Início » Brasil » Petrobras, espionagem e sensacionalismo
Diplomacia cibernética

Petrobras, espionagem e sensacionalismo

Não há nada de fantástico nas últimas revelações sobre a espionagem americana no Brasil

Petrobras, espionagem e sensacionalismo
Não há mal que os espiões americanos possam fazer à Petrobras que o governo e a direção da empresa já não tenham feito por conta própria

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Não é segredo que o governo americano coleta informações financeiras de outros países na tentativa de compreender suas políticas econômicas. Também não é segredo que os Estados Unidos são uma superpotência cibernética, e que investem bilhões na busca por novas tecnologias capazes de manter o país um passo à frente de seus rivais no front digital.

Leia também: Petrobrás também teria sido alvo de espionagem dos EUA
Leia também: O que o Brasil pretende fazer contra a espionagem americana
Leia também: Dilma foi alvo de espionagem, diz reportagem

Não há nada de novo, portanto, na revelação feita pelo programa “Fantástico” da Rede Globo neste último domingo, 8, de que a agência de inteligência americana (NSA) tem slides em que a Petrobras é citada, assim como Google, Microsoft e outras, como exemplos de empresas que usam redes privadas para comunicações importantes.

A informação veio uma semana após o mesmo programa ter revelado que Dilma foi espionada, sem apresentar qualquer evidência de que a NSA tenha tido acesso ao conteúdo das comunicações da presidente. O que foi “revelado”, causando mal-estar entre os governos, é que os EUA dispõem do know-how técnico para tanto, o que já era sabido.

Quanto à Petrobras, os detalhes divulgados na reportagem fantástica, ou melhor, sensacionalista, deste último domingo, foram escassos, deixando no ar, por exemplo, que tipo de informações a NSA pode ter obtido ao espionar a estatal e levantando sérias dúvidas sobre quais seriam os objetivos da agência neste monitoramento. Nas palavras de Sônia Bridi, coatora da reportagem do “Fantástico”: “Não há informações sobre a extensão da espionagem, e nem se ela conseguiu acessar o conteúdo guardado nos computadores da empresa. O que se sabe é que a Petrobras foi alvo da agência, mas não há pista nos documentos sobre que tipo de informações a NSA buscava”.

Especulação de sobra

Então, sem informações precisas sobre a espionagem em si, o programa recheia a reportagem com os números superlativos da gigante estatal e o quanto isso pode despertar o interesse dos EUA. Especula-se sobre a possibilidade de empresas americanas terem tido acesso a informações sobre o pré-sal ou tecnologias brasileiras de perfuração em alto mar.

Para baixar a poeira e o possível brio nacionalista, James Clapper, diretor de inteligência do governo Obama, reafirmou, em comunicado emitido depois do “Fantástico”, que não é segredo o fato de os EUA coletarem informações financeiras para ajudar a compreender a política externa. Mas garantiu: “O que nós não fazemos, como já disse muitas vezes, é usar as nossas capacidades de inteligência no exterior para roubar segredos comerciais de empresas estrangeiras em nome de empresas americanas, ou dar informações que coletamos para empresas americanas para aumentar sua competitividade internacional ou lucro”.

Para os indignados que acham que Dilma deve declarar guerra aos EUA por causa da espionagem americana, fica a pergunta: onde estava o seu espírito cívico quando o governo criou a atual política de preços de combustíveis, causando um rombo na empresa ao obrigá-la a importar combustível caro e vendê-lo mais barato, e isso depois de Lula ter declarado a nossa autossuficiência? Como bem disse Reinaldo Azevedo, colunista da Veja, aqui, não há mal que os espiões americanos possam fazer à Petrobras que o governo e a direção da empresa já não tenham feito por conta própria.

 

Fontes:
The New York Times - N.S.A. Spied on Brazilian Oil Company, Report Says
Veja - Petrobras e a espionagem – Algumas questões relevantes nesse imbróglio. Ou: Não há mal que os americanos possam ter feito à empresa que brasileiros não tenha feito e não façam com sobras

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

12 Opiniões

  1. Roberto1776 disse:

    O que é que aconteceu com a GLOBO? De uma hora para a outra deu uma virada brusca para a esquerda?
    Será que os atuais manda-chuvas querem destruir a memória de Roberto Marinho que apoiou totalmente o movimento pela preservação do Brasil longe das garras da URSS e de Cuba em 1964?
    Esqueceram que se os militares não tivessem feito o que tinha que ser feito, hoje a capital brasileira estaria localizada em Havana?
    Memória curta a desses camaradas. E ainda cospem no prato em que comeram, pois se tivéssemos virado a esquerda em 1964, como Jango e os atuais todos poderosos queriam, não haveria nenhuma REDE GLOBO.

  2. helo disse:

    Os anúncios do governo estão em todas as emissoras. Todos falam do Cabral e da Delta e se esquecem que quem elegeu o Cabral foi o Lula/Dilma, a qual contratou a Delta para o PAC. Nada se fala sobre a Rose, os escândalos da Petrobrás. Quem sabe o Snowden nos ajuda nisso.

  3. Alcebiades Abel Filho disse:

    Os nossos governantes, principalmente, Fernando Henrique Cardoso, e logo depois pelo governo Lula . Não fizeram outra coisa do que LEILOAR O BRASIL com as privatizações. Descaradamente acabaram com a nossa soberania em todos os sentidos. A presidenta Dilma esta entregando , através de LEILÕES FANTÁSTICOS toda a produção do PRE´SAL qualquer chilique que a Dilma dê, Obama não está nem aí. O mesmo que dizer : “não vejo ninguém na minha frente”. Isto é UMA VERGONHA. O Brasil esta precisando de um novo estatista. Chega de governantes covardes.

  4. Alexandre Weber disse:

    Depois de investirem bilhões para conseguir levantar informações sensíveis, vão deixar de coletá-las.
    Me engana que eu gosto KKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!

  5. Alexandre Weber disse:

    Comentário mais erudito.

    “The special state is a state of maximum information. It corresponds to a
    moment when the information of the universe was concentrated in a
    minuscule speck ˆ all the information there was and ever would be. From
    this state emanates the information going to the units scattered
    throughout the universe and engendering their organizations. The
    respective streams of information mark the lines of time”.

    Seems to me that statement could come from any hard-core Neoplatonist, or
    at least be reconcilable with the doctrine of, say, Proclus. In fact it
    comes from the biophysicist Werner R. Lowenstein, in Physics in mind: a
    quantum view of the brain (New York 2013, p. 20-21).

    The ultimate compatibility or otherwise of this view with Neoplatonism
    depends, of course, on the nature and function of information. Let me put
    it this way: in Neoplatonism, what precisely is it that is emanated? Could
    we say it is information? Why or why not?

  6. carlos augusto de araujo dória cdoria@petrobras.com.br disse:

    Incrível. Para o articulista, tudo bem, tudo normal.
    Ainda usa o pitbull da Veja para reforçar sua opinião.

  7. Isam disse:

    A Petrobrás nos governos Lula/Dilma virou filial do PT para desviar o dinheiro para o Partido. Quanto a Globo, sempre se posicionou do lado mais forte afim de beneficiar-se sempre. Por que será que os governos não cobram as enormes dívidas que devem? O Globo relutou muito até para divulgar os escândalos do mensalão.

  8. Mauricio Fernandez disse:

    Incrível!!!…. Os americanos, de repente, passaram a ter a responsabilidade de todos os roubos, falcatruas, incompetências, mentiras, espoliações, covardias, descarado ilusionismo no combate a fome, miséria, falta de educação, segurança, infra estrutura, gestão fraudulenta, saúde caótica e o que mais quiserem e que podemos observar. Tudo por que resolveram espionar agora o que já vem sendo espionado á muito tempo. Parece que nunca se ouviu falar de espionagem industrial no mundo ou de que países aparelham e aperfeiçoam constantemente seus departamentos de espionagem e contra espionagem. A Petrobras está em situação delicada onde já perdeu bilhões de dólares – perdeu nos bolsos não sabemos de quem, por culpa da espionagem americana. O Brasil é uma latrina de trapaças e corrupção por culpa da espionagem americana. Se engana quem gosta, está acostumado ou tem vantagens. Não sei quem disse que um tal gigante acordou….

  9. helo disse:

    A grande notícia é que a Petrobrás vai mal, e a culpa não é da espionagem. O modelo Dilma/Lula fracassou. FHC privatizou parte da Vale, uma companhia mineradora que ficou saneada, e nos deu a estabilidade que impulsionou o país na primeira era Lula. Depois com Lula/Dilma passamos a privatizar setores-chave como a Saúde, a infra-estrutura, os aeroportos, portos, o congresso, as instituições, a mídia, e finalmente desestabilizamos o real. Arrogância, inépcia e muita garganta eleitoreira tem rapidamente corroído todos os avanços. A fala da Dilma em campanha é um desrespeito aos brasileiros. O mal não parte do exterior. O grande inimigo do país não vem de fora. Infelizmente está aqui. Até mesmo admitindo as boas intenções, a insistência nos equívocos, o amadorismo voluntarista tem nos fechado todas as portas. A revista Veja trata das corrupções sem fim do governo. Infelizmente não comenta os grandes erros das políticas públicas. Afinal, poucos se interessam por esses assuntos. Mesmo os que lêem se interessam em pagar por notícias tipo FlaxFlu.

  10. Marly Winnie disse:

    A frase resume exatamente a realidade dos fatos, por isso vale repetir apenas para enfatizar : ” não há nada que os espiões americanos possam fazer à Petrobras que o governo e a direção da empresa já não tenham feito por conta própria”!!!!!!!! Em relação a direção da empresa leia-se gestão Sérgio Gabrielli.

  11. yama disse:

    É evidente o USO MALICIOSO DOS MAGOS DO PT de um fato corriqueiro no MUNDO GLOBALIZADO E COM CONHECIDO DOMÍNIO DA TECNOLOGIA PELOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA DA QUAL FAZEMOS USO POR NECESSIDADE E TOTAL IGNORÂNCIA DE INCAPACIDADE DE AUTONOMIA NESSA E NA QUASE TOTALIDADE DAS DEMAIS ÁREAS DE CONHECIMENTO CIENTÍFICO.
    O ALARIDO PROVOCADO PELA MÍDIA SUBMISSA AOS DESEJOS DA PROPAGANDA DE SUPORTE AO GOVERNO FEDERAL DE QUE AO POVO (EM GERAL) CRÉDULO DE QUE “SEMPRE É VERDADE E LÓGICO” TUDO QUE É CITADO PELOS VEÍCULOS DA PROPAGANDA PAGA (E COM ALTO PREÇO) PARA QUE A NOTÍCIA TRAGA A “INFORMAÇÃO” DIRECIONADA PARA A REAÇÃO QUE O CONTRATADOR DA MÍDIA DESEJA QUE OCORRA NA MASSA POPULAR.

  12. Honório Tonial disse:

    Agora compreendi por que ninguém se interessa na violação do Art.7º. Inciso IV da Constituição Federal, relativo ao salário mínimo que o governo ignora.
    É o relutado da espionagem americana. Já pensaram se Obama sugerisse a observância do Artigo?
    Os trabalhadores brasileiros iriam competir com seus colegas americanos!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *