Início » Brasil » Pesquisa revela apoio maciço ao fim da reeleição
Datafolha

Pesquisa revela apoio maciço ao fim da reeleição

Levantamento também aponta recorde de oposição ao voto obrigatório

Pesquisa revela apoio maciço ao fim da reeleição
De cada dez entrevistados, seis disseram que não votariam se o voto fosse facultativo (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Uma pesquisa Datafolha revelou que, pela primeira vez, a maioria da população é contra a norma que permite a reeleição no país. A rejeição à obrigatoriedade do voto também bateu o recorde da série de pesquisas do instituto sobre o tema.

Na primeira pesquisa sobre reeleição, em 2005, 65% dos entrevistados afirmaram que eram a favor do direito do presidente concorrer a um novo mandato. Em 2007, o apoio à reeleição recuou sete pontos. Agora, apenas 30% são favoráveis.

Já os contrários à reeleição saltaram de 39%, em 2007, para 67% nesta última pesquisa. As opiniões dos entrevistados sobre reeleições para prefeitos e governadores são quase idênticas.

O diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino, explica que “a rejeição a Dilma pesa, mas não só. Há um contexto muito forte de rejeição geral à política, que vem desde junho de 2013”.

A Câmara aprovou em maio por 452 votos a 19 o fim da reeleição. A regra, no entanto, ainda precisa ser votada novamente na casa e posteriormente no Senado.

A pesquisa Datafolha revelou também um recorde de oposição ao voto obrigatório, que aumentou de 54% para 66% desde outubro do ano passado. Neste caso, no entanto, a Câmara votou contra a medida por 311 votos a 134.

De cada dez entrevistados, seis disseram que não votariam se o voto fosse facultativo. Os mais pobres e os menos escolarizados seriam os que mais deixariam de votar.

A pesquisa foi realizada nos dias 17 e 18 de junho e contou com a participação de 2.840 pessoas. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Pela 1º vez, maioria é contra norma que permite reeleição

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *