Início » Brasil » Operação Lava Jato investiga empresa de José Dirceu
Reincidente

Operação Lava Jato investiga empresa de José Dirceu

Segunda a investigação, empresa do ex-ministro recebeu aproximadamente R$ 4 milhões de três empreiteiras envolvidas nos escândalos da Petrobras

Operação Lava Jato investiga empresa de José Dirceu
Dirceu cumpre prisão domiciliar por seu envolvimento no escândalo do mensalão (Foto; Reprodução/Internet)

A JD Consultoria, empresa do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, está sendo investigada na Operação Lava Jato. Na última quinta-feira, 22, a Justiça quebrou o sigilo fiscal e bancário da JD após obter documentos indicando que ela recebeu aproximadamente R$ 4 milhões das empreiteiras envolvidas nos escândalos de corrupção da Petrobras. Entre as construtoras que enviaram recursos estão a Galvão Engenharia, UTC e OAS, que tiveram seus diretores presos no fim de 2014.

Leia mais: Empresas citadas na Operação Lava Jato doaram R$ 24,3 mi a políticos
Leia mais: Veja as principais obras públicas realizadas por empresas denunciadas no Lava Jato
Leia mais: Ministério Público denuncia 35 suspeitos na Operação Lava Jato

A agência de consultoria, que pertence a Dirceu e seu irmão Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, recebeu R$ 2,3 milhões da UTC entre 2012 e 2013, R$ 725 mil da Galvão entre 2009 e 2011 e R$ 720 mil da OAS entre 2010 e 2011. Os documentos da Receita das três empreiteiras mostraram as transferências para a JD.

O objetivo da investigação agora é descobrir se a verba faz parte do esquema de distribuição de propina da Petrobras e se houve outros pagamentos suspeitos. A quebra de sigilos da empresa foi determinada pela 13ª Vara Federal de Curitiba. A juíza Gabriela Hardt conduz o caso.

Durante o período em que a consultora recebeu as verbas, Dirceu não tinha cargos públicos. Ele saiu do ministério da Casa Civil em 2005, após os escândalos do mensalão. Ele teve seu mandato de deputado cassado em dezembro daquele ano. Foi condenado a sete anos e 11 meses por corrupção ativa, no julgamento do mensalão, e começou a cumprir a pena em novembro de 2013. Um ano depois, passou para o regime semiaberto e atualmente cumpre a pena em casa.

A assessoria de imprensa do ex-ministro divulgou uma nota sobre o assunto após a matéria ser exibida pelo Jornal Nacional na última quinta-feira:

“A respeito da reportagem veiculada pelo Jornal Nacional nesta quinta-feira (22), a JDA esclarece que prestou consultoria às empresas UTC, OAS e Galvão Engenharia, conforme contratos, para atuação em mercados externos, sobretudo na América Latina e Europa. A relação comercial com as empresas não guarda qualquer relação com contratos na Petrobras sob investigação na Operação Lava Jato. O ex-ministro José Dirceu está à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos à Justiça”.

Fontes:
O Globo-Condenado no mensalão, José Dirceu é investigado na Operação Lava-Jato

6 Opiniões

  1. helo disse:

    Me esqueci de concordar com Olbe. Tomara o PT se esqueça da Petrobrás.

  2. helo disse:

    Pozzobon contou a trama, o governo trabalhou muito para se tornar poderoso e não sobrou tempo para o país. E não sobrando mais tantos fundos os amigos Bolívia, Venezuela e Equador descartaram o Brasil no empreendimento de petróleo e Cuba prefere flertar com os americanos. Dirceu já está tão rico que deveria controlar a sua fome infinita, viajar menos e encerrar as consultorias. Porém parece que sua natureza não ajuda. Tomara Levy se mantenha.

  3. Áureo Ramos de Souza disse:

    Li a reportagem com muita atenção assim como dos comentários abaixo e como nada tenho mais a dizer, pergunto : E AGORA JOSÉ. A FESTA ACABOU, A LUZ APAGOU, O POVO SUMIU E VOCÊ ESFRIOU. E AGORA JOSÉ. VOCÊ TÁ SEM NOME, ZOMBOU DOS OUTROS, NÃO FAZ MAIS PALESTRAS, E O POVO PROTESTA. E AGORA JOSÉ

  4. Roberto1776 disse:

    O Geisel e o Figueiredo conheciam esta peça e sabiam que isso iria acontecer.
    Nós merecemos conviver com estas pragas petistas e com uma presidenta (ex) terrorista e totalmente incapaz.
    Nós fomos às ruas exigir DIRETAS JÁ.
    Agora temos que aguentar a demolição do Brasil.
    A única solução é embarcar o JD em um voo direto para Indonésia com uma prancha de surf .

  5. Carlos U Pozzobon disse:

    A coisa funcionava assim: a Petrotralha abria uma licitação, os empreiteiros do cartel chamado Clube decidiam quem levava a mamata e a Petrotralha mandava distribuir para a “honorabile societa” as comissões, normalmente focos de aditivos, posto que a fila aumentava de acordo com a agitação no Congresso. Com aditivos que catapultavam os preços de 300 a 1800%, pode-se imaginar que administrar esta gatunagem deve ter exaurido a energia do alto comando petralha a ponto de não sobrar tempo para gerenciar o país. Daí se explica porque tanta incompetência e paralisia do lado de cá.

  6. olbe disse:

    Coitadinho do Dirceu, já estava ensaiando pra voltar…Participante ativo das duas operações, figura de absoluta confiança dos dois últimos governos..e eles vão ficar impunes? E a Graça Foster tem a cara de pau de dizer que “alguns FUNCIONÁRIOS da Petrobras são corruptos”????Nenhum funcionário da Petrobras é corrupto, corrupto são os chefes colocados dentro da Petrobras por indicação do PT. A Petrobras sempre funcionou muito bem , seus funcionários eram requisitados por concurso no brasil inteiro e só os melhores conseguiam este emprego…mas o PT conseguiu destruir este patrimônio..vamos ver se ainda é possível sanar tantos MALFEITOS…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *