Início » Brasil » O movimento
COLUNA ESPLANADA

O movimento

Dória está se tornando um fenômeno (de mídia) para um cenário em que será difícil recuar

O movimento
Com ideias inovadoras e ações de impacto, por ora não passa de um bom marqueteiro (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A homenagem dos empresários americanos a João Dória Jr. em Nova York dia 16 de maio é a prova do que soltou o marqueteiro de Hillary Clinton quando ela disputava indicação contra Barack Obama para ser candidata à Casa Branca: é difícil lutar contra um movimento. Obama virara uma febre popular e chegou lá. Hoje há um movimento de grandes empresários — os conhecidos financiadores de campanhas — e simpatia de entidades civis de vários setores pela precoce candidatura do prefeito de São Paulo à Presidência da República. Ainda é muito cedo para projeções. Mas Dória está se tornando um fenômeno (de mídia) para um cenário em que será difícil recuar.

Publicidade

Ficha limpa na política, e com discurso duro contra Lula e o PT, Dória ganha campo. Com ideias inovadoras e ações de impacto, por ora não passa de um bom marqueteiro.

Joelho no milho

O PSC vai entrar na delação premiada de Fernando Cavendish, dono da construtora Delta, hoje em prisão domiciliar.

Quanto custa?

O desembarque do Aeroporto Santos Dumont, no Rio, é palco diário de confusões entre taxistas e ‘uberistas’, com casos de fortes discussões a brigas com B.O.s em delegacias.

Pescaria

Num movimento calculado do Palácio por votos na Câmara para a reforma da Previdência, a Secretaria da Pesca acaba de entrar no organograma do Ministério da Indústria e Comércio. O ministro Marcos Pereira é do PRB, partido que já comandou a Pesca quando Crivella foi ministro.

Tiros no MST

Sem-terras acusam o proprietário da fazenda Norte América, em Capitão Eneias (MG), e capangas a atirarem contra militantes do MST ontem de manhã. Há feridos internados. Segundo os lavradores, havia criança e mulheres no local.

Trabalho no cardápio

Relator do projeto, o deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) faz tour nacional para debater a “urgência da reforma trabalhista”. Hoje tem almoço no Kubitschek Plaza com empresários do LIDE Brasília, capitaneados por Paulo Octávio.

Preço do carnê

No balanção do prefeito Crivella, do Rio, o vice Fernando Mac Dowell, flagrado há meses com dívida do IPTU, ficou em terceiro plano no palanque da prestação de contas.

João e elas

Mais famoso médium do Brasil, que ganhará biografia, João de Deus tem atraído artistas e cerca de mil estrangeiros por dia a Abadiânia (GO). As apresentadoras Daniela Ciccarelli e Luciana Gimenez passaram pela Casa Dom Inácio semana passada.

Guerreiros políticos

Acredite: Ruy Barbosa perdeu três eleições para deputado na Bahia, em 1886, 1888 e 1889. E Nelson Carneiro, famoso na terrinha, perdeu a reeleição, daí ter se mudado para o Rio, onde fez carreira política. As revelações estão no livro “A Bahia na vanguarda do Direito das Famílias”, do ex-deputado federal Sérgio Barradas Carneiro.

Boa iniciativa

O lançamento será dia 27 de abril, na Assembleia Legislativa da Bahia. Sérgio Barradas vai distribuir os exemplares gratuitamente.

Pop é tudo

Como a popularidade faz a diferença: Barack Obama ordenou ataque surpresa com invasão no Paquistão e o exército matou Bin Laden e familiares. Foi ovacionado pelo mundo. Em baixa, Donald Trump ordenou ataque a base militar da Síria para destruir aviões de Bashar Al Assad que jogam bombas químicas no povo. Trump é massacrado.

Óleo baiano

O escritório Tourinho & Godinho Advogados rechaça suspeitas de irregularidades numa indenização milionária recebida pela Petrobras. Informa que teve decisão favorável do TJBA, MPF e STJ a favor do cliente Federação de Pescadores da Bahia devido a vazamento de óleo no Recôncavo. Um dos sócios, André Godinho, é candidato ao CNJ.

Ponto Final

Dados da Axios: nos últimos 15 anos (2001-2016), despencaram mais da metade as vagas de editores nos jornais dos EUA. E subiu de 67 mil para 206 mil a ocupação de jornalistas nos portais de internet.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. laercio disse:

    Se fala tanto em reformar, mudanças, etc. Mas para tanto são necessárias medidas radicais as quais nunca foram comentadas.

    Diminuição do custo com alimentação carcerária que deve ser a base de PVT e outros de soja, e reaproveitados!
    Já seria retirado um enorme custo do estado.

    Outra medida se dá com o destino dos resíduos sólidos para serem reciclados pelos presos.

    O Brasil tem 640 mil presos e outros 400 mil mandados a cumprir, então devemos fazer com que os cárceres sejam alto sustentaveis; tirando assim um ônus pesado que o povo está carregando.

    Presos devem conviver isolados para não se organizem, com isto o estado economizaria enormes quantias, pois,o combate ao crime sugere bilhões para se manter em funcionamento.

    Veja que estamos falando apenas no trato com o preso.

    Há muita coisa que será sugerida.

    Medidas tímidas servirão apenas aqueles que já ganham muito com o atual estado de miséria vivido no país.

  2. Áureo Ramos de Souza disse:

    EU NÃO A-DORIA-RIA ESTE NOVO SALVADOR DA PÁTRIA

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *