministros Marcelo Calero (Cultura) e Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo).

Caso Geddel

Os três pedidos de impeachment de Temer baseados no escândalo Calero/Geddel foram apresentados em novembro passado e apontam que ele cometeu crime de responsabilidade. À época, Calero acusou Geddel de tê-lo pressionado para que o Iphan aprovasse o projeto imobiliário La Vue Ladeira da Barra em Salvador.

ILS no Galeão

A Coluna errou. O Aeroporto do Galeão tem sim os sistemas ILS e ALS para auxílio a pilotos para pousos e decolagens sob neblina, garante a concessionária. E por isso vira a solução para vários aviões impedidos de pousar em outras cidades por mau tempo.

Ponto Final

“Esse ‘fica, não fica’ no governo faz o PSDB ficar com cara de chantagista. Diz que vai sair pra ganhar novos prêmios por sua falsa lealdade”.
Do ex-deputado mensaleiro Roberto Jefferson (PTB-RJ).

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Beraldo disse:

    O Temer defende a nossa carne na Russia. A mesma que ele diz que é produto de roubo.

    A mesma da qual aqui no Brasil ele é receptador. Não compra, mas recebe em dinheiro vivo.

    Negócios interrompidos. Porque o ladrão fez delação premiada.

    Temer, constitucionalmente Chefe Supremo das Forcas Armadas e, no
    mundo do crime, Temercola, Chefe do PCB-Primeiro Comando dozBrasil.

  2. laercio disse:

    Um governo retrógrado! Contraditório e sem conhecimento!
    A produção de proteína animal nunca será economicamente eficaz; se forem consideradas tiras as relações custos benefícios é provado que a nação perde com o comércio de tal produto.
    Carne significa fim de florestas para dar lugar a pastos, que acabam com as nascentes; há um disperdicio da ordem mínima de três mil litros de água para cada quilo de carne produzida.
    Para cada animal leiteiro abatido são deixados de criar 10 empregos diretos e indiretos, sem falar na questão ética.

    O governo Temer não fará mais do que passar vergonha lá fora, mais também mostrar aos aristocratas de que a “venda” de nosso povo está vento em polpa…

    O Brasil, para começar a melhora, tem que abandonar ao menos metade das práticas sujas que hoje estão autorizadas no país.
    Tudo que retira 3x de um lado para dar 1x ao outro, e beneficia meia dúzia de corporações deve ser considerado negócio sujo. Pode até ser autorizado mas é sujo.
    Zoológico é sujo porque retira uma área onde poderia ser construída moradias! É sujo porque educacional e te prega a falta de sensibilidade e isto gerará adultos de visão curta!
    Quer um exemplo: economicamente seria mais viável os animais viverem soltos e veículos próprios trafegarem em meio a mata para haver a visita! Daria mais empregos, preservaria a mata e devido ser ético faz o aluno pensar adiante; levando esse exemplo para as diversas relações futuras de vida.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *