Início » Brasil » Petrolão é só meio caminho
Coluna Esplanada

Petrolão é só meio caminho

Engana-se quem considera missão cumprida o cerco judicial aos clientes do doleiro Alberto Yousseff

Petrolão é só meio caminho
Alberto Yousseff, considerado o maior doleiro do Brasil (Charge: Aliedo)

Toda essa encrenca que mobiliza o poder político e empresarial da nação começou com uma cirúrgica operação da Polícia Federal em Brasília, a Miquéias, em final de 2013, que levou à cadeia o doleiro Fayed Traboulsi. O alvo da operação era uma lavanderia (sem trocadilho) que também operava como casa de câmbio dentro de um posto de combustíveis no coração da capital federal, e onde poderosos lavavam seu dinheiro. Um dos alvos era Carlos Habib Chater, o proprietário do posto e parceiro de Fayed.

À ocasião da Miquéias o mundo quase caiu sobre a cabeça de muitos engravatados de Brasília. Fayed é considerado o doleiro de 10 entre 10 abastados políticos corruptos e patriarcas de clãs conhecidos da província. É tanto dinheiro envolvido que o doleiro desfilava sem receios com uma Ferrari, uma Maserati, um Porsche, e navegava sobre o Lago Paranoá numa lancha considerada a maior do país, avaliada em US$ 5 milhões.

Mas Fayed, para a PF, era só um caminho, a trilha para o pote de ouro, ou o ‘boi de piranha’. Àquela altura, já trabalhava incessantemente em seu gabinete o juiz federal Sérgio Moro, e em parceria com os federais, conseguiu enfim chegar ao alvo em março de 2014: Alberto Youssef, considerado o maior doleiro do Brasil, para quem Fayed atuava em Brasília.

A Operação Miquéias foi uma ‘cortina de fumaça’ para não espantar o alvo principal e em especial apreender importantes documentos de Fayed que levariam a Justiça Federal a Youssef, e isso aconteceu. Com a Operação Lava Jato – em menção à lavanderia do posto de gasolina (lembram?) – a perícia da PF e o juiz Moro botaram a mão em pilhas e pilhas de documentos ainda hoje analisados pelos quais cai metade da República.

Foi pela Lava Jato que, coincidentemente, a PF chegou à ligação de Youssef com um dos seus principais clientes, Paulo Roberto Costa, o ex-diretor da Petrobras – e dali puxou o fio, prospectou, foi ‘furando o poço’ até achar a mina de corrupção na estatal e descobrir o tamanho do rombo que hoje chamamos de petrolão. Quase acidentalmente – digo quase porque Costa já era monitorado – o petrolão foi descoberto, trazendo à tona, através da operação de Youssef com Costa, a lavagem de dinheiro dos contratos fraudulentos da Petrobras. E dali revelou-se uma gama de importantes nomes de mandatários e empreiteiros.

Engana-se, porém, quem considera missão cumprida o cerco judicial a essa turma. O petrolão na verdade é o meio do caminho. O petrolão é um bom achado no mar de lama em que a Justiça pôs a mão. A Lava Jato pretende revelar, sob a força-tarefa do juiz Sérgio Moro, a maior rede de lavagem de dinheiro do país, com mapeamento e cerco à maioria das contas em paraísos fiscais operadas por Youssef para empresários e políticos – e não os mesmos do petrolão. São contas na Suíça, Ilhas Jersey, países do Caribe. Já tem tubarão com conta bloqueada no exterior e respirando veladamente por aparelhos no Brasil. Os advogados criminais nunca tiveram tanto trabalho – e nunca ganharam tanto dinheiro na defesa.Vem mais por aí.

Em suma, há dois tipos de pessoas muito preocupadas com o doleiro preso Alberto Youssef. Os da lista que a Procuradoria Geral da República e o STF vão revelar em breve e serão visitados pela PF às 6h de qualquer dia. Essa turma é a do varejo, da propina para pagar as continhas com o dinheiro do petrolao. E a lista maior, que a PF tenta arrancar, principal motivo da prisão do doleiro. Os poderosos que usaram seu serviço para abrir contas em paraísos fiscais e lavar dinheiro. Essa é a turma do atacado. É o pote de ouro. São clãs inteiros de empresários e políticos, alguns deles intimamente ligados.

A saga de Cunha

O deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), favorito para presidir a Câmara Federal na eleição de semana que vem, passou por Belo Horizonte na quinta e sexta. Jantou na casa do deputado federal eleito Marcelo Aro (PHS) e almoçou ontem na casa do deputado estadual eleito Glaycon Franco (PTN). Deixou pistas de sua eventual gestão. O linha-dura reeleito Jair Bolsonaro (PP-RJ), polêmico militar pelas suas convicções declaradas, será indicado relator da CPI do Petrolão na Câmara, garantiu o futuro-todo-poderoso Cunha. Se eleito.

Presentão

O governo de Goiás perdoou R$ 1 bilhão de dívida da Friboi. As dívidas de ICMS arrastavam-se por ano, chegaram ao final de 2014 a R$ 1,3 bilhão com multa, correções monetárias e juros. Mas a Lei 18.709, do dia 22 de Dezembro, foi uma mãe para a empresa – e para outras beneficiadas.

A lei para com perdão para 100% de multa, juros e correção vigorou apenas de 22 a 29 de Dezembro –no meio do Natal e ponto facultativo foi válida por 3 dias úteis. Foi a brecha para a Friboi ser perdoada em R$ 1 bilhão da acusação de sonegação fiscal, pagar R$ 170 milhões à vista e renegociar R$ 150 milhões em parcelas mensais de R$ 2,9 milhões.

O Governo tem reedita lei similar todo fim de ano, neste modelo, para reforçar o caixa, conta a assessoria da Friboi. O frigorífico mandou para a geladeira um problemão, e ganhou um presente de Natal.

11 Opiniões

  1. Plinio disse:

    SIM TEM O TREM SALÃO.

  2. jovelino bispo vieira disse:

    LULA DO AUTO DO SEU TRIPLEX DE LUXO PREGA O COMUNISMO REGADO A CHAMPAGNE E CAVIAR, O “BURGUES FANFARRAO” E UM HIPOCRITA, NUNCA ACREDITEM EM UM LIDER RELIGIOSO OU POLITICO QUE NAO VIVE O QUE PREGA

  3. jovelino bispo vieira disse:

    Sorte ao Bolsonaro como presidente da camara, agora…o governo do goias perdoando divida da friboi??? Por acaso o governador de Goias e petista ou pmdbista? isso teria a ver com o fato da friboi pertencer a familia LULA? quando que finalmente vamos ver a lavajato chegar ate o molusco?

  4. willaim disse:

    Nesse presentão a FRIBOI com certeza ela foi generosa com mimos de milhões de dólares no bolso de alguém. É so investigar.

  5. Joaquim Caldas disse:

    “Moro” num pais tropical,”não vamos desistir do Brasil”,abençoado por Deus!
    A delação pode esclarecer que derrubou o avião que ocasionou a morte de Eduardo Campos e sua equipe de governo.
    “Apos A Satiagraha e a perda de confiança na Polícia Federal depois do Rosagate,o governo volta a instrumentalizar a Abin,descartada e encostada desde esse episódio no Supremo.(Grampos dos Juízes).Agora contra o mais novo adversário e “alvo”, o governador de Pernambuco Eduardo Campos,a instrumentalização da Agencia volta a ser alternativa no projeto de poder.A diferença é que,no órgão da inteligência de Estado,não há possibilidade de se fazer inquéritos e de se usar a força policial para coagir seus alvos,ao menos diretamente.Para tanto,tem que dividir o poder,tem que partilhar,o que já torna as coisas mais difíceis,fora isso a condição de confraria de aloprados niguém tira desse governo,que consegue,graças a Deus se parecer com Maxwell”Max” Smart,Agente 86,agora sob a chefia da veterana agente 99.E assim segue o Brasil dos arapongas…”trecho extraído do livro de Tuma Junior,ASSASSINATO DE REPUTAÇÕES,um crime de Estado.O atentado à Eduardo Campos pode estar melado da lama do petróleo,já que Eduardo tinha conhecimentos do Estaleiro e da Refinaria Abreu e Lima,na transação com a Venezuela?
    Ora,a Lava Jato pode muito bem alcançar a sabotagem do avião de E.Campos? Porque a Abin não investiga a queda do avião,mas pedem investigação estrangeiras? Nessa toca tem coelhos? Moro pode muito bem mandar investigar as denúncias no livro de Tuma Junior?

  6. Esmeraldo Ramos Neto disse:

    Só me cabe muitas risadas e nenhum comentário a respeito!…

  7. Áureo Ramos de Souza disse:

    Eu sei, eu tenho fé em Deus que tudo terminará com a prisão de Lula o afastamento de Dilma que comparado a Fernando Collor o assalto foi maior e Collor foi posto fora. Só estou no aguardo da hora em que ela seja notificada junto com Lula.

  8. dragaoforte disse:

    O governo de Goiás perdoou R$ 1 bilhão de dívida da FRIBOI.

    MUITO INTERESSANTE….é claro que o MALDITO PT ESTÁ POR TRÁS ….E o povo??? Deitado eternamente em berço esplêndido….é a letra do hino

    Porque é que a televisão não mostra???? Deveria ficar fazendo “terrorismo” publicitário até resolver….

  9. Waldyr disse:

    Todo mundo sabe que a FRIBOI é do Ex Presidente Lula, o Ali Babá dos 400 ladrões,….levou mais de 1.000.000 de Elbas dos Brasileiros e como fica???????????????????????????????????????????????

  10. DJALMA P BENTES disse:

    Com o Deputado Federal Jair MESSIAS Bolsonaro, que representa muito mais que os seus 500.000 mil eleitores fluminenses (representa também milhões de brasileiros) na relatoria da CPI do petrolão, se vislumbra, felizmente e finalmente, aplicação da legislação, penalizando a quadrilha dessa Organização Criminosa.

  11. GERALDO DE SOUZA ROMANO disse:

    O PT ASSUMIU O PODER COM LULA PRESIDENTE EM 2003, MAS A ROUBALHEIRA DOS PETRALHAS JÁ VINHA DE MUITOS ANOS E EM TODAS AS PREFEITURAS GOVERNADAS POR PETISTAS, MOTIVO DA ELEIÇÃO DE LULA EM 2002, COM MUITO DINHEIRO, INCLUSIVE DE PAÍSES COMUNISTAS, PRINCIPALMENTE DE CUBA, MOTIVO HOJE QUE O BRASIL ENVIA BILHÕES PARA OS CASTROS. O QUE OS MARXISTAS COMUNISTAS NÃO CONSEGUIRAM NOS ANOS 60/70, GRAÇAS AOS MILITARES, HOJE ESTÃO DE POSSE DAS CHAVES DE TODAS AS ESTATAIS, COMO O CASO DA PETROBRAS, ELETROBRAS, CORREIOS, ETC. E CONSEGUIRAM DOMINAR TODO O CONGRESSO BRASILEIRO, ALCANÇANDO SEU OBJETIVO, DE COMUNIZAR O PAÍS E COLOCAR A BANDEIRA VERMELHA NO LUGAR DA NOSSA VERDE, AZUL, AMARELA E BRANCA. LULA E DILMA SÃO INTOCÁVEIS E, APESAR DE SEREM OS RESPONSÁVEIS DIRETOS POR TODA A DESGRAÇA DO BRASIL, CONQUISTARAM A MAIOR DITADURA DE TODOS OS TEMPOS “NO MUNDO”, A DITADURA VELADA. DESGRAÇA TOTAL.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *