Início » Brasil » PF investiga Odebrecht por superfaturamento em obras de estádio da Copa
Operação 'Fair Play'

PF investiga Odebrecht por superfaturamento em obras de estádio da Copa

Polícia Federal aponta que a empreiteira superfaturou em R$ 42 milhões o valor das obras da Arena Pernambuco, uma dos estádios da Copa de 2014

A Polícia Federal iniciou nesta quinta-feira, 14, uma operação para investigar um esquema de superfaturamento nas obras do estádio Arena Pernambuco, em Recife. O estádio foi construído para a Copa de 2014, pela Odebrecht, empreiteira que também é alvo da Operação Lava-Jato.

Batizada de Fair Play, a operação cumprirá mandados de busca e apreensão em endereços da Odebrecht nos estados de Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Minas Gerais e no Distrito Federal. Também serão feitas buscas no escritório de parceria público-privada do governo de Pernambuco.

Segundo a investigação, a empreiteira firmou acordo para a construção do estádio durante a gestão do então governador Eduardo Campos, morto no ano passado. O orçamento inicial da obra era de R$ 530 milhões. No entanto, o custo final ficou em R$ 700 milhões. Os investigadores apontam um superfaturamento de R$ 42,8 milhões.

A Odebrecht foi responsável pelas obras de quatro estádios da Copa. A Arena Corinthians, em São Paulo, e a Arena Pernambuco foram construídas exclusivamente pela empreiteira. Já as obras do estádio Maracanã, no Rio de Janeiro, e da Arena Fonte Nova, em Salvador, foram feitas, respectivamente, em parceria com a Andrade Gutierrez e a OAS, outras duas empreiteiras envolvidas na Operação Lava-Jato.

Marcelo Odebrecht, presidente da empreiteira, foi preso em junho deste ano, acusado de participar de um esquema de cartel e desvio de verba da Petrobras. Ele e outros dirigentes da empreiteira também são acusados de crimes nas obras da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), da sede da Petrobras em Vitória (ES), nos contratos de compra da petroquímica Braskem e com a empresa de exploração de petróleo Sete Brasil. Marcelo Odebrecht também é acusado de usar doleiros para movimentar contas secretas.

Fontes:
Estadão-Odebrecht é alvo de ação da PF contra superfaturamento em obras de estádio da Copa

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *