Início » Brasil » Operação da PF mira Eunício Oliveira
PRESIDENTE DO SENADO

Operação da PF mira Eunício Oliveira

Operação apura denúncia de pagamentos indevidos ao presidente do Senado em troca de medidas de interesse do grupo Hypermarcas

Operação da PF mira Eunício Oliveira
Cerca de 40 policiais federais cumprem os mandados que não incluem ordem de prisão (Foto: Flickr/André Gustavo Stumpf)

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 10, a Operação Tira Teima. Trata-se de um desdobramento da Operação Lava Jato, que investiga supostos pagamentos indevidos por parte do grupo empresarial do ramo farmacêutico Hypermarcas (que desde fevereiro passou a se chamar Hypera Pharma) ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), em troca de benefícios em medidas de interesse do grupo.

A operação foi autorizada pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que expediu oito mandados de busca e apreensão em São Paulo (SP), Goiânia (GO) e Fortaleza (CE). Os mandados estão sendo cumpridos por cerca de 40 agentes da PF. Os mandados visam obter documentos e outros elementos que ajudem na investigação.

A investigação tem como base uma denúncia do ex-diretor de relações institucionais da Hypermarcas, Nelson Melo, um dos delatores da Operação Lava Jato. Melo afirmou ter repassado R$ 5 milhões para a campanha de Eunício Oliveira ao governo do Ceará nas eleições de 2014. Segundo a denúncia, os valores foram repassados por meio de contratos fictícios.

Fontes:
G1-PF cumpre mandados da Lava Jato autorizados pelo ministro Edson Fachin
Jornal do Brasil-Operação da PF mira em aliados de Eunício

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Áureo Ramos de souza disse:

    Eu gostaria se possível alguém dissesse esta Político é honesto ou não se encontra em nenhum destes roubos.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *