Início » Brasil » O ostracismo de Sarney
Coluna Esplanada

O ostracismo de Sarney

De posse de uma lista de nomes, Sarney telefona para ministros e para o Planalto, e nas audiências (as que consegue) pede cargos para afilhados

O ostracismo de Sarney
Ninguém sabe o que fazer com Sarney (Fonte: Reprodução/Agência Senado)

Aposentado da política, mas não do Poder, o ex-senador José Sarney passa por situação vexaminosa para a estirpe dos ex-presidentes da República. De posse de uma lista de nomes, telefona para ministros e para o Planalto, e nas audiências (as que consegue) pede cargos para afilhados, na condição de cacique do PMDB. De pequenas vagas, com salários de menos de R$ 1 mil, a uma superintendência de um banco estatal, o veterano distribui a lista sem titubear, mas constrange os petistas. O caso foi tema de rodinha de ministros no Congresso Nacional do PT. Ninguém sabe o que fazer com Sarney.

Agenciador

O ex-senador continua a morar no Lago Sul de Brasília, montou escritório e transita por ministérios com demandas de aliados desempregados no Amapá e Maranhão.

Festival de indiretas

O PT continua forte, mas o congresso em Salvador foi batalha de lulistas e dilmistas. De Lula, no discurso, para Dilma e Mercadante: ‘Não se acomodem no Governo’.

Festa no Palácio

Balanço da Caixa do feirão de imóveis foi comemorado à noite no Planalto. Os ministros citarão os R$ 11 bilhões negociados como prova de que a crise não é tão ruim.

Suicídios na PF

O Ministério da Justiça e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência acabam de receber números estarrecedores sobre a saúde dos agentes da Polícia Federal. Mais de 20 policiais suicidaram-se nos últimos três anos. O último deles foi mês passado no interior do Maranhão, mas por motivos familiares.

Em mãos

Os dados foram passados por Jonas Borges, presidente da Fenapef, pelo diretor regional no DF, Flávio Werneck, e entregues pelo presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros, Antônio Neto.

Dois lados

‘A insatisfação com o trabalho é acentuada entre escrivães, agentes, papiloscopistas; 46% dos funcionários entrevistados têm raiva da Polícia Federal’, diz Jones Borges. A direção da PF já contestou dados anteriormente, e avisa que tem investido no treinamento profissional e acompanhamento psicológico dos agentes.

No ninho

Não está fácil o voo nacional do governador Marconi Perillo (PSDB), de Goiás. Decidiu ficar no partido, e agora Aécio e Alckmin despontam como presidenciáveis em 2018.

Lava-Baia

O que se diz nas pradarias é que a Operação Lava-Jato está ‘cavalgando’ rumo a um haras de milionário nas proximidades do aeroporto de Bagé (RS).

$olar

A polícia capixaba abriu inquérito para apurar se houve ocultação de valores para driblar o fisco na compra de um apartamento em Vitória. O vendedor é o governador Paulo Hartung (PMDB), e a compradora uma das proprietárias da Rede Gazeta.

Asas da crise

Se o mar não está pra peixe, como diz o bordão, o céu não está pra avião nesta crise na economia. Pelo menos nove figurões do eixo Rio-SP colocaram suas aeronaves seminovas à venda. São quatro jatinhos — entre eles um Falcon e um Global, com autonomia intercontinental — e cinco helicópteros. Anunciam no

Estreante x Pavão

Do deputado federal Wadih Damous (PT-RJ), suplente que assumiu há pouco, sobre declarações do ministro Gilmar Mendes (STF) a favor da redução da maioridade: ‘É preciso que a sociedade, os juristas e todos aqueles que acreditam na Justiça se pronunciem contra o ‘juiz celebridade’, que não raro se comporta como justiceiro’.

Chineses, o retorno

A cúpula do PDT receberá dia 6 de julho no Rio e em Brasília uma delegação oficial do Partido Comunista Chinês. O cicerone é o presidente do partido, Carlos Lupi, que tratou a vinda com o adido civil do governo da China, Wang Yunxiang, na última sexta.

Tradição oriental

No encontro, houve troca de presentes. Lupi deu ao visitante a trilogia completa do livro sobre Getúlio Vargas, de José Augusto Ribeiro, e recebeu uma peça em porcelana.

@VargasLlosaPeru

O presidente-ditador Nicolás Maduro encontrou outro opositor. O escritor Mario Vargas Llosa publicou foto no Twitter criticando grande fila de cidadãos atrás de comida.

Ponto Final

A fachada da Igreja Aliança, em Niterói (RJ), amanheceu sábado pichada com as frases ‘Ditadura gay’ e ‘Viva LGBT’, e uma figura de órgão genital masculino.

Com Equipe DF, SP e Nordeste

1 Opinião

  1. ney disse:

    As vezes me da vontade de montar uma celular te**orista neste país, só assim a turma que não trabalha mas atrapalha seria extinta.

    Quem sarney indicou para o ministério das telecomunicações?
    E o que esse indicado fez com o plano de aposentadoria dos correios?
    E quantos bilhões foram furtados dos correios?
    E o ano que o correios mais faturou quanto foi o lucro liquido?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *