Início » Brasil » Peso da toga
COLUNA ESPLANADA

Peso da toga

Ministros do STF estão sob alta pressão para votar a Ação Direta de Constitucionalidade (ADC) nº 43

Peso da toga
Começa a pesar na toga a ‘jaboticaba’ plantada pelo STF com o clamor popular – e válido – contra o sentimento de impunidade, ao determinar a prisão imediata de condenados em 2ª instância (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Os ministros do Supremo Tribunal Federal estão sob alta pressão para votar a Ação Direta de Constitucionalidade (ADC) nº 43 que pede o acolhimento do que diz a Carta Magna: prisão de condenado somente esgotados os recursos até a última instância. Começa a pesar na toga a ‘jaboticaba’ plantada pelo STF com o clamor popular – e válido – contra o sentimento de impunidade, ao determinar a prisão imediata de condenados em 2ª instância. Em paralelo, surgiu no Congresso a PEC para cravar na Constituição a prisão após 2ª instância, endossada por vários partidos. Balela, por ora. Com a intervenção federal no Rio, ela não pode avançar na pauta.

Script jurídico

O script que se vislumbra nos gabinetes advocatícios, políticos e judiciais indica que Lula da Silva ficará pouco tempo preso. É questão de dias ou semanas a sua liberdade.

Roteiro pós-cela

Lula deixará a cela para os braços do povo, continuará a caravana,  mas não disputará a eleição. Quer lançar Fernando Haddad com Manoela D’Ávila (PCdoB) na vice.

Mea culpa

Em resposta a grupo de whatsapp do Patriota, o presidente Adilson Barroso confirmou que apresentou a ADC 43 ainda pelo PEN, há anos, a pedido do bispo Manoel Ferreira da Assembleia de Deus — como a Coluna revelou. Diz que a culpa é de um advogado que não destituiu Kakay, que agora usa a ADC para tentar soltar Lula.

Nova posição

Barroso chega a Brasília hoje para tentar contornar a situação e garante que ele é a favor da prisão em 1ª instância. Pode haver reviravolta no caso. Não há como retirar a ADC de pauta no STF, mas Kakay pode ser substituído por advogado do Patriota, que pretende indicar que o partido mudou de posição e quer enterrar a ação.

E agora, TRE?

A Procuradoria Eleitoral do TRE de Minas pode pegar um pepino caso provocada. Dilma Rousseff ganhou direito político sob liminar do ministro Ricardo Lewandowski do STF, na sessão do Congresso que a cassou. A mudança de domicílio de Porto Alegre para Belo Horizonte pode ser questionada.

Carta ao povo

Os Correios vão fechar 700 agências próprias em todo o ~país. Segundo a assessoria, a estatal passa “por profunda transformação”, e emenda que a “nova proposta da empresa está voltada para uma readequação presencial nos municípios”.

Ensaio da reforma

O Senado vai criar um Conselho Permanente de Avaliação das Políticas Tributárias, vinculado à Comissão de Assuntos Econômicos. Terá representantes da Receita, dos estados, municípios e setor produtivo.

EXTRA
May Day!

Vazou um áudio de uma conversa entre um controlador de voo da torre do aeroporto de Congonhas dando um recado para o piloto do avião da PF que levou Lula para Curitiba: “Leva e não traz nunca mais”. O áudio é verdadeiro, confirmou a Força Aérea Brasileira à Coluna. Porém, a FAB crava que não foi o controlador quem citou a frase. Como o canal é aberto a outras aeronaves na pista e em voo no espaço aéreo local, pode ter vindo de outro piloto. A regra é a pessoa se identificar, o que não aconteceu.

Terra em transe

Atenção para uma ação de despejo que pode resultar em guerra sangrenta hoje em Caarapó (MS). A PM e a PF vão cumprir ação para retirar da Terra Indígena Dourados Amambaipegu as tribos guarani-kaiowá. Fazendeiros exigem a posse. A Funai recorreu no STF, e a ação dorme numa gaveta da ministra Cármen Lúcia desde 9 de março.

Memória

Ano passado, nesta mesma terra, houve batalha campal entre nativos e fazendeiros. Seis índios foram baleados, um deles morreu.

A todo gá$

A Gas Natural Serviços registrou crescimento de 100% na demanda de geração e cogeração de energia, que substituiu, por exemplo, aquecedores elétricos por geradores a gás. A economia com o uso da cogeração pode chegar a 40%. Segundo a Abegás, o uso da cogeração no comércio cresceu 8% em 2017.

Mar sereno

O Rio Boat Show inova na Marina da Glória, com lançamento do Programa de Certificação de selo ACOBAR/ABNT para embarcações de fibra de até 24 metros. Iniciativa da Associação Brasileira dos Construtores de Barcos e seus Implementos para aprimorar a segurança em padrão internacional.

Gretchen

Desrespeitosa e machista a capa da Veja Rio com a manchete “O bumbum caiu, mas o cachê subiu” sobre Gretchen. Para quem não sabe, a despeito de ter ganhado fama com sua dança sensual, ela tem mestrado em Comunicação Social.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *