Início » Brasil » A ‘tempestade perfeita’ que está por vir
governo Dilma

A ‘tempestade perfeita’ que está por vir

Em entrevista à 'Folha', cientista político afirma que recessão, fragilidade da base aliada, corrupção e insatisfação popular formam a tempestade perfeita que vai minar o governo de Dilma Rousseff

A ‘tempestade perfeita’ que está por vir
Para cientista político, o pior da crise ainda está por vir (Foto: Reprodução/Internet)

O jornal Folha traz nesta segunda-feira, 23, uma entrevista com o cientista politico Marcus Melo, professor da Universidade de Pernambuco, na qual ele define a atual conjuntura política no Brasil como uma “tempestade perfeita”, capaz de enfraquecer o Poder Executivo como nunca antes na história do país.

Segundo o professor, somados, as políticas de austeridade geradoras de desemprego, os escândalos de corrupção envolvendo membros do PT, a principal estatal e empreiteiras do país, e futuras manifestações de rua levarão à dissolução da governabilidade de Dilma. Para ele, os efeitos mais importantes desta crise ainda estão por vir. Ele cita os protestos pró-impeachment marcados para o próximo dia 15 em todo o país.

O professor lembra que o governo perdeu o controle político das duas casas no Congresso. O principal partido aliado do governo, o PMDB, tornou-se quase um adversário. Dilma está cada vez mais isolada. “Dilma não opera sua coalizão. E tem dificuldades em partilhar e delegar decisões”, disse Melo na entrevista.

Melo faz uma previsão pessimista, afirmando que não há a menor chance de acontecer qualquer tipo de reforma macro ou microeconômica, e que a presidente e seu ministro da Fazenda devem apenas gerir a austeridade, algo que considera politicamente conturbado.

“Esta é uma recessão que veio para ficar, em um cenário de muita insatisfação. Nesse contexto, Dilma pode abdicar de seu poder presidencial. Pendura as chuteiras e faz uma política econômica de ajustes aqui e ali, se mantendo em uma espécie de pântano”.

Fontes:
Folha - Tempestade perfeita ameaça o governo Dilma

4 Opiniões

  1. Beraldo Dabés Filho disse:

    Abléptico? Quanta intelectualidade! Nem em consultórios de oftalmologia havia ouvido ou visto a bela palavrinha. Papinho furado pra impressionar trouxa. Pertinente ao chororô bissexto, ou seja, que ocorre a cada quatro anos, quando o PT ganha uma eleição presidencial e a oposiçãozinha incompetente entra em depressão. Por deprimentes, meus comentários podem levar deprimidos à bipolaridade. Boa saúde exige certos cuidados…

  2. Beraldo Dabés Filho disse:

    Ave de mau agouro! Professor da Universidade de Pernambuco? Grande coisa! Especialista em agradar a oposiçãozinha incompetente fala e escreve para os ouvidos e olhos da própria.Genial!

  3. willians rodrigues gomes disse:

    Caro Beraldo Dabés Filho, em que mundo o Sr. vive?
    Seus comentários continuam deprimentes.
    Qual parte lhe cabe do latifúndio abléptico petista?

  4. Beraldo Dabés Filho disse:

    E sobre o Carlinhos Cachoeira, manda-chuva da Veja, irmãzinha predileta da Folha, nenhuma notícia? O cara tá condenado a 49 anos de cadeia e sumiu da mídia. Nenhuma notícia ou profecia apocalíptica? Vá se lixar noutra freguesia Sr. Marcus Melo sei lá das quantas. Vá depositar suas pragas no túmulo do Garrastazu, sua ave de mal agouro!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *