Início » Brasil » ONU diz ser ‘inaceitável’ resposta do Brasil ao desastre em Mariana
LAMA TÓXICA

ONU diz ser ‘inaceitável’ resposta do Brasil ao desastre em Mariana

Relatório da ONU tece duras críticas à forma como governo, Vale e BHP Billiton vem tratando a catástrofe ambiental

ONU diz ser ‘inaceitável’ resposta do Brasil ao desastre em Mariana
‘Nunca houve uma solução eficaz para as vítimas’, diz o relatório (Foto: Rogério Alves/TV Senado)

Um comunicado da ONU divulgado na última quarta-feira, 25, tece duras críticas à forma como o governo brasileiro, a Vale e a BHP Billiton vêm tratando a catástrofe ambiental gerada pelo rompimento de duas barragens em Mariana (MG) controladas pela Samarco, uma joint venture das mineradoras.

Leia mais: Vale é acusada de crimes ambientais em Nova Lima (MG)
Leia mais: Multas brandas estimulam a não prevenção de danos ambientais
Leia mais: Gastos com o desastre em Mariana podem chegar a R$ 14 bilhões

Assinado pelo relator especial do órgão para assuntos de Direitos Humanos e Meio Ambiente, John Knox, e pelo relator para Direitos Humanos e Substâncias Tóxicas, Baskut Tuncak, o documento critica a demora na divulgação dos riscos da lama tóxica.

“É inaceitável que tenha demorado três semanas para que informações sobre os riscos tóxicos da catástrofe da mina tenham vindo à tona”, diz o texto. Os relatores do órgão ressaltam que “as autoridades brasileiras devem avaliar se as leis do Brasil para a mineração são consistentes com os padrões internacionais de direitos humanos, incluindo o direito à informação”.

O comunicado também critica a postura dos envolvidos ao fazer da responsabilidade pelo desastre um “jogo de empurra”, afirmando que “este não é o momento para uma postura defensiva”.

O texto finaliza afirmando que as medidas tomadas para remediar o desastre são insuficientes. “Nunca houve uma solução eficaz para as vítimas cujos entes queridos e fontes de sustento agora repousam sob os restos da onda de resíduos tóxicos, nem para o meio ambiente, que sofreu um dano irreparável.” Os relatores lembram ainda que “a prevenção de danos deve estar no centro da abordagem de negócios, cujas atividades envolvam substâncias e resíduos perigosos”.

Governo rebate as críticas

Em resposta ao comunicado, o Planalto divulgou em seu portal na internet um conjunto de informações sobre as ações que o governo vem tomando para remediar o impacto da tragédia. Entre as medidas citadas está o monitoramento 24h do Rio Doce feito pelo Serviço Geológico Brasileiro, o adiantamento do saque do Bolsa Família para as mais de 3,6 mil famílias de Mariana inscritas no programa e medidas estaduais e federais para garantir o abastecimento de água às cidades afetadas.

Segundo informações divulgadas pela BBC, o Planalto pretende entrar em contato com a ONU para esclarecer seis pontos do comunicado referentes ao “atendimento emergencial, abastecimento de água, monitoramento do Rio Doce, multas à Samarco, recuperação do Rio Doce, e força-tarefa para salvar animais ameaçados”.

Fontes:
United Nations Human Rights-Brazilian mine disaster: “This is not the time for defensive posturing” – UN rights experts
Blog do Planalto-Governo está presente na ajuda a MG e ES desde o primeiro momento, dizem ministros
BBC-Governo rebate críticas da ONU sobre resposta 'inaceitável' à tragédia em Mariana

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

15 Opiniões

  1. Vera Lucia da Paixao disse:

    Temos que acordar; esses tipo de desastres sao previsíveis !!!
    ATÉ QUANDO ????????

  2. Ana disse:

    Apenas isso o Governo está fazendo em pró das vítimas ?
    Desculpa , mas não é suficiente , monitorar o rio 24 horas e adiantar o bolsa família não é o suficiente .
    A ONU está mais que certa , te que rever sim se as leis do Brasil para a mineração são consistentes com os padrões internacionais de direitos humanos. E esse jogo de impura e impura está acontecendo sim ! O Governo Brasileiro te que aplicar uma multar milionária aos envolvidos e usar o dinheiro para reconstruir Mariana . Os 14 trilhões vai ser tirado dos cofres públicos e como o nosso país e o país mais corrupto do mundo , vai ter lavagem de dinheiro de sempre acontece.
    Até quando os políticos do Brasil vai nos roubar ? Até quando a População Brasileira vai aceitar isso ?

  3. Digelza Sampaio dos santos disse:

    E eles não sabem da missa a metade. Será que ignoram que infelizmente o Brasil é movido a corrupção todo dinheiro que vai para ajudar seja do governo ou das pessoas solidárias a metade vai para os bolsos dos políticos corruptos?????

  4. Digelza Sampaio dos santos disse:

    Será que na ONU não sabem que o Brasil é movido a corrupçao é culpa não é só da mineradora. É do governo que não fiscaliza nada, nem rios nem coisa nenhuma. Quando vejo o que outros países fazem
    para conservar os rios que servem para passeio de barco, que é
    a alegria dos turistas também, eu fico envergonhada, não de ser
    brasileira, mas dos governantes de nosso País tão grande e tão bonito. Aqui nada é conservado e sim destruído.Dinheiro entra muito pois pagamos muitos impostos, mas vai para o bolso dos
    políticos corruptos. Estamos em um mar de lama.

  5. jaqueline disse:

    Concordo em nume e grau com comentario da Dilgezia. Governo inescrupuloso, ladrão…gostaria de uma intervenção em nosso país.

  6. jaqueline salgado disse:

    Faço das palavras da Dizelda, as minhas e mais: gostaria que houvesse uma intervenção em nosso país.

  7. joao novaes disse:

    Estamos entregues à própria sorte.
    As autoridades não demonstram qualquer zelo com os moradores das áreas afetadas.
    Percebo que há mais preocupação em tentar passar a ideia de que as coisas não são tão ruins quanto parece.
    Tente atravessar a ponte que dá acesso à Ilha dos Araújos em Governador Valadares e não olhar para o leito que outrora existia um RIO.
    QUE PESADELO MEU DEUS!
    Por coisas bem menores e insignificantes, fazendeiros são considerados os monstros destruidores da natureza.

  8. Jesiel disse:

    O Brasil é movido a corrupção! O povo brasileiro sofre a muitos anos e principalmente nos últimos doze anos com o descaso, a morosidade, altos impostos, dinheiro público tratado como dinheiro de ninguém. O povo do Brasil chegou ao pasci do desgosto, da descrença, do descaso em todos os órgãos municipais e federais. O Brasil está sobre o domínio de facções criminosas que não estão preocupadas com o país, com o mundo é sim em brigas oportunistas pelo enriquecimento ilícito. Nossos rios nossas florestas, nossos animais silvestres estão sendo massacrados por políticas de desrespeito. Nossos rios noventa por cento estão poluídos ou totalmente poluídos, nossas florestas que deveriam ser protegidas como um patrimônio da umanidade estão sendo devastadas por grileiros e bandidos que querem só dinheiro e não pensam no futuro. Este acidente ocorrido com a lama que são os próprios políticos é o prova do descaso deste país com um povo hospitaleiro, alegre um povo daz.

  9. Tati Belleza disse:

    O mundo já tem um interesse enorme na Amazônia e pra mim o motivo que eles precisavam pra “defender” o bio-sistema das nossas florestas foi dado. Parabéns “Brasel” por mais essa brecha.

  10. DANIELA DE FARIAS E SILVA disse:

    Eu tenho certeza de uma coisa….
    O serviço de geologia do brasil deve ser composto por pessoas que de “nada” sabem……
    e que várias pessoas competentes estão desempregadas.

  11. Cely Mendes de Lira disse:

    Infelizmente

  12. Antonio Freitas disse:

    Os empresários destrói a natureza ai as pessoas pobres que acaba sofrendo as consequências a natureza começou acobar tudo q foi tirado dela.estam destruindo os rios fazendo dos rios um meio de ganhar dinheiro mas acaba perdendo muito mas q e a vida pq tudo q refere a natureza e vida dis q existe lei ambiental pra proteger anatureza mas a lei si vende por ciquenta centavo somo nos. Q acaba sofrendo as consequências

  13. suzmar disse:

    Isso é Brasil, meu povo.

  14. antonio tadeu pereira disse:

    nossos governantes punem os pequenos e exaltao os grandes que apessar de causar destruiçao e transtorao aindao passao por vitimas do acaso ,e bem a cara deles , so descaso e desprezo aos menos favorecido , as providencias teria sido tomado rapido se fosse o ocorrido la no planalto bem que a samarco deveria instalar uma barragem la com os mesmos criterios usados em mariana , quem sabe assim resolvese os nossos problemas

  15. Oliveira Pardal disse:

    PROTEGER AS PEDALADAS, O PETROLÃO, FALCATRUAS, COMPRAR BLINDAGEM DE OUTROS DO MESMO BANDO SÃO BEM MAIS IMPORTANTES PARA OS GOVERNANTES BRASILEIROS DO QUE TOMAR PROVIDENCIAS PARA AS VIDAS DAS PESSOAS VITIMAS DO DESASTRE DE MARIANA! ENTÃO SE A ONU ESTA VENDO ISSO É BOM TOMAR PROVIDENCIAS, POIS O DIREITO A PESSOA, A VIDA, A DEMOCRACIA ESTÃO SENDO VIOLADOS… ENTÃO LEGALMENTE ABRE PRECEDENTES PARA A ONU E PAÍSES QUE DEFENDE O INTERESSE DOS DIREITOS HUMANOS PRESSIONAR OS GOVERNANTES BRASILEIROS UMA VEZ PROMOVEM ATENTADOS POR OMISSÃO AOS DIREITOS HUMANOS NO BRASIL!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *