Início » Brasil » Perdas e danos!
Grita Brasil

Perdas e danos!

O que será do governo sem alguém do time deles para aprovar ou não a pauta de votações, aprovar ou não a criação de comissões especiais, inclusive CPIs?

Perdas e danos!
A coluna Grita Brasil é publicada às quintas
Vocês vão ter que me engolir. E eu a vocês. Mas não sou da oposição. E não sou a favor. Sei lá o que eu vou ser (Fonte: Reprodução)

Vocês vão ter que me engolir. E eu a vocês. Mas não sou da oposição. E não sou a favor. Sei lá o que eu vou ser (Fonte: Reprodução)

Com a derrota de Arlindo Chinaglia para Eduardo Cunha, o governo se sente fragilizado, ameaçado e até porque não, derrotado.

No fundo Dilma contava com a eleição de Arlindo para que ela tivesse um governo mais fácil dentro do quadro crítico em que se encontra o país, com a crise da água acirrada pelas chuvas que teimam em não cair, mas também fruto da falta de seriedade dada aos vários estudos feitos anos atrás dizendo que se nada fosse feito de concreto chegaríamos a um ponto em que poderia haver falta de água num país banhado por água. Vai entender. Tente explicar isso para quem mora, por exemplo, em Israel. Um país que pode ter também problemas com a energia cada vez mais cara para nós consumidores, fruto também do descaso dado pelo governo, que está sempre mais preocupado em escolher de onde ele vai roubar dessa vez. Prova disso é que já falam em um novo aumento na tarifa elétrica na casa dos 26% para 2015. Dorme com isso. Aliás, melhor dormir que não gasta luz. Um país que por causa dessas crises todas pode ter decretado de vez o descontrole da inflação que ameaça estourar o teto estabelecido pelo próprio governo. Fora que seria de bom grado que assumissem de uma vez por todas que estamos à beira de uma recessão.

Enfim, o que será do governo sem alguém do time deles para aprovar ou não a pauta de votações, aprovar ou não a criação de comissões especiais, inclusive CPIs? E até aprovar ou não pedidos de impeachment contra a presidente, que podem ser formulados por quaisquer cidadãos, sob quaisquer bases. Essa questão só será respondida ao longo dos dois anos de mandato de Eduardo Cunha. Mas ele já avisou que irá preservar a independência da casa, mas sem fazer oposição ao governo. “Nunca em nenhum momento nós falamos que seríamos oposição e também não falamos que não seremos submissos”, disse Eduardo no discurso de posse. Foi mais como um deixa a vida me levar que torna as justificativas de seus atos mais fáceis de explicar.

Ou seja, bem, ou seja.

Não sei se com isso seria prudente abrir o champanhe, e achar que agora o país vai tomar um novo rumo, mas nada nos impede também de dar aquela comemoradinha discreta, nem que seja com água Perrier. É claro, pois na França não há falta de água.

Pastel de Feira

pastel feira

Uma ação da Petrobras, talvez dependendo da barraca, permite a compra de até dois pasteis (Fonte: Reprodução)

Então, dias atrás saiu no O Globo uma “brincadeira” dizendo o que uma ação da Petrobras compraria hoje. Aí você tem as opções, pois não se iluda que é para comprar essa “cesta básica” do investidor enganado com tudo isso dentro. Sei que é duro, é triste, mas a bola é sua, e agradeça por ainda poder escolher, lembre que é uma ação da Petrobras. As opções são: um pote de Nutella, quatro caixas de lenço de papel, dois abacaxis, um pacote com seis unidades de preservativo (bem representativo), uma garrafa de cerveja espanhola e um terço de madeira (também bem representativo).

Só não entendo porque os investidores brasileiros não seguem o exemplo dos americanos e entram com uma ação na justiça com os mesmos argumentos dos nossos parceiros americanos, de que a Petrobras não informou aos investidores sobre o risco do investimento já que estava rolando na empresa uma série de malfeitos, e que isso poderia derrubar o valor do investimento do cidadão que acreditava que a Petrobras era nossa, que o petróleo era nosso. Ledo engano.

É muito triste ver uma Petrobras assim, entregue à sua própria sorte. Uma empresa que tem o nome do nosso país em seu nome. Uma empresa símbolo, quase como a bandeira, um hino e que foi enxovalhada sem dó nem piedade.

Cada vez que alguém fala vamos descobrindo o valor do rombo…

Dilma, o bicho preguiça!

'Eu... vou... demitir... a... Graça... e... toda... a...diretoria..., mas com calma...

‘Eu… vou… demitir… a… Graça… e… toda… a…diretoria…, mas com calma…

O discurso da (sua) presidente Dilma — sua, porque eu não votei nela e ela com certeza não me representa — não casa com suas ações. Quando ela diz que vai atacar a corrupção, que não vai deixar barato — saiu caro mesmo –, que vai até as ultimas consequências para punir todos os culpados, por que ela demora tanto para mostrar ao povo que ela está realmente falando sério?

Por que só agora é que Dilma resolveu tirar a Graça Foster da presidência e afastar toda a diretoria da estatal? Isso não deveria ter sido feito mesmo antes de começar o seu segundo mandato? Qual a dificuldade? Acordos políticos? Medo? Preguiça? Descaso? Conivência? Fora que não é um ato imediato, é só em março. Isso é por acaso aviso prévio? Para que esperar pelo balanço auditado que será ainda publicado? Será que é para ganhar tempo? Será que é — para quem sabe — poder voltar atrás?

É notório que o que a Dilma fala e faz é um Deus nos acuda.

E é bom que venha nos acudir mesmo. Estamos bem necessitados.

Salve as baleias. Não jogue lixo no chão. Não fume em ambientes fechados.

6 Opiniões

  1. P.F. disse:

    o Schamis saiu de férias?

  2. Joaquim Caldas disse:

    O PT à lava jato,lavou tanto dinheiro que está faltando água no Brasil.E a conta de água está vindo seca, pra lascar!!!

  3. Vitafer disse:

    Estamos caminhando celeremente para o buraco.

  4. Áureo Ramos de Souza disse:

    Claudio, lhe sigo a anos e fico cá pensando será que eles leem também , já não sinto vontade de assistir telejornais e de ler noticias políticas pois nos dá nojo. Como disse alguém hoje que este é o maior escândalo de um país.Escândalo ou ROUBO.?

  5. Honorio Tonial disse:

    A raposa perde o pelo mas não o vício.
    Até que houver galinhas, seguramos a chave do galinheiro.

  6. Brazilino Esperanza disse:

    Ledo engano: o petróleo não é nosso. Agora o petróleo é da PTrobras.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *