Início » Brasil » Paciente com suspeita de ebola está no Rio de Janeiro
Ebola no Brasil

Paciente com suspeita de ebola está no Rio de Janeiro

Após exames, possibilidade de malária foi descartada. Diagnóstico de ebola deve sair em menos de 24 horas

Paciente com suspeita de ebola está no Rio de Janeiro
Primeiro caso de suspeita de ebola foi registrado no Paraná. Agentes de saúde preparam ambulância para transferir paciente (Reprodução/Internet)

Um paciente com suspeita de ebola vindo da Guiné, na África, foi transferido da cidade de Cascavel, no Paraná, para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira, 10, e chegou à cidade por volta de 6h50. Este é o primeiro caso de suspeita da doença no Brasil.

Leia mais: Expansão do ebola pela Europa é inevitável, diz OMS

Inicialmente, os especialistas também cogitam ser um caso de malária ou dengue hemorrágica, já que os sintomas são semelhantes, contudo, a testagem de malária já foi feita e está descartada.

Souleymane Bah, 47, apresentou sintoma de febre alta e estava internado e isolado na Unidade de Pronto Atendimento do bairro de Brasília, em Cascavel. O guineano chegou ao país pela Argentina e pediu refúgio em 23 de setembro no posto da Polícia Federal, em Dionísio Cerqueira, em Santa Catarina.

Transferência para o Rio

A transferência para o Rio de Janeiro exigiu cumprir medidas de segurança, como o uso de roupas especiais para evitar possível contaminação. O paciente recebeu roupas com este fim e os pilotos do avião também. No Rio de Janeiro, uma equipe da Agência Nacional de Vigilância Sanitária faria a desinfecção do avião no aeroporto do Galeão.

Monitoramento no Paraná

O Ministério da Saúde enviou ao Paraná dois médicos infectologistas nesta quinta, a fim de avaliar as pessoas que tiveram em contato com o homem suspeito de ter contraído a doença. Foram identificadas 64 pessoas que tiveram algum tipo de contato com o guineense, sendo 60 delas na UPA de Cascavel e três que tiveram contato direto com o paciente.

Dois casais hospedados na mesma residência em que o homem estava também estão sendo monitorados. Todas essas pessoas são consideradas de baixo risco, mas serão submetidas ao monitoramento de temperatura uma vez por dia durante 21 dias.

Sob controle

Ao comentar o primeiro caso suspeito de ebola no Brasil, registrado no município de Cascavel (PR), o ministro da Saúde, Arthur Chioro, disse nesta sexta-feira, 10, que a situação está sob controle.

“Todos os procedimentos realizados foram feitos em um tempo-resposta extremamente adequado e em cumprimento a todo os requisitos de protocolo”, afirmou o ministro.

Resultado em 24 horas

O exame de sangue que irá confirmar a infecção pelo vírus foi colhido na Fiocruz e  encaminhado para o laboratório Evandro Chagas, no Pará, unidade de saúde pública referência internacional em febre hemorrágica. Segundo o ministério da saúde, o resultado deve sair em menos de 24 horas. Caso positivo terá de ser confirmado em 48 horas.

A transmissão do ebola ocorre por animais infectados ou que atuem como vetores, por contato com fluidos de pessoas que apresentem sintomas da doença ou com corpos contaminados.

Fontes:
Folha de S. Paulo - Paciente com suspeita de ebola é transferido para o Rio de Janeiro
O Globo-Sessenta e quatro pessoas tiveram contato com suspeito de ebola
Agência Brasil-Situação está sob controle, diz ministro sobre caso suspeito de ebola no Brasil

4 Opiniões

  1. Bárbara Praseres disse:

    Complicado, nossa saúde já não é boa e se houver uma epidemia estamos “mortos”.
    Só um milagre para nos proteger.

  2. helo disse:

    Roberto, Há controle brasileiro nas fronteiras? Nesse governo da Dilma não há.

  3. PC disse:

    É a peste negra do seculo 21

  4. Roberto1776 disse:

    Quem foi o funcionário público irresponsável que permitiu a entrada de pessoa proveniente da África no Brasil em pleno surto de Ebola na África?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *