Início » Brasil » Operação Bullish investiga fraudes em empréstimos no BNDES
INVESTIGAÇÃO

Operação Bullish investiga fraudes em empréstimos no BNDES

O prejuízo aos cofres públicos seria de R$ 1,2 bilhão

Operação Bullish investiga fraudes em empréstimos no BNDES
Os aportes foram feitos depois da contratação de empresa de consultoria ligada a um parlamentar à época (Foto: Wikimedia)

Nesta sexta-feira, 12, a Polícia Federal deflagrou a Operação Bullish, que investiga fraudes em aportes concedidos pelo BNDES à JBS por meio da subsidiária BNDESPar, que é uma empresa do ramo de proteína animal.

Os aportes realizados a partir de junho de 2007 tinham como objetivo a aquisição de empresas também do ramo de frigoríficos no valor total de R$ 8,1 bilhões.

Os aportes foram feitos depois da contratação de empresa de consultoria ligada a um parlamentar à época. Segundo o jornal Globo, o parlamentar seria Antonio Palocci, que está preso em Curitiba. A suspeita surgiu porque as operações tiveram tramitação recorde. Além disso, as tramitações foram feitas sem a exigência de garantias e com a dispensa indevida de prêmio contratualmente previsto. Isso gerou um prejuízo de R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos.

Na operação, há 37 mandados de condução coercitiva e 20 mandados de busca e apreensão. Entre os alvos dos mandados estão Luciano Coutinho, que presidiu o banco de fomento entre 2007 e 2016, e os irmãos Joesley e Wesley Batista, que estão à frente das empresas do grupo. Como Joesley e mais quatro investigados estão em viagem ao exterior, a Polícia Federal está monitorando os suspeitos.

Fontes:
O Globo-Polícia Federal investiga fraude em aportes do BNDES à JBS
Polícia Federal-Operação Bullish investiga fraudes em empréstimos no BNDES

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *