Início » Brasil » ‘Nova Dilma’ está surtindo efeito, diz ‘Reuters’
Economia brasileira

‘Nova Dilma’ está surtindo efeito, diz ‘Reuters’

A decisão de entregar a responsabilidade de negociar com o Congresso ao vice-presidente deve ajudar a aliviar tensões com o maior partido em sua coalizão

‘Nova Dilma’ está surtindo efeito, diz ‘Reuters’
Aliados dizem que Dilma merece crédito por fazer concessões que teriam sido impensáveis há apenas alguns meses (Reprodução/wikimedia)

Ao incluir negócios de partilha do poder e cortes orçamentários que ela evitava durante o seu primeiro mandato, a presidente Dilma Rousseff começa a aliviar a crise econômica e política que assola o Brasil, segundo líderes do Congresso e economistas ouvidos pela Reuters.

A decisão da presidente desta semana de entregar a responsabilidade formal de negociação com o Congresso para o vice-presidente Michel Temer, líder do PMDB, foi um marco que deve ajudar a aliviar as tensões com o maior partido em sua coalizão e dissuadi-lo de sabotar sua agenda econômica, como foi feito no início deste ano, de acordo com os legisladores.

Novos sinais de que Dilma está mudando em direção a políticas mais favoráveis ao mercado também estariam ajudando a maior economia da América Latina a se recuperar de uma esperada recessão neste ano.

Observadores alertam que a trégua no conflito de Dilma com o PMDB ainda é provisória e que pode ser revertida. Mesmo no melhor dos casos, não se espera uma recuperação econômica até o final deste ano ou no início de 2016, o que está muito aquém do crescimento vigoroso que o Brasil desfrutou na última década.

Na quinta-feira, 9, a agência de classificação de risco Fitch alertou que o Brasil pode enfrentar um rebaixamento, devido ao aumento da dívida pública, além das perspectivas econômicas sombrias, um lembrete de desafios pela frente.

No entanto, aliados dizem que Dilma merece crédito por fazer concessões que teriam sido impensáveis há apenas alguns meses. Apesar de ela ter a menor popularidade entre qualquer líder brasileiro em duas décadas, da inflação e do desemprego crescente, alguns se perguntam se ela tinha outra escolha.

 

Fontes:
The New York Times-More Austere, Accommodating Rousseff Paying Off for Brazil

7 Opiniões

  1. helo disse:

    Quanta incerteza

  2. Carlos Furtado disse:

    Dilma o enfeite federal ,Michei Tremer mais Mula mandando na política,Levy tentando minimizar o gigantesco rombo gerado na picaretagem eleitoral de 2014. Pra que serve mesmo D. Dilma?????????

  3. Joma Bastos disse:

    De regime político presidencialista… virou regime político parlamentarista?!

  4. jayme endebo disse:

    Renuncia Branca simples

  5. Áureo Ramos de Souza disse:

    Ela se sentiu acuada pelo povo brasileiro e alguém lhes deu esta ideia, não sei se vai funcionar com um partido que tem olho gordo e sempre quis está no topo. A não ser se Michel Temer.

  6. Vitafer disse:

    Ela está entre a cruz e caldeirinha.

  7. Renato Fregapani disse:

    Entregar o controle da agenda política ao PMDB é entregar a alma ao Diabo. Mas como Dillma não acredita em Deus, também não deve acreditar no Malígno.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *