Início » Brasil » Nove senadores faltaram a um dos quatro anos da última legislatura
Excesso de faltas

Nove senadores faltaram a um dos quatro anos da última legislatura

Levantamento mostra que nove senadores faltaram a 112 das 451 sessões deliberativas ocorridas entre fevereiro de 2011 e dezembro de 2014

Nove senadores faltaram a um dos quatro anos da última legislatura
O senador que mais acumulou faltas foi Edison Lobão Filho (PMDB-MA) (Reprodução/Wikipédia)

Um levantamento feito pela revista Congresso em Foco concluiu que nove senadores faltaram, em média, a um quarto da última legislatura, período de quatro anos de atuação do Congresso Nacional eleito.

A pesquisa analisou a assiduidade dos senadores na última legislatura, entre fevereiro de 2011 e dezembro de 2014. A conclusão foi de que nove senadores faltaram a um total de 112 (25%) sessões deliberativas, das 451 que foram realizadas no período. A presença nas sessões deliberativas é de extrema importância, pois são nelas em que são realizadas as votações.

O número de faltas constatado pelo levantamento representa 25% do total de sessões realizadas no período analisado. Em outras palavras, foi como se um ano inteiro da legislatura tivesse sido desperdiçado.

O senador que mais acumulou faltas foi Edison Lobão Filho (PMDB-MA). Além dele, também acumularam um ano de faltas Mário Couto (PSDB-PA), Jader Barbalho (PMDB-PA), Fernando Collor (PTB-AL), Sérgio Petecão (PSD-AC), Francisco Dornelles (PP-RJ), Cícero Lucena (PSDB-PB), Epitácio Cafeteira (PTB-MA) e Kátia Abreu (PMDB-TO). Procurados pela revista, nenhum dos parlamentares faltosos se manifestou.

Fontes:
Congresso em Foco-Senadores faltam a um dos quatro anos da legislatura

1 Opinião

  1. André Luiz D. Queiroz disse:

    Se os digníssimos Senadores faltosos ao menos estivessem ausentes para tratar assuntos de legítimo interesse público, coisas realmente pertinentes aos cargos… Mas quê! Sabemos muito bem que não é bem assim que a banda toca…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *