Início » Brasil » PDT sofre pressão para repensar aliança
Coluna Esplanada

PDT sofre pressão para repensar aliança

Presidente nacional do PDT está sendo pressionado por parte de membros do partido a anunciar o rompimento com o Governo Dilma Rousseff

PDT sofre pressão para repensar aliança
Presidente nacional do PDT, Carlos Lupi (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, está sendo pressionado por parte dos deputados e senadores do partido a anunciar o rompimento com o Governo Dilma Rousseff hoje, durante a convenção da legenda no Rio. Ocorre que a outra parte do PDT, que controla o Ministério do Trabalho, é contra. Lupi por ora se mantém neutro, porque apesar de apeado do cargo do primeiro escalão, mantém na Esplanada o aliado Manoel Dias — que tem total independência de gestão. Mas o caso será avaliado a portas fechadas no encontro desta sexta-feira no Diretório Nacional.

Ficha

A votação em peso da bancada contra as MPs 664 e 665, as principais do Ajuste Fiscal, foi recado de que o partido mantém seu compromisso histórico com os direitos.

Mas…

… Também foi recado de que fechou ouvidos para recados de Temer e Mercadante. Ninguém no Palácio falou em retaliação, nem o PDT ministerial recebeu recados.

Troca de clã

Ex-aliado de Anthony Garotinho, o último dos fiéis secretários de sua gestão deixa o clã. Fernando Peregrino se filia hoje ao PDT na convenção no Rio.

Nas mãos de Dilma

Servidores da Infraero denunciaram à Comissão de Ética do Planalto o presidente da estatal, Gustavo do Vale, para que se investigue a viagem dele, paga pela empresa, durante um feriadão para BH.

Plano de voo

A turma do andar de baixo diz que Vale foi a passeio e para torcer pelo Cruzeiro no campeonato Mineiro. A Infraero informa que a trabalho. Mas pelos registros só houve reunião, de vistoria no Aeroporto de Confins, quatro dias depois do desembarque.

Maior mistério

A denúncia foi ‘devolvida’ pela Comissão de Ética da Infraero, porque, de acordo com mensagem da presidente da comissão, pelo Decreto 6.029 o órgão não tem competência ‘para avaliar conduta das autoridades da Alta Administração Federal’.

Lotação da MP

A CBF contratou uma empresa com vans de luxo para transportar cartolas, diretores e atletas que participaram nesta semana da comissão especial da MP dos Clubes.

Mais uma

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Ensino Profissionalizante será lançada na próxima quarta pelas petistas senadora Fátima Bezerra e deputada Maria do Rosário.

Troca no INCA

Luiz Antonio Santini deixou, por questões pessoais, a direção do Instituto Nacional do Câncer. O comunicado foi feito internamente na quarta (13) pela secretária de Atenção à Saúde, do Ministério, Lumena Furtado.

Diagnósticos

Santini será substituído pelo oncologista Reinaldo Rondinelli, queridinho dos servidores. Diz-se nos corredores que ele terá apoio para assinar alterações impopulares. O TCU pressionava Santini a contratar concursados para cargos de médicos e enfermeiros, mas o diretor tinha aval jurídico para manter terceirizados.

Te cuida, Maduro!

O ex-presidente Fernando Henrique se comprometeu com oposicionistas na Venezuela a ver de perto a situação do país nos próximos dias, em viagem acompanhado do ex-presidente do Governo da Espanha Felipe González.

Tá explicado

Circula há meses pelas redes vídeo de tropa de soldados do Exército da Coreia do Norte saltitando felizes e abanando mãos, saudando a chegada do miniditador Kim Jong Un. Obviamente, se dormirem no posto, serão fuzilados com tiro de canhão de bateria antiaérea, como Kim fez esta semana com um general que cochilou em cerimônia.

Volta de Saturnino

O ex-prefeito e ex-senador Saturnino Braga prepara o lançamento de sua autobiografia em Brasília. Num almoço entre amigos, no Rio, lembrou da amizade com duas figuras hoje em alta: Dilma Rousseff, quando secretária de Alceu Colares, e Rollemberg.

Revisitando o Poder

Dilma era compenetrada e de poucas palavras. Hoje governador do DF, Rollemberg, tido como esforçado, atuou como servidor no gabinete do senador nos anos 90.

Ponto Final

A crueldade do miniditador Kim faz o veterano Josef Stálin parecer um amador.

Com Equipe DF, SP e Nordeste

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *