Início » Brasil » Petrobras divulga balanço sem perdas por corrupção
terceiro trimestre de 2014

Petrobras divulga balanço sem perdas por corrupção

Balanço do terceiro trimestre de 2014 não leva em conta os prejuízos provocados por causa das denúncias de corrupção na companhia

Petrobras divulga balanço sem perdas por corrupção
Balanço da Petrobras foi publicado após dois adiamentos (Fonte: Reprodução/AFP)

As ações da Petrobras sofreram uma queda de 10% nesta quarta-feira, 28, horas após a estatal divulgar o balanço do terceiro trimestre de 2014. As ações ordinárias da empresa caíram 11,51%, chegando a cotação de R$ 8,53. Já as ações preferenciais caíram 10,42%, sendo negociadas a R$ 9.

Após dois adiamentos, a Petrobras divulgou nesta quarta-feira o balanço do terceiro trimestre do ano passado, sem levar em conta os prejuízos provocados por causa das denúncias de corrupção na companhia investigadas no âmbito da Operação Lava-Jato.

De acordo com o balanço, a Petrobras teve um lucro líquido de R$ 3,087 bilhões no terceiro trimestre do ano passado, o que representa uma queda de 38% em relação ao trimestre anterior.

Em nota, a presidente da Petrobras, Graça Foster, afirma que “os depoimentos aos quais a Petrobras teve acesso revelaram a existência de atos ilícitos, como cartelização de fornecedores e recebimentos de propinas por ex-empregados, indicando que pagamentos a tais fornecedores foram indevidamente reconhecidos como parte do custo de nossos ativos imobilizados, demandando, portanto, ajustes. Entretanto, concluímos ser impraticável a exata quantificação destes valores indevidamente reconhecidos, dado que os pagamentos foram efetuados por fornecedores externos e não podem ser rastreados nos registros contábeis da companhia”.

O balanço da estatal deveria ter sido sido divulgado até meados de novembro. O documento não tem aprovação da auditoria independente PwC — uma exigência da legislação do mercado.

Embora o balanço apresentado não atenda à lei, ele serve para mostrar a situação financeira da Petrobras, e também evita o vencimento antecipado de dívidas por credores que exigem balanços, mesmo não auditados.

A estatal atribui a queda do lucro no terceiro trimestres de 2014 às “maiores despesas operacionais”. Dos sete segmentos de negócios da Petrobras, seis tiveram prejuízo operacional.

Fontes:
Folha de S.Paulo - Após 2 adiamentos, Petrobras divulga balanço sem baixas por corrupção

2 Opiniões

  1. jovelino bispo vieira disse:

    A QUEM ELES PENSAM QUE ENGANAM? DIVULGAR BALANCO SUPOSTAMENTE “POSITIVO” SEM CONTABILIZAR O PREJUIZO COM A CURRUPCAO QUE ESTA DEPREDANDO A OUTRORA MAIOR ESTATAL DO PAIS?? PATETICO!

  2. Áureo Ramos de Souza disse:

    Quem assinará o balanço, Graça Foster ou Dilma? Eu economista leigo, não assinaria. É meus amigos, ninguém sabe o dia de amanhã.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *