Início » Brasil » Petrobras muda, mas não muito, política de preço da gasolina
PARIDADE FLEXÍVEL

Petrobras muda, mas não muito, política de preço da gasolina

Preço poderá ficar congelado por 'não mais que 15 dias'

Petrobras muda, mas não muito, política de preço da gasolina
Preço da gasolina pode ficar até 15 dias congelado (Fonte: Marcelo Casal/Agencia Brasil)

Um dia após o preço da gasolina atingir sua maior alta acumulada nas refinarias em 30 dias, 13,38%, desde que a Petrobras adotou a política de reajustes diários do preço do combustível, a estatal anunciou, nesta quinta-feira, 6, que essa política sofrerá uma alguma flexibilidade.

A Petrobras informou que a partir dessa quinta irá adotar um mecanismo de proteção financeira conhecido como “hedge”. Trata-se de uma espécie de seguro que protege empresas de variações súbitas e elásticas dos preços de mercado, permitindo a compra no futuro de um ativo por um valor previamente acertado.

Na prática, a Petrobras busca maior flexibilidade para espaçar os reajustes da gasolina nas refinarias, sem abandonar a política de paridade com os preços do mercado internacional. A estatal informou que o preço da gasolina, assim, a partir de agora, poderá ficar congelado “por não mais que 15 dias”.

Fontes:
G1 - Petrobras anuncia que preços da gasolina poderão ficar até 15 dias sem reajuste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *