Início » Brasil » Operação no Rio mira 96 PMs acusados de receber propina do tráfico
CORRUPÇÃO POLICIAL

Operação no Rio mira 96 PMs acusados de receber propina do tráfico

PMs são denunciados por organização criminosa e corrupção passiva na maior operação contra a corrupção policial já feita no estado

Operação no Rio mira 96 PMs acusados de receber propina do tráfico
Esquema movimentava cerca de R$ 1 milhão por mês (Foto: Alex Ramos/O São Gonçalo)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Polícia Civil e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro deflagraram Nesta quinta-feira, 29, a maior operação de combate à corrupção policial já feita no estado.

Batizada de Operação Calabar, ela tem como alvo PMs acusados de receber propina de traficantes na região de São Gonçalo. No total, 110 delegados e mais de 500 agentes cumprem 96 mandados de prisão preventiva contra PMs, 70 contra pessoas acusadas de tráfico, além de outros criminosos suspeitos de integrarem o esquema.

Os PMs foram denunciados por organização criminosa e corrupção passiva, enquanto os civis foram denunciados por tráfico de drogas e corrupção ativa. Segundo o site G1, dos 184 mandados de prisão preventiva, os agentes já tinham cumprido 46 por volta das 9h40.

O esquema movimentava cerca de R$ 1 milhão por mês. A investigação começou em 2016, depois da prisão de um homem flagrado com dinheiro de comunidades de São Gonçalo que seria entregue a PMs. Ao concordar em fazer delação premiada, ele denunciou o esquema, disse nomes e deu telefones dos envolvidos. Após a Justiça decretar quebra de sigilo telefônico dos policiais, mais de 250 mil ligações foram interceptadas.

Todos os policiais acusados eram do Batalhão de São Gonçalo (7° BPM), entre julho de 2014 e dezembro de 2016. Segundo a investigação, além de receberem a propina, chamada de “arrego”, os PMs ofereciam serviços aos traficantes como escolta e aluguel de armas.

Fontes:
O Globo-Operação Calabar mira 96 PMs acusados de receber propina do tráfico
G1-Polícia Civil do RJ deflagra megaoperação para prender 96 PMs e 70 traficantes
O São Gonçalo-Polícia Civil realiza megaoperação contra corrupção policial na PM
Agência Brasil-Operação Calabar: mais de 90 PMs são acusados de envolvimento com o tráfico

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Natanael Ferraz disse:

    É claro que o tráfico no RJ tem parceria com policiais, mas não são só os militares. Interessante um delegado chamar os militares de “laranjas podres”. Pródigo na adjetivação, o delegado deve saber que a Civil também é uma quitanda.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *