Início » Brasil » Pilotos conquistam folgas e só podem voar duas madrugadas seguidas
Aviação

Pilotos conquistam folgas e só podem voar duas madrugadas seguidas

Aditivo à convenção coletiva que traz benefícios à categoria foi aprovado em assembleia

Pilotos conquistam folgas e só podem voar duas madrugadas seguidas
O texto aditivo vai valer até novembro de 2016, quando termina a vigência da Convenção Coletiva de Trabalho de 2014/2015 (Foto: Wikimedia)

Nesta semana, aeronautas (pilotos comissários) brasileiros aprovaram em assembleia uma proposta de aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), limitando que os pilotos só podem voar duas madrugadas consecutivas. Além disso, o aditivo aumenta o número de folgas mensais e determina um tempo máximo de permanência em solo durante a jornada de trabalho.

Construído por uma comissão formada por aeronautas, empresas aéreas, e pelo ministro Ives Gandra Filho, vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), o texto vai começar a valer 90 dias após a assinatura do acordo. O presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), Adriano Castanho, disse que já assinou e encaminhou o documento ao sindicato patronal, representado pela Associação Brasileiras das Empresas Aéreas (Abear).

“A limitação das madrugadas é importante porque estava ficando insuportável voar até seis madrugadas seguidas. Além disso, agora também temos limites de tempo em solo (entre um voo e outro) de três horas durante o dia e duas horas à noite. Ficávamos às vezes até cinco horas, seis horas à disposição da empresa sem voar”, disse Castanho.

A Abear informou que aguarda o envio da ata final aprovada pelo SNA para a formalização do acordo. O texto aditivo vai valer até novembro de 2016, quando termina a vigência da Convenção Coletiva de Trabalho de 2014/2015.

Fontes:
O Estado de S. Paulo-Pilotos só poderão voar 2 madrugadas seguidas e conquistam folgas

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *