Início » Brasil » O renascimento de Aécio
COLUNA ESPLANADA

O renascimento de Aécio

Aécio Neves salvou sua candidatura para este ano ou 2018, e tem chances de ser eleito no segundo turno contra a presidente Dilma

O renascimento de Aécio
Aécio ainda pode angariar os votos dos eleitores de Marina Silva, que estão insatisfeitos com o governo e querem a mudança (Reprodução/Internet)

Aécio Neves salvou sua candidatura para este ano ou 2018 – e tem chances de ser eleito no segundo turno contra a presidente Dilma Rousseff. Os poucos 6 pontos que os separam são perigosos. E ainda pode angariar os votos dos eleitores de Marina Silva que estão insatisfeitos com o governo e querem a mudança. O grande desafio de Aécio para a segunda etapa é ter perdido Minas Gerais, a maior vitrine para seu discurso de campanha, estado que governou por dois mandatos e segundo maior colégio eleitoral do País. Aécio terá de se escorar em São Paulo, com Geraldo Alckmin, Paraná, com Beto Richa, Espírito Santo, com Hartung, e tentará conquistar parte do Rio, com Pezão – que aos holofotes apoiará Dilma, mas com o PMDB inteiro em apoio ao tucano.

Leandro Mazzini é escritor e colunista do Opinião e Notícia

Transferência de votos

Pesquisas recentes indicam que Marina Silva transfere votos para Aécio Neves. Mesmo que fique neutra – provavelmente o que ela deve fazer. Numa das sondagens, 58% dos votos de Marina num segundo turno sem ela vão para Aécio, e 24% para a presidente Dilma. Aécio vai trabalhar os votos dos jovens, dos insatisfeitos e buscará conquistar em especial os ‘sonháticos’.

Marina e a REDE

Marina Silva vai trabalhar a partir de hoje para criar a sua REDE, que não teve registro autorizado pelo TSE este ano, pois não conseguiu validar assinaturas necessárias a tempo. Ela deve sair do PSB – já em chamas internas – nos próximos meses, assim que tiver a certeza das assinaturas que faltam para oficializar o seu partido. Era o trato com Eduardo Campos caso não vencessem a eleição. E assim será. Marina se afastará da cúpula do PSB e não tomará parte ou lado na briga pelo comando do partido entre Roberto Amaral e Beto Albuquerque.

Risco passado

Se Aécio não vai ao segundo turno seria uma grande derrota para ele, que lhe tomaria a candidatura de 2018. Hoje, ficaria sem mandato, sem o governo de Minas e apenas seria o presidente do PSDB, com José Serra eleito senador por São Paulo, e Geraldo Alckmin no quarto mandato de governador por São Paulo, o maior PIB do País, com os maiores financiadores de campanha no maior colégio eleitoral do Brasil. Alckmin naturalmente é o forte concorrente, em qualquer cenário, para Aécio na disputa pela Presidência.

A Meirellização da campanha

Pode aparecer um fator surpresa neste segundo turno. Até há poucas semanas houve uma disputa sigilosa entre os três maiores partidos nesta campanha – PT, PSB e PSDB – atrás de Henrique Meirelles, o chefão do Banco Central na Era Lula – e quem realmente segurou o País na crise internacional. Meirelles é nome reconhecido e respeitado internacionalmente, dá segurança a investidores e traria a credibilidade que o Brasil perdeu nos últimos anos. Meirelles sumiu. Pode ser o coringa tanto de Aécio quanto Dilma, se decidir tomar lado. Hoje, o ex-presidente do BC é conselheiro da JF Holding, do grupo da JBS.

Disputa por governadores

Será tão grande a disputa de Dilma e Aécio por palanques estaduais que a presidente já marcou para amanhã uma reunião, em Brasília, com os governadores eleitos da base, e os potenciais que foram para o segundo turno. Aécio fará o mesmo, mas visitando cada um deles.

Em Alagoas

A bela Alagoas surpreende com o poder dos velhos caciques eleitorais: elege Renan Filho governador, e Fernando Collor para o Senado.

Fator Lula

O ex-presidente Lula vai colar em Dilma Rousseff em todas as viagens a partir de hoje, ao contrário do pequeno distanciamento no primeiro turno.

____________________________

Com Equipe DF, SP e Nordeste

14 Opiniões

  1. Ludwig Von Drake disse:

    Tem um lado bom na eventual vitória de Madame, é poder ver mais petistas sairem do palácio e irem para a cadeia.

  2. Sandra disse:

    O barbudo levou a maior surra até no ABC paulista, foi derrotado em São Bernardo do Campo cidade onde o partido nasceu , onde Lula mora …E em Pernambuco onde ele nasceu, o PT não elegeu nenhum deputado federal, não elegeu o senador. Pelo visto o santo de casa não faz mais milagres, mesmo com o uso escancarado da máquina pública …Os ventos outrora a favor, andam contrários ao PT. Fora o PT!

  3. Beraldo Dabés Filho disse:

    O jovem autor da matéria a inicia drasticamente mal: “Aécio Neves salvou sua candidatura para este ano ou 2018, e tem chance de ser eleito no segundo turno contra a Presidente Dilma”. Isto não diz nada, já que é uma evidência. José Maria Alckmim, velha raposa da história política de Minas Gerais diria: “nem sim nem não, muito antes pelo contrário”. Mas o jovem autor, ao final, na última frase, se reabilita e menciona com outras palavras o que nenhum analista político, até agora, por ignorância ou omissão proposital, falou: Luiz Inácio Lula da Silva, maior raposa política da atualidade, ciente de o segundo turno era inevitável, guardou seu arsenal para esta nova batalha. O Barbudo vem aí. Abram alas!!!!
    _________________________________________
    NÃO VOTE EM BRANCO E NEM ANULE SEU VOTO!

  4. Vitafer disse:

    Caro Jesus (que blasfêmia o seu nome!), realmente 14.000.000,00 é muito dinheiro, e se houve esse roubo, o responsável tem de pagar. Mas e quanto aos bilhões roubados por outros, você acha que está certo?

  5. Rosa disse:

    FORA PT !!!!!!!

  6. Rosa disse:

    Vergonha de ser mineira! Pela vitória do PT em Minas.
    Meu voto sempre será Aécio Presidente!
    Chega de corrupção do PT e seus aliados.

  7. Sandra disse:

    Se se olhar o mapa do resultado das eleições, no caso do mapa de Minas o que se nota, é que a “Minas Nordestina” — ou baiana — que vota majoritariamente com Dilma.
    É evidente que os petistas colhem hoje os seus melhores resultados nas regiões do país que são mais dependentes do Bolsa Família. Não é segredo para ninguém que, pela terceira eleição consecutiva, o terrorismo correu solto nas áreas mais pobres do país: “Se a oposição ganhar, o Bolsa Família vai acabar”.
    Portanto, a vitória do PT em Minas tem a ver com terrorismo eleitoral , e não com descontentamento!
    O Aécio não tem nada a explicar e nunca foi alvo de CPI, quanto ao PT, esse sim, os subalternos já se encontram todos na cadeia, só faltam os mandantes, o chefão e a chefona, que em seu devido tempo também não mais colará a desculpa do de nada sabem, nada viram.Fora Dilma, fora o PT!

  8. JESUS R. DE ARAUJO disse:

    Parabéns, povo mineiro! Já que Aécio pouco ou nada fez por Minas, elegeram Fernando Pimentel do PT no 1° turno para engrandecer ainda mais este grande estado brasileiro. Não se iludam, pois o descontentamento do povo do interior do estado é muito grande… E, alguns brasileiros desinformados ainda querem eleger Aécio para presidente. Seria o caos para a nossa nação, pois quem até hoje não explicou os Cr$ 14.000.000,00 (quatorze milhões de reais) do erário público gastos em um aeroporto em terras de sua familia, poderia dirigir este país?
    Portanto, salvem o Brasil! Fora Aécio! Vote em DILMA!

  9. paulo fernando disse:

    Agora sim, o Brasil vai respirar melhor, a economia vai melhorar, o nível de investimento e de confiança vai aumentar, diminuir o custo Brasil, etc,etc… Hoje o Brasil parece que está parado, expectativa de inflação alta com baixo crescimento. Só com a vitória do Aécio no 1º turno Já estamos sentido mudança desde já, vejamos o que vem acontecendo com a Bolsa de Valores, agora imagine com a vitória do Aécio no 2º turno, certamente o Brasil vai ser outro pais. Por isso Voto Aécio;.

  10. helo disse:

    Sandra acerta e o voto agora será Aécio

  11. Marilu disse:

    Esse domingo de grande sol nos trouxe a chance de ver restaurada a dignidade do nosso país. Esperemos que a maioria se pronuncie pela volta da integridade, da inteligência, da qualidade e da competência ao nosso governo, sem se deixar levar por demagogia e mentiras. Não podemos continuar a dar o espetáculo lamentável que levou o Brasil a uma quase completa irrelevância no cenário mundial. Nem podemos aceitar o paulatino desmantelamento de toda a máquina governamental. Precisamos de um governo que dê atenção à educação, à saúde, ao aprimoramento da máquina produtiva e da infraestrutura do país ao invés de dilapidar seus recursos em manobras eleitoreiras. A manifestação de vontade de ontem parece, felizmente, apontar nesse sentido.

  12. Renato Cesar De Oliveira Moreira [APnig211] disse:

    Nunca confiei nas pesquisas, todas manipuladas e tendenciosas. O sistema não quer perder a mamata ofertada pelo PT, e por conta disso, muito dinheiro publico está mudando de mãos nestas eleições. O 2º turno será mais disputado e a Dilma terá que enfrentar o Aécio o mais preparado, basta ver o livro que a Dilma utiliza nos debates enquanto o Aécio debate apenas utilizando seu poder de raciocínio e conhecimento de todos os temas.
    Esta na hora de mudar já são 12 anos de PT este período já caracteriza uma ditadura. O Brasil necessita de inovação, de novos rumos políticos e econômicos. A gestão do PT está desgastadas por sucessivos escândalos e erros estratégicos na economia.. E sinceramente não aguento mais a arrogância da Dilma e do Lula e dos “idiotas uteis” que ainda acreditam no PT.

  13. ricardo alves disse:

    sempre todos a fim de um objetivo, para mim tanto faz, ganho o que tirar mais votos,

  14. Sandra disse:

    O resultado do primeiro turno deixou claro o que já desconfiávamos, que os institutos de pesquisa estavam manipulados. A margem de erro de dois pontos é admissível, a margem de erro de dez pontos é má fé. O meu, o seu, o nosso dinheiro, assim como a máquina pública tem sido usada e abusada da maneira mais torpe pelo partido no poder, como se fôsse a coisa mais natural do mundo, não é, pelo menos no mundo civilizado, isso faz parte do dia a dia das ditaduras de terceiro mundo.
    O regime democrático se caracteriza pela alternância no poder senão se torna uma tirania, uma ditadura. Portanto, cabe a nós expulsar esta casta malígna que quer se perpetuar a todo custo no poder , pois não se enganem, nesse segundo turno eles vêm com tudo, a usual baixaria, o discurso demagogo do pobre X rico, e por aí vai. Fora Dilma, fora o PT!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *