Início » Brasil » OAB recomenda afastamento de Moro e procuradores da Lava Jato
APÓS VAZAMENTO DE MENSAGENS

OAB recomenda afastamento de Moro e procuradores da Lava Jato

Em nota, o Conselho Federal da OAB defendeu ‘investigação plena, imparcial e isenta’, frente à 'gravidade dos fatos’ que apontam promiscuidade na condução da Lava Jato

OAB recomenda afastamento de Moro e procuradores da Lava Jato
Caso ganhou nomes de 'Vaza Jato' e 'WikiLeaks de Curitiba' (Fonte: Tomaz Silva e José Cruz/Agência Brasil)

Em nota divulgada nesta segunda-feira, 10, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) defendeu a “investigação plena, imparcial e isenta”, frente à “gravidade dos fatos” e do que considerou uma “possível relação de promiscuidade na condução de ações penais no âmbito da operação Lava Jato”.

A divulgação da nota ocorreu após a revelação da troca de mensagens entre o ex-juiz federal e atual ministro Sérgio Moro e procuradores da Operação Lava Jato pelo site “The Intercept”.

A OAB vai recomendar o afastamento temporário de Sérgio Moro, Deltan Dallagnol, o coordenador da força-tarefa da Lava Jato, e demais procuradores citados na série de reportagens do “Intercept”.

“A íntegra dos documentos deve ser analisada para que, somente após o devido processo legal – com todo o plexo de direitos fundamentais que lhe é inerente –, seja formado juízo definitivo de valor”, ressalta a nota da OAB.

O Conselho Federal da OAB também manifestou perplexidade e preocupação com os fatos recentemente noticiados pela mídia, envolvendo procuradores da república e um ex-magistrado, tanto pelo fato de autoridades públicas supostamente terem sido “hackeadas”, com grave risco à segurança institucional, quanto pelo conteúdo das conversas veiculadas, que ameaçam caros alicerces do Estado Democrático de Direito”.

Mensagens atribuídas a Moro e Dallagnol divulgadas pelo “Intercept” indicam uma troca de colaborações quando ambos integravam a força-tarefa da Lava Jato.

Moro afirmou nesta segunda que “não viu nada demais nas mensagens. Havia uma invasão criminosa de celulares de procuradores, pra mim isso é um fato bastante grave ter havido essa invasão e essa divulgação. E, quanto ao conteúdo, no que diz respeito a minha pessoa, eu não vi nada demais”.

Fontes:
Folha de S.Paulo - OAB recomenda afastamento temporário de Moro e Deltan após vazamento de conversas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. DINARTE DA COSTA PASSOS disse:

    Para ele Sérgio Moro suas falcatruas nunca demais. Ele próprio invadiu privacidade da presidente Dilma e agora está reclamando. Se tivesse ombridade e ética devia renunciar para não deixar em mal lençóis este já fragilizado governo que está ai cambaleando.

    Acredito que não renuncia vai pagar para ver, afinal é candidato ao Supremo Tribunal. Pense em um elemento deste lá na Alta Corte. É o fim da picada!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *