Início » Brasil » Pesquisa revela presença irregular de agrotóxicos em alimentos
RISCO À SAÚDE

Pesquisa revela presença irregular de agrotóxicos em alimentos

Entre 50 amostras de alimentos analisadas pelo Greenpeace, 18 apresentaram irregularidades

Pesquisa revela presença irregular de agrotóxicos em alimentos
Grupo analisou amostras de arroz, feijão, café, banana, tomate, mamão, laranja, pimentão e couve (Foto: Wikimedia)

O Brasil é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo, segundo a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco). Para piorar, um estudo da ONG Greenpeace revelou que há presença irregular destas substâncias nos alimentos.

O grupo analisou 50 amostras de arroz, feijão, café, banana, tomate, mamão, laranja, pimentão e couve, em grandes centros de distribuição em São Paulo e no Distrito Federal. As análises ocorreram no Laboratório de Resíduos de Pesticidas do Instituto Biológico, braço da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo.

Entre as 50 amostras, 18 apresentaram irregularidades. Além disso, em 15 delas foram encontrados resíduos de agrotóxicos que não poderiam ser utilizados naquela cultura específica.

Em 2015, o Instituto Nacional do Câncer afirmou que entre os efeitos da “exposição crônica a ingredientes ativos de agrotóxicos podem ser citados infertilidade, impotência, abortos, malformações, neurotoxicidade, desregulação hormonal, efeitos sobre o sistema imunológico e câncer”.

Como não se deve deixar de comer frutas e legumes por conta dos agrotóxicos, segundo especialistas, uma opção seria optar pelos alimentos orgânicos. Um obstáculo nesta disputa entre orgânicos e não-orgânicos é o preço. Como os agrotóxicos têm incentivos fiscais, há um barateamento dos não-orgânicos. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou ao Supremo Tribunal Federal, um parecer que pede o fim de incentivos fiscais a produtos considerados agrotóxicos.

Fontes:
Folha de S. Paulo-Estudo detecta presença irregular de agrotóxicos em alimentos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Natanael Ferraz disse:

    Adoro pesquisas:
    Ainda bem que fizeram essa aí, porque se não ninguém iria desconfiar.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *