Início » Brasil » PGR vai pedir ao STF para investigar Temer, Aécio e Lula
OPERAÇÃO LAVA JATO

PGR vai pedir ao STF para investigar Temer, Aécio e Lula

Decisão foi tomada por conta das acusações feitas pelo senador Delcídio Amaral em sua delação premiada

PGR vai pedir ao STF para investigar Temer, Aécio e Lula
Pedido será protocolado quando o procurador-geral da República Rodrigo Janot retornar de viagem (Foto: EBC)

A Procuradoria-Geral da República vai pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de investigação contra o vice-presidente Michel Temer (PMDB), o ex-presidente Lula, o ministro da Educação Aloisio Mercadante (PT) e o senador Aécio Neves (PSDB).

A decisão foi tomada por conta das acusações feitas pelo senador Delcídio Amaral em sua delação premiada. O pedido de investigação está sendo finalizado e será protocolado no STF quando o procurador-geral da República Rodrigo Janot retornar de sua viagem à França e à Suíça, onde foi para apurar fatos relativos à Operação Lava-Jato.

A PGR também estuda pedir ao STF a investigação da conduta da presidente Dilma Rousseff em relação à nomeação de Marcelo Navarro ao cargo de ministro do STF. Em sua delação, Delcídio acusou a presidente de nomear Navarro com a missão de soltar os empresários Marcelo Odebrecht e Otávio Azevedo, da Andrade Gutierrez, ambos presos na Lava Jato.

A acusação não é amparada por provas, tendo como base apenas uma suposta conversa que Delcídio disse ter tido com a presidente no Palácio do Planalto. Por conta disso, os procuradores estão avaliando se as afirmações de Delcídio são suficientes para sustentar um pedido de investigação.

Temer, Aécio e Lula

Os procuradores, no entanto, entendem que é necessário pedir investigação contra Temer, Aécio, Lula e Mercadante.

Temer será investigado por sua conduta na nomeação de João Augusto Henriques para a diretoria Internacional da Petrobras. Delcídio acusa Temer de “apadrinhar” Henriques, que esteve envolvido em um esquema de aquisição ilícita de etanol e já afirmou ter feito pagamentos de propina a Eduardo Cunha (PMDB).

O vive-presidente também será investigado por sua ligação com Jorge Zelada, que foi indicado para substituir Henriques na diretoria Internacional da Petrobras. Zelada é acusado de chefiar um esquema de desvio de verba da Petrobras para um grupo do PMDB. Segundo Delcídio, o grupo era chefiado por Temer e Cunha.

O senador Aécio Neves será investigado por ter sido citado três vezes na delação de Delcídio. Ele foi acusado de obstruir as investigações da CPI dos Correios. Segundo Delcídio, Aécio teria tentado atrasar a quebra do sigilo do Banco Rural para maquiar dados bancários que o relacionavam ao esquema do mensalão. Delcídio também acusou Aécio de receber propina de Furnas e de ser beneficiário de uma fundação sediada em um paraíso fiscal que estaria em nome da mãe do senador tucano.

Mercadante será investigado por ter sido acusado de tentar obstruir a delação de Delcídio. Já Lula será investigado por ter sido acusado de tentar comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, que fechou acordo de delação premiada em novembro do ano passado.

Fontes:
O Globo-PGR pedirá investigação de Lula, Temer, Mercadante e Aécio
Valor-Após delação, procuradoria deve investigar Aécio, Temer e Lula

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. jayme endebo disse:

    vai investigar nada! tá tudo dominado a PGR e os tribunais são petistas, não vai dar em nada.
    O cachaceiro vai distribuir bastante dinheiro que ainda tem guardado do assalto que fez no Estado Brasileiro e vai recomprar a canalhada politica de apoio.Vão arrastar o país para o regime bolivariano.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *