Início » Brasil » Nova comitiva do Senado liderada pelo PT vai à Venezuela
Política

Nova comitiva do Senado liderada pelo PT vai à Venezuela

Após viagem frustrada de colegas opositores, senadores vão cumprir agenda amigável no país de Maduro

Nova comitiva do Senado liderada pelo PT vai à Venezuela
Na semana passada, a comitiva com oito senadores tinha como objetivo visitar opositores do governo Nicolás Maduro (Foto: Wikimedia)

Uma nova comissão, formada por parlamentares do PT e de outros partidos de centro-esquerda, vai desembarcar em Caracas na próxima quarta-feira, 24, após a conturbada passagem da comitiva de senadores da oposição pela Venezuela na semana passada. A nova comissão pretende cumprir uma agenda amigável de encontros com representantes do governo e da oposição.

A data da viagem foi anunciada na tribuna do Senado pelo senador Lindbergh Farias (PT-RJ). Ele criticou a “falta de isenção” da comitiva liderada pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG) e disse que o papel dos senadores brasileiros é buscar o diálogo com os dois lados, para não agravar ainda mais a crise política instalada no país vizinho.

Na semana passada, a comitiva com oito senadores tinha como objetivo visitar opositores do governo Nicolás Maduro, mas não conseguiu chegar ao presídio onde estão detidos os presos políticos e teve de retornar ao Brasil no mesmo dia.

Os parlamentares, por sua vez, acusaram o governo venezuelano de ter provocado o trânsito que bloqueou o caminho da comitiva além de reclamarem da falta de assistência da diplomacia brasileira. O Ministério das Relações Exteriores chamou de “inaceitáveis” os incidentes.

Segundo Lindbergh, o novo grupo vai tentar conversar não só com integrantes do governo, mas também da oposição, a começar pelas mulheres dos presos políticos e o governador de Miranda, Henrique Capriles.

A comitiva também conta com Roberto Requião (PMDB-PR), Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), Lídice da Mata (PSB-BA), Vanessa Grazziotin (PC do B-AM) e Telmário Mota (PDT-RR). O grupo solicitou um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para viajar ao país vizinho, mas ainda não teve uma resposta do governo quanto ao uso do avião militar.

 

Fontes:
O Estado de S. Paulo-Petista lidera visita de nova comitiva do Senado à Venezuela

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *