Início » Brasil » O destino de Lula e do Brasil!
GRITA BRASIL

O destino de Lula e do Brasil!

O PT já está se organizando para que aconteça uma mobilização nacional em prol do (quem sabe) futuro detento

O destino de Lula e do Brasil!
A coluna Grita Brasil é publicada às quintas

A batalha de Lula para não ser preso continua. São recursos atrás de recursos em todos os órgãos possíveis para que ele, primeiramente, não seja preso e não tenha o seu registro de candidato cassado.

O PT já está se organizando para que aconteça uma mobilização nacional em prol do (quem sabe) futuro detento.

Calma, não sou eu quem o está condenando. Ele já está condenado. Resta o ato final, ele vestir o pijama listrado e jogarem a chave longe, nem que seja por 12 anos.

Dizem os mais doentes que mesmo preso Lula fará campanha. Será que iam gravar a fala dele com seus companheiros de cela ao fundo? Ou ia dar muito na pinta e acabaria lembrando o grande público de que o circo acabou, que o palhaço tá preso? Talvez ele grave no refeitório e prometa água de coco, queijo brie com damasco no café da manhã de todas as penitenciárias do país! E se gravarem à tarde, talvez Lula prometa picanha maturada com fritas, salmão grelhado com purê de batata baroa. Porque eu não consigo imaginar Lula comendo a mesma comida dos detentos.

Mas isso não é problema meu.

A grande questão é que a situação de Lula é complicada, mas ao mesmo tempo, os doentes ainda acreditam que Lula não será preso e será o candidato da salvação da pátria e que o Brasil voltará a crescer e a ser mais justo com todos.

Esses doentes é que me preocupam mais. Muito mais do que você imagina. Não consigo conceber como depois de todos esses anos de Lava Jato, de prisões antes nunca imagináveis pudesse fazer cair os antolhos de parte da população que continua apostando em Lula e no seu caráter ilibado.

Tento imaginar, por mais difícil que seja, como seria Lula subindo de novo a rampa do Planalto. Como seria sua governabilidade. Como seria o Brasil e sua relação com o resto do mundo. Será que nenhum desses doentes pensa nisso? Teríamos alguma credibilidade?

E sem credibilidade como cresceríamos? Não estou dizendo com isso que os outros candidatos (que nem sabemos quem são todos eles) são a salvação da lavoura. Tá difícil salvar essa safra de políticos.

Me assusta pensar nos nomes que já temos mais ou menos definidos como supostos candidatos, mas nenhum outro nome na verdade me deixa tranquilo. Se (um dia) esses institutos de pesquisa me abordassem na rua, eu sinceramente não teria nenhum candidato que me inspire confiança.

Alguns nomes inclusive me assustam: Bolsonaro, Rodrigo Maia (se for verdade o ti-ti-ti), Alckmin. Outros nem representam nada: Marina, Eduardo Paes (se for a opção do PMDB), Michel Temer (se for a outra opção do PMDB). Enfim, não tenho candidato. Não tenho paz e nem muita esperança. Faria um esforço para simpatizar com o Trump, mas ele já preside outro país.

Mas se for o caso, me chama que vou feliz.

Sei que o Brasil é lindo, não tem guerra (só uma básica civil, aqui no Rio de Janeiro principalmente), não temos maremotos, terremotos, temos um clima bom pra agricultura e ponto. Será que esqueci algo?

Em contrapartida não temos saúde, educação, saneamento, segurança e nenhuma política em usar o que temos de recursos naturais para melhorar a vida de todos.

Por isso é que enquanto não consigo picar a mula daqui, vou sobrevivendo e torcendo para quem quer que entre e suba a rampa do Planalto, que faça o que ele for prometer na sua campanha, para, aí assim, começarmos a pensar numa retomada e em tempos melhores.

Salve as baleias. Não jogue lixo no chão.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. Carlos Valoir Simões disse:

    O Lula é realmente um ser mitológico. Ele parece um personagem de filme de gnomos e duendes: Já está condenado por todos os tribunais onde passa e a maioria das pessoas ainda dúvida que ele será preso.

  2. Nilson Bennoti disse:

    Não há nada de errado com “(…)essa safra de políticos.” Um povo que vota reiteradas vezes no Lula, na Dilma, no Tiririca, Jean Willis, Manuela Dávila, Renan Calheiras, Jucá, Collor, Edson Lobão, Requião, Crivella, Pezão, Suplici, etc…etc…não pode, de repente, querer colher estadistas. A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória.

  3. Markut disse:

    Dessa barafunda de políticos carcomidos ,não se vislumbra um sequer que sugira um mínimo porte e compostura do verdadeiro Estadista , de que o Brasil precisa, para administrar com visão de longo prazo, as inevitaveis diferenças,algo oposto ao “nós” contra “eles”, que hoje se insinua.
    O cardápio oferecido,até o momento, sugere a continuação do populismo voraz , a conquista do poder dos “salvadores da pátria”,à custa da ignorância do eleitor, neste arremedo de democracia.

  4. Aureo Ramos de Souza disse:

    Façamos de conta que nada aconteça com Lula e ele ganhe as próximas eleições. Como ficará o Brasil? Lula soltara todos seus amigos pois ele deve muito a todos. Nosso país tem tudo de bom: não tem terremoto, maremoto, vulcão, mais temos muitas falcatruas e é ai onde mora o perigo com os comparsas do Lula a solta. Então se acabaria a Petrobras do Brasil, o Banco Central iria para uma esquina, o BNDES para onde mandar. É difícil em se pensar com a volta de Lula.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *