Início » Brasil » Ou Dilma salva Graça, ou salva a Petrobras. Ambas não dá
Escândalo na Petrobras

Ou Dilma salva Graça, ou salva a Petrobras. Ambas não dá

A alternativa que resta para Dilma é exonerá-la o quanto antes ou impor ao Brasil um prejuízo de bilhões e bilhões de dólares

Ou Dilma salva Graça, ou salva a Petrobras. Ambas não dá
Graça está além de qualquer possibilidade (não catastrófica) de salvação (Reprodução/Internet)

Não precisaremos esperar até janeiro de 2016 para assistirmos ao Missão Impossível 5, ainda em fase de produção. Algo bem parecido, só que mais inverossímil ainda, acaba de ser visto no Brasil.

Foi no café da manhã no Palácio do Planalto desta segunda-feira, quando a presidenta Dilma Rousseff mostrou acreditar que ainda seja possível salvar a chefona da Petrobras, Graças Foster, ao afirmar que sua demissão “não é necessária”.

Foi algo tão estapafúrdio como se o comandante do Titanic, depois do navio chocar-se com o iceberg, tivesse dito que a retirada dos passageiros era dispensável.

Só nos vossos sonhos, presidenta. No mundo real, trata-se do primeiro e fundamental passo para o governo deter o derretimento da Petrobras. Esta ficha já deveria ter caído para V. Exa. há muito tempo.

Herança maldita

Tanto que, nesta altura do campeonato, não tem mais a menor importância a honestidade ou não da vossa protegida. Podemos até admitir que ela deixou de tomar as providências indispensáveis contra a corrupção explícita na estatal porque havia obstáculos políticos intransponíveis, do tipo “herança maldita”.

E daí? O certo é que se conformou com uma situação inaceitável e o elástico, de tanto ser esticado, arrebentou na cara dela. Agora, Graça está além de qualquer possibilidade (não catastrófica) de salvação.

Ou seja, a alternativa que resta para Dilma é exonerá-la o quanto antes ou impor ao Brasil um prejuízo de bilhões e bilhões de dólares, pois a Petrobras perde valor de mercado a cada dia que passa.

Os investidores só acreditarão que há chance de recuperação se a direção for mudada; caso contrário, a sangria continuará até o mais amargo fim. É simples assim.

 

 

* Celso Lungaretti é jornalista e titular do blog Náufrago da Utopia

13 Opiniões

  1. jovelino bispo vieira disse:

    A depredacao da petrobraz sera o legado.do.PT, aquela que ja foi sinonimo.de orgulho para o Brasil hoje se mostra como uma vergonha nacional e internacional, Graca Foster parece que aprendeu bem o velho discurso do ” eu nao sabia de nada” , como se nao bastasse a roubalheira ainda tem a notoria incopetencia em lidar com dinheiro publico,foi aprovada a PLN 36 que acaba com a lei de responsabilidade fiscal , isso pra ANTA da Dilma nao ser enquadrada por ela, outro “legado” do pt , um rombo nas contas publicas , querem outro legado petista? a volta da inflacao que pode se tornar ( se nada for feito ) a lendaria HIPERINFLACAO, sera que o “torcedor” do PTralhas F.C. vao dispertar desse fanatismo.imbecil quando as contas do prejuizo chegar aos bolsos do povo?

  2. Beraldo Dabés Filho disse:

    Desnecessária qualquer pesquisa para saber que a Petrobrás está entre as maiores empresa do mundo. Não obstante, pesquisas divulgadas na internet. mostram a Petrobrás como a 12ª maior do Mundo até o início de 2014 e hoje, “numa jogada de mercado do capital especulativo internacional” , caiu para a 120ª posição, o que mesmo assim não a retira da lista das maiores do Mundo. Por outro lado, não acreditar no Pré-Sal é comparável ao ceticismo do meu vizinho de 96 anos, que não acredita na chegada do Homem à Lua em 1969.

  3. Apolonio Prestes disse:

    Engraçada a patriotada ufanista do leitor Dabés. A Petrobrás não é nem nunca foi uma das maiores empresas do mundo. E suas reservas de petróleo são mixurucas, mesmo se acreditarmos na mentira do pré-sal, jogada eleitoral de Lula.

  4. Beraldo Dabés Filho disse:

    A Petrobrás nunca deixou de ser, muito menos agora, uma das maiores empresas do mundo. Continua intacta, com a mesma estrutura, a mesma tecnologia, a mesma capacidade de produção e com as mesmas mega reservas de petróleo. . A queda do valor das suas ações é fruto do oportunismo do capital especulativo internacional, sob a justificativa midiaticamente planejada das denúncias de gastos super faturados em grandes contratos com grandes empreiteiras. As ações na justiça americana, obviamente também planejadas, formam o necessário pano de fundo da armação. Grotesco jogo de mercado: os mesmos autores desta jogada aplicarão tudo o que puderem nas ações da Petrobrás e, brevemente, estarão com as “burras” totalmente cheias. Não só eles, mas todos que tiverem dinheiro (grana, bufunfa, cascalho, café no bule) farão mesmo.Coisa para quem pode… A conferir!

  5. Ludwig Von Drake disse:

    A teimosia de Madame Mim em manter a Maga Patalógica cuidando o caldeirão sugere que a relação entre ambas é mais afetiva do que profissional.

  6. Marluizo Pires Cruz disse:

    Diante de tantos exemplos de malfeitos e escândalos de corrupção no país, considerando a teoria da seleção natural de Charles Darwin. Em relação à evolução do comportamento ético social das pessoas no Brasil, parece mesmo estar prevalecendo entre as pessoas à evolução da cultura de usurpação dos bens alheio e da colônia capitaneados pelas autoridades incoerentes, colonizadores e degradados aportados aqui no país aonde desde a época do descobrimento vem esbulhando o Brasil.

  7. Apolonio Prestes disse:

    Tem de dar uma vassoura pra essa bruxa. Ela pega e sai voando e não volta.

  8. helo disse:

    Ao manter Graças, Dilma deixa claro que para os amigos tudo, para a Petrobrás e o Brasil nada. Belo presente de natal. Graças pode ser uma santa mas precisa sair da Petrobrás. Sem esse movimento a empresa naufragará em áreas mais profundas que o pré-sal

  9. Áureo Ramos de Souza disse:

    Graça Foster sabe muito e se for exonerada por Dilma do cargo pode abrir o BICO e a mXXXX vira boné

  10. DJALMA P BENTES disse:

    Joma e Roberto, ainda acredito na possibilidade de recuperação da Petrobras. Os funcionários da empresa fazerem URGENTEMENTE as denúncias. Agora. Será um belo presente natalino ao povo brasileiro. Mudar e colocar na cadeia essa curriola toda, pois quando a Justiça Americana resolver a parada, TODOS os investidores irão pedir e receber suas devidas indenizações e aí será o fim melancólico da empresa. Há ainda a provável possibilidade de acordos lá no US. E a Justiça Brasileira, ora a Justiça brasileira……

  11. Henrique Meyer de Azevedo disse:

    Cada povo tem o governo que merece, nós brasileiros pusermos essa ANTA como presidenta.

  12. Roberto1776 disse:

    Há malas que vem de trem.
    Se a falência é o único de modo de nos livrarmos dessa excrescência estatal que venha a falência. Só então poderemos criar uma empresa nacional sem interferência do governo de plantão.
    ESTATAIS NUNCA MAIS!
    Fora com esse entulho getulista!

  13. Joma Bastos disse:

    Salvar a Petrobrás, não é possível!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *