Início » Brasil » PF tenta barrar torcedores violentos na Copa
alerta no Rio Grande do Sul

PF tenta barrar torcedores violentos na Copa

Estrangeiros com trajetória marcada por ações de violência podem ser impedidos de entrar no Brasil pelo Rio Grande do Sul

PF tenta barrar torcedores violentos na Copa
Seminário realizado em Porto Alegre debateu a segurança na Copa (Fonte: Reprodução/G1)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O esquema de segurança para os cinco jogos da Copa do Mundo que serão realizados em Porto Alegre está em fase de testes.

A Polícia Federal, que trabalha em parceria com autoridades internacionais, tenta barrar a entrada de torcedores violentos em solo gaúcho.

A partida entre Argentina e Nigéria no dia 25 de junho, no estádio Beira-Rio, preocupa as autoridades por causa da proximidade territorial e do histórico dos torcedores violentos argentinos conhecidos como “barra bravas”.

Alguns estrangeiros com trajetória marcada por ações de violência em estádios podem até mesmo ser impedidos de entrar no Brasil pelo Rio Grande do Sul.

A fiscalização será intensificada no Aeroporto Internacional Salgado Filho e nas cidades de fronteira nos dias que antecedem a partida. Mais de 5,5 mil homens reforçarão a segurança no estado durante a Copa do Mundo.

Um grupo de torcedores argentinos tentou — em vão — impedir, por meio da Justiça, que seus históricos de violência fossem repassados às autoridades brasileiras.

Fontes:
G1 - RS troca dados com Argentina para barrar torcedores violentos na Copa

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *