Início » Brasil » PGR devolve investigação sobre Flávio Bolsonaro para 1ª instância
INQUÉRITO

PGR devolve investigação sobre Flávio Bolsonaro para 1ª instância

Raquel Dodge concluiu que fatos investigados não têm relação com o exercício deste mandato do senador, logo não cabe a prerrogativa do foro privilegiado

PGR devolve investigação sobre Flávio Bolsonaro para 1ª instância
Flávio Bolsonaro afirmou que denúncia é totalmente infundada (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) devolveu para a Procuradoria Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (PRE-RJ) o inquérito que investiga o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica eleitoral.

O caso, que envolve “negociações relâmpago de imóveis” que teriam resultado em um “aumento exponencial” do patrimônio do parlamentar, tinha sido enviado para a PGR porque Flávio Bolsonaro foi eleito senador.

De acordo com a Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, não há, no entanto, atribuição da PGR, tampouco do Supremo Tribunal Federal (STF), uma vez que “os fatos investigados no inquérito policial (…) precedem o início de mandato de senador da República pelo representado e não têm relação com o exercício deste mandato parlamentar federal”.

Este caso é diferente de outro que tramita no Rio, envolvendo o ex-assessor Fabrício Queiroz, citado em um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) por movimentações financeiras atípicas.

A investigação em questão corria em sigilo desde março do ano passado na PRE-RJ e tem origem em uma denúncia protocolada no Ministério Público do Rio de Janeiro, relatando um “crescimento patrimonial não justificado” de Flávio Bolsonaro. Por se tratar de um suposto crime eleitoral, o MP então encaminhou o processo para a Procuradoria Eleitoral.

Nesta quarta-feira, Flávio Bolsonaro afirmou que se trata de uma “denúncia totalmente infundada, de um advogado ligado ao PT”.

Fontes:
O Globo - PGR devolve para o Rio inquérito sobre 'negociações relâmpago' de imóveis de Flávio Bolsonaro

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *