Início » Brasil » Paulo Preto fez depósitos em contas na Suíça na gestão de Serra
INVESTIGAÇÃO

Paulo Preto fez depósitos em contas na Suíça na gestão de Serra

Acusado de ser o operador de propina do PSDB em São Paulo, Paulo Preto fez numerosos depósitos em quatro contas na Suíça, entre 2007 e 2009

Paulo Preto fez depósitos em contas na Suíça na gestão de Serra
Paulo Preto foi preso pela Polícia Federal em 6 de abril deste ano (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Acusado por delatores da Odebrecht de ser o operador de propinas do PSDB em obras de infraestrutura em São Paulo, Paulo Vieira de Souza, mais conhecido como Paulo Preto, fez depósitos milionários em contas na Suíça durante a gestão de José Serra (PSDB-SP) como governador do estado. As informações foram divulgadas pela Folha de S. Paulo, com base em um comunicado divulgado pelo Ministério Público da Confederação Suíça.

Segundo o documento, Paulo Preto abriu quatro contas no banco Bordier & Cie, em Genebra, em 24 de maio de 2007, 43 dias após ser nomeado diretor de Engenharia da Dersa, empresa do governo paulista responsável por obras de rodoviárias. O documento aponta que, entre 2007 e 2009, as quatro contas receberam “numerosas entradas de fundos”.

Em 2017, as contas tinham um saldo total de US$ 34,4 milhões (o equivalente a R$ 121 milhões). No entanto, Preto decidiu transferir os valores para contas nas Bahamas. Isso porque, no início daquele ano, ele passou ser investigado por órgãos suíços que combatem lavagem de dinheiro no país e corria o risco de ter todo valor das contas sequestrado pelas autoridades.

Além das quatro contas citadas pelo ministério suíço, Paulo Preto possui outra conta no Bordier & Cie. Ela foi aberta em 1993, junto com uma conta de sua mulher na época. A Receita Federal nunca foi informada por Preto de nenhuma das contas abertas por ele na Suíça.

Paulo Preto foi preso pela Polícia Federal (PF) em 6 de abril deste ano, acusado de ter desviado R$ 7,7 milhões da obra do Rodoanel, em São Paulo. Na semana passada, uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo revelou que, segundo delatores, entre 2008 e 2011, ele recolheu em seis obras da Prefeitura paulista um total de propina estimado em R$ 173 milhões.

 

Leia mais: Paulo Preto é acusado de receber R$ 173 milhões em propina

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Áureo Ramos de souza disse:

    Paulo Preto já preso e aparece mais uma. Paulo Preto tá vendo a coisa preta.

  2. Beraldo disse:

    Sérgio Moro, o Juiz do Brasil, tem carta branca da CIA pra livrar a cara de todos os bandidos do PSDB.

    Serra, Alckmin, Aloysio Nunes, Aécio, Cássio Cunha Lima, Ataídes Oliveira e mais uma meia duzia de centenas, estão todos imunes.

    FHC, o Capo da Propinoprivataria, tá de boa em seu apê em Paris.

    k k k k k k k k k k k k k k k k k k k k k k k k k k k k k k k k

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *