Início » Brasil » Novos leilões podem fazer subir o custo da energia
Energia mais cara

Novos leilões podem fazer subir o custo da energia

Este ano, ocorrerão oito leiloes para ampliar a geração de energia. Porém, para manter o interesse dos investidores, o governo aumentou a tarifa-teto, o que pode refletir na conta de luz

Novos leilões podem fazer subir o custo da energia
Preço da geração de energia vem subindo desde 2012 (Foto: Pixabay)

Este ano, o governo pretende fazer oito leilões para ampliar a oferta e a geração de energia no país até dezembro. Serão quatro leilões de geração de energia, e outros quatro para ampliar o sistema de transmissão. Estima-se um investimento de R$ 109 bilhões no setor.

Porém, a medida pode ter efeito contrário, causando aumento na conta de luz do consumidor. Isso porque, neste tipo de leilão, vence a empresa que oferecer a tarifa de produção mais baixa, perto da tarifa-teto estabelecida. Para atrair investidores, o governo aumentou o preço máximo da tarifa-teto. Essa medida pode fazer subir o preço da geração de energia, que vem aumentando desde 2012, e refletir na conta de luz do consumidor.

Outra dúvida é sucesso das rodadas. A crise econômica que o país enfrenta afetou o caixa das empresas e fez o dólar disparar. Somado a isso, o ajuste fiscal do governo reduziu os financiamentos do BNDES.

Para Thais Prandini, diretora da Thymos Energia, a soma desses fatores coloca em xeque os planos para o setor. Em entrevista ao Globo, ela lembrou que, até o ano passado, o BNDES financiava até 70% dos projetos. Esse percentual, porém, caiu para 50% este ano.

“Como vai se financiar esses empreendimentos? O custo será mais alto, até porque as linhas do BNDES são atraentes. E isso vai se refletir na tarifa. Assim, para atrair mais investimentos, há uma expectativa que o valor da energia continue aumentando. O caixa das empresas está curto”, criticou Thais.

O governo, no entanto, se mostra otimista com os leilões. O presidente Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, disse “não ter dúvidas do sucesso dos leilões”. Para Tolmasquim, o aumento da tarifa-teto foi uma forma de o governo ajustar os projetos à nova realidade econômica do país, sem deixar cair o interesse dos empreendedores.

“Não tenho dúvida que vai ser sucesso, dado o interesse grande dos empreendedores e da oferta maior de projetos do que a demanda. O Brasil vai voltar a crescer e tem que ter energia para isso. Esses leilões são principalmente para aumentar a oferta de energia a partir de 2018”, disse Tolmasquim.

 

Fontes:
O Globo-Custo de energia vai subir com novos leilões previstos pelo governo

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *