Início » Brasil » PF abre inquérito para investigar mensagens no WhatsApp sobre presidenciáveis
ELEIÇÕES 2018

PF abre inquérito para investigar mensagens no WhatsApp sobre presidenciáveis

Pedido foi feito na última sexta-feira, 19, pela procuradora-geral da República

PF abre inquérito para investigar mensagens no WhatsApp sobre presidenciáveis
WhatsApp tem sido muito utilizado para divulgação de notícias falsas (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Polícia Federal (PF) abriu neste sábado, 20, inquérito para investigar a disseminação de fake news pelo WhatsApp contra os presidenciáveis Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

Leia também: WhatsApp deve tomar medidas para coibir notícias falsas
Leia também: Notícias falsas ditam o rumo das eleições de 2018

O pedido foi feito na última sexta-feira, 19, pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Ela solicitou uma investigação sobre o possível uso de esquema profissional pelas campanhas dos presidenciáveis para espalhar notícias falsas.

De acordo com reportagens publicadas na semana passada, empresas de marketing supostamente bancadas por empresários que apoiam Bolsonaro estariam propagando conteúdo em milhares de grupos do WhatsApp.

Também foi aberto um processo pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) após ação ajuizada pela candidatura de Haddad na última quinta-feira, 18.

Em seu perfil no Twitter, Bolsonaro disse que não tem controle sobre apoios voluntários e ainda que o PT não está sendo prejudicado por fake news, mas pela “verdade”.

Raquel Dodge argumentou que o cenário de possível interferência na formação de opinião dos eleitores, com ofensas direcionadas aos dois presidenciáveis, “afronta a integridade do processo eleitoral”.

Fontes:
EBC - PF abre inquérito para investigar fake news envolvendo candidatos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. jayme endebo disse:

    Uma jornalista petista fanática escreve na primeira página um simples achismo de “ouvi falar” e querem criminalizar ou melar toda a eleição. Jornalistas deveriam ser profissionais investigativos e não carregadores de recados. Fim triste para a mídia decadente e corrupta.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *