Início » Brasil » Oferta de emprego no Brasil tem o pior resultado desde 2009
mercado de trabalho

Oferta de emprego no Brasil tem o pior resultado desde 2009

Saldo líquido de empregos com carteira assinada fica abaixo das expectativas do mercado

Oferta de emprego no Brasil tem o pior resultado desde 2009
Número de vagas abertas recuou 25,9% no primeiro semestre (Reprodução/Internet)

Pelo segundo mês consecutivo, a criação de empregos com carteira assinada recuou em junho e fechou o primeiro semestre deste ano com o pior desempenho desde 2009, auge dos impactos da crise financeira internacional sobre o Brasil.

De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 23, pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego foram criados 120.444 em junho, o pior saldo líquido de empregos para o mês desde 2009.  O número aponta uma queda na criação de vagas formais de 52,8% em relação a junho de 2011.

Os dados do Caged também revelaram que 1.732.327 assinaram contratos formais no mês passado, enquanto 1.611.887 foram desligados. O fraco desempenho do mercado de trabalho pode ser um reflexo da desaceleração da economia local e global.

Segundo estimativas coletadas pelo AE Projeções com 13 instituições do mercado financeiro, o resultado veio abaixo das expectativas do mercado, que esperava a criação de 151.000 postos em junho. Em maio foram criados 139.679 postos de trabalho formal no país.

No acumulado do primeiro semestre, o número de vagas abertas recuou 25,9% em relação ao mesmo período de 2011, totalizando 1.047.914 vagas, no dado com ajuste das admissões informadas pelas empresas após o prazo obrigatório.

O setor industrial, que vem sofrendo com a desaceleração econômica e a concorrência externa criou no primeiro semestre 112.608 postos de trabalho, um recuo de 53,8% em relação ao mesmo período de 2011.

Em entrevista a Reuters o economista André Gamerman, da Opus Gestão de Recursos afirmou que o setor industrial é o mais afetado pela queda. “A desaceleração na oferta de vagas tem ocorrido em todos os setores, mas no setor industrial a freada tem sido maior”, disse Gamerman.

Fontes:
Estadão-País cria 120,4 mil empregos em junho, pior resultado desde 2009
Reuters-Oferta de emprego no 1o semestre cai 26%

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

6 Opiniões

  1. João Cirino Gomes disse:

    Eu só sei que para Lula ser eleito ele prometia bilhões de empregos; mas cumpriu?
    Dilma foi pelo mesmo caminho e esta cumprindo?

    Quem for petistas e quiser defender o Lula que me mostre uma promessa que o bufão cumpriu!

    Eu sei de um batelada que el não fez e cumpriu!
    Como por exemplo, ele se dizia contra o enriquecimento ilícito:

    E de cara ele, sua família e a pelegada se tornaram bilionários!

    Para encurtar o assunto, Lula e o PT só fizeram, institucionalizar o crime organizado dentro do desgoverno!

  2. PC disse:

    O GOVERNO OVACIONAVA O PIB que servia como medida para dizer que o país estava crescendo.

    Nos últimos 10 anos a arrecadação de impostos dobraram e os serviços públicos mais que pioraram. Não pelas bolsas (esmolas) para criar dependência.

    Quem mais faturou no Brasil em 2011, foi à indústria da corrupção que é isenta de imposto de renda.

  3. áureo Ramos de Souza disse:

    Eu acredito que estas pesquisas estão focadas só nos estados do sul do país pois aqui em Pernambuco vemos cidades como: Pontezinha, Pontes do Carvalho, Cabo de Santo Agostinho todas próximo ao porto de SUAPE e do estaleiro e outras próximas não têm o que reclamar, vem crescendo de um modo galopante pois até agora próximos ao citado porto forma instaladas 100 (cem) empresas e com mais 50 (cinquenta) a serem instaladas o que falta é mão de obra especializada e isto vem acontecendo com cursos profissionalizantes nas áreas do porto. Vejo O governador Eduardo Campos mostrando seus feitos nesta sua gestão e ninguém a reclamar ou protestar quanto ao desenvolvimento do estado de Pernambuco sem falar na zona norte onde as cidades de São Lourenço, Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes encontram-se todas próximas a Arena da Copa onde se tem quase 3.000 (trés mil) pessoas trabalhando na Arena e nas Rodovias sem falar na área imobiliária que se aproveitam para construções de condomínios fechados e outras pequenas construções. Por isso digo que as pesquisas estão voltadas para os estados do Sul.Assim foi dito e assim está escrito. áureo – Recife

  4. João Cirino Gomes disse:

    Quando se fala em direitos, desrespeitados, promessas não cumpridas, tem uns e outros que tentam, justificar o desgoverno, falando em bolsa família! Até parece que as verbas do bolsa família sai do salario dos políticos corruptos1

    Estes valores esdtão saindo do lombo do aposentado!
    Ou seja, ao invés de cumprirem suas promessas de criar bilhões de empregos, para que o pobre ganhe seu próprio sustento e tenha dignidade, estão roubando os aposentados, fazendo cortesia com o chapéu dos outros!

    Continuem votando em canalhas que doaram nossos impostos aos amigos, até a países de primeiro mundo!
    Continue elegendo quem vai investir seus impostos em Cuba!
    Depois digam com a maior cara deslavada que não tem verbas para educação, não tem verbas para a saúde, não tem para a segurança!]

    Já que toquei neste assunto daqui a pouco vai aparecer um dizendo que no Nordeste não falta aguá, não falta médico, não falta escola, e os professores ganham bem!

    E tanto cinismo, ou a ignorância, que nem sei me causa pena ou asco!

  5. Luiz A. F. Ramos disse:

    Tudo a ver com o PIB que não significa nada, segundo a titular incompetente do Palácio do Planalto.

  6. Luiz A. F. Ramos disse:

    Sr Áureo Ramos de Souza. Realmente Pernambuco está com um desenvolvimento fora dos padrões nacionais. O motivo? O metalúrgico nove-dedos DERRAMOU dinheiro no seu Estado natal, em detrimento aos demais Estados. Quando caírem na real, voltará ao que era antes.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *