Início » Brasil » Os apartamentos de luxo da União
Coluna Esplanada

Os apartamentos de luxo da União

Governo coloca à venda 20 imóveis em sete Estados, cotados em R$94,8 milhões

Os apartamentos de luxo da União
Governo Dilma põe à venda primeiro lote de imóveis (Foto: Wilson Dias/ABr)

A União vai oferecer a partir de segunda-feira o melhor de sua carteira de imóveis ao mercado. A portaria 351 do Ministério do Planejamento, do fim de agosto, colocou à venda 20 imóveis em sete Estados. São apartamentos e casas desocupados, e chamam a atenção os de luxo no Rio de Janeiro e Recife. No Rio, são sete imóveis entre a Barra e Zona Sul, avaliados em R$ 49,3 milhões. Destacam-se dois em Ipanema (R$ 3,5 milhões, cada), um prédio inteiro no Cosme Velho (R$ 32 milhões) e o maior mistério de todos: uma cobertura duplex na Barra, avaliada em R$ 7 milhões.

Beira mar

No Recife, são dois apartamentos na praia de Boa Viagem, um avaliado em R$ 1 milhão, e outro em R$ 600 mil.

Acabou a festa

Há um hotel (R$ 4 milhões) à beira de rodovia na cidade de Paulo de Frontin, no interior do Rio. Trata-se na verdade do clube da associação de servidores da União.

Pechincha

Este primeiro lote de imóveis à venda está cotado em R$ 94,8 milhões. Mas com essa crise, revela fonte do Planalto, se o governo conseguir 80% desse valor já é lucro.

Sem detalhes

A assessoria do Planejamento não informou quem ocupa os imóveis e quando foram comprados e para quê.

Proclamação do PMDB

O vice-presidente Michel Temer marcou o Congresso Nacional do PMDB para dia 15 de novembro. Uma data proposital – trata-se do dia da Proclamação da República. Será o grito de independência na gestão Dilma, quando Temer vai liberar o partido para anunciar a pré-candidatura ao Planalto em 2018. Ele é o cotado. Eduardo Paes, idem.

Dada a largada

Presidente da Central dos Sindicatos do Brasil, Antonio Neto, muito ligado a Temer, vai entregar ao vice, a pedido, documento com reivindicações de várias categorias do Brasil. Será incorporado ao futuro programa de Governo do PMDB.

 

Festa no PDT

Carlos Lupi, presidente do PDT, faz festa para filiação de Ciro e Cid Gomes na quarta-feira. Ciro será alçado a pré-candidato do partido, mesmo com Manoel Dias ainda ministro do Trabalho. Ciro e Cid ainda levam para a legenda o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e 12 deputados estaduais.

Limpa no balcão

A Caixa tem mais de 20 funcionários envolvidos na fraude dos bilhetes falsos de loterias. Questionado, o banco não se pronunciou.

Licença poética

Em sua festa na quinta, Ferreira Gular soltou o verbo contra o PT. Disse que o melhor presente aos 85 seria não ouvir mais a palavra ‘presidenta’. ‘O certo é presidente’.

Orgulho do titio

O ex-presidente Lula repetia para seus deputados para que evitassem convocações de seu primogênito e do sobrinho. Deu em nada. O sobrinho Taiguara, um pobre que da noite para o dia se tornou empreiteiro em Angola, foi convocado para a CPI do BNDES.

Cadê o dinheiro?

O federal Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) cobrou formalmente o Conselho Federal de Enfermagem que processe criminalmente ex-gestor sentenciado e preso, acusado de desvios de milhões de reais na entidade. E que os valores sejam ressarcidos.

Turma do jaleco

O MP do Trabalho e a AGU foram acionados e indicaram responsabilidades nos desvios no Cofen. O ex-dirigente Gilberto Linhares, após hospedagem em Bangu I, cumpre regime domiciliar. O atual dirigente, o comunista Manoel Neri (Rondônia) é cobrado.

Cartão Vermelho?

O deputado federal Marcus Vicente (PP-ES) consultou a CCJ sobre possibilidade de ocupar a presidência da CBF mesmo em mandato parlamentar. Ele é um dos vices de Del Nero, que pode estar de saída ou iminente licença, na mira do FBI.

Esqueceram de mim

Aliás, ninguém mais cita ou se lembra de José Maria Marin, preso há meses na Suíça. Ele está vivo, embora não muito bem de saúde. E Del Nero não põe o pé fora do Brasil.

Ponto Final

“Dizer que a adoção de decretos representa uma violação é um artifício para criar instabilidade jurídica no País”

Luís Inácio Adams, Advogado Geral da União, na entrega da defesa final ao TCU contra as chamadas ‘Pedaladas fiscais’

 

Com Equipe DF, SP e Nordeste

3 Opiniões

  1. eeveraldo Uzeda Rodrigus da Costa disse:

    Uma desarrumação institucional que não tem tamanho.

    Continuamos deitados em “berço explêndido”.

    Será “eternamente”?
    E eu aqui pobre leitor, eleitor, fico me perguntando: Quem comprou, que usou e quem estava ou esta usando toda essa fortuna comprada com nosso dinheiro e Markut quem continua deitado em Berço Esplendido ainda são eles, estamos longe e muito deste BERÇO

  2. Áureo Ramos de Souza disse:

    E eu aqui pobre leitor, eleitor, fico me perguntando: Quem comprou, que usou e quem estava ou esta usando toda essa fortuna comprada com nosso dinheiro e Markut quem continua deitado em Berço Esplendido ainda são eles, estamos longe e muito deste BERÇO

  3. Markut disse:

    Uma desarrumação institucional que não tem tamanho.

    Continuamos deitados em “berço explêndido”.

    Será “eternamente”?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *