Início » Brasil » O lobby do Desengavetador-Geral da República
Coluna Esplanada

O lobby do Desengavetador-Geral da República

Presidente da Câmara quer mostrar ao Planalto e ao Brasil quem manda diante do (des)governo da presidente Dilma

O lobby do Desengavetador-Geral da República
Eduardo Cunha, presidente da Câmara (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), quer mostrar ao Planalto e ao Brasil quem manda diante do (des)governo da presidente Dilma, com as trapalhadas na Articulação Política. Tornou-se o Desengavetador-Geral da União trazendo à pauta, com prioridade, projetos polêmicos. Cunha acaba de mandar para a pauta da CCJ o projeto de lei que oficializa o lobby no Congresso, apresentado em 2007 e parado desde 2012. Ele também mandou para análises nos últimos dias a PEC da redução de ministérios para 20, de sua autoria, e a PEC da redução da maioridade penal.

CLT do sexo

Inclui-se na conta pessoal do presidente da Câmara também o aval para comissão especial analisar a regulamentação da prostituição, projeto de Jean Wyllys (PSOL-RJ).

Memória

O PL 1202 sobre a regulamentação do lobby foi apresentado pelo petista Carlos Zaratini (SP). O lobby é oficializado nos Estados Unidos e outros países há anos.

Brasil do PMDB

Apesar de não muito afinados ultimamente, três homens passaram a mandar no Brasil: Michel Temer (vice e articulador político), Cunha e Renan Calheiros.

Saque, defesa…

Hoje é o dia D para a ex-jogadora de vôlei Ana Moser decidir se aceita ou não o convite para presidir a Autoridade Pública Olímpica (APO). O cargo está vago há um mês desde a saída do general Fernando Azevedo, que foi para o Comando Militar do Leste (Rio), como antecipou a Coluna. Mas há um grande bloqueio do outro lado da ‘rede’…

… e bloqueio?

O maior adversário de Ana Moser para a APO, se ele topar o desafio a um ano dos Jogos, é o próprio ministro do Esporte, George Hilton (PRB). Ele não engoliu a carta pública da atleta criticando a escolha dele para o cargo, o chamando de despreparado.

Medalhista

Muita gente poderosa se pergunta o quê queria Edinho Araújo, agora ministro da Secom da Presidência. Nos últimos meses ele desfilou por gabinetes de prefeitos e governadores se apresentando como APO. ‘Virou medalhista neste campo’, diz cacique.

Consciência

Os integrantes do COI estão surpresos com o prefeito do Rio, Eduardo Paes. Ele bate pé e tem peitado a entidade, que apresenta custos aditivos a cada reunião.

É passageiro?

Um economista especialista em aplicações no mercado explica que a alta do dólar, que assusta o País, pode ser passageira. Lembra que a moeda, hoje em R$ 3,12, chegou a atingir R$ 4 no final de 2002 e depois caiu para R$ 1,50 gradativamente.

Novo PTB

Apesar da rejeição de alguns demistas, o DEM realmente vai acabar. Com o aval da Executiva prossegue a fusão com o PTB, cujo comandante está encarcerado no Rio. A sigla deve se chamar Novo PTB, segundo o deputado Eros Biondini (PTB-MG).

Todo poder ao PP

Com a corda no pescoço em metade da bancada na Câmara, por rolo no Petrolão, o PP está em alta com o Planalto. O deputado Ricardo Barros (PP-PR), da terra do falecido Janene e ligado ao ex-ministro Paulo Bernardo, será o relator do Orçamento para 2016.

Continua em alta

Natal Furucho deixou uma secretaria em Maringá (PR). O que poucos sabem é que ele é a eminência parda de Edir Macedo junto à Igreja Universal e à Record. Foi ele quem profissionalizou a emissora e a tirou das mãos dos colegas bispos.

No ar…

Muita gente estranhou o Aeroporto JK (DF) fora da lista de melhores do Brasil na pesquisa com passageiros feita pela Secretaria de Aviação. Um servidor da Infraero explica: ‘JK só está maior e mais bonito. Em termos operacionais está muito ruim’.

… no chão

Os aeroportos da Infraero — que está em desmonte pelo Governo — deram um banho nos concedidos: Guararapes (Recife) e Congonhas (SP) ficaram entre os melhores.

Ponto Final

O Itamaraty entregou a Tasso Jereissati a planilha de gastos com as 77 embaixadas. E o Senado sabatinou ontem três embaixadores que perderam a viagem na terça.

Com Equipe DF, SP e Nordeste

2 Opiniões

  1. Victor Ivens disse:

    As manifestações de depois de amanhã deveriam apoiar fortemente a proposta de redução dos ministérios.

  2. Pereira disse:

    Se Ana Moser, atleta, estiver tecnicamente preparada, ele tem é que deixar a bola dela quicar. As pessoas precisam aprender a respeitar a competência, em detrimento das vaidades pessoais.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *